Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Unifra lança curso de Engenharia Biomédica

O
Centro Universitário Franciscano (Unifra) lança para o próximo vestibular de verão o
Curso de Engenharia – habilitação em Biomédica.

“Esta
especialidade tem prestado substancial contribuição às ciências
biomédicas e à tecnologia aplicada a problemas médicos. Em sua
aplicação, a vasta gama de conhecimento se converge em uma forma
multidisciplinar entre as áreas de Física Médica, Biomatemática e
Informática Médica, por exemplo”, explica a Pró-reitora de Graduação,
Vanilde Bisognin.

Diante
de uma perspectiva de crescimento, onde economistas e o próprio Governo
Federal projetam o Brasil entre as cinco maiores economias do mundo
para os próximos 10 anos, o país vive hoje um momento de transformação
decisivo visando atingir tal posição. Avaliando
esse quadro em relação ao mercado, a Unifra  pretende garantir a qualidade de
ensino com o aproveitamento do quadro funcional e físico. “Nossos
professores e laboratórios são de primeira linha. Estamos aptos para
formação de engenheiros realmente competentes, responsáveis pelo
desenvolvimento tecnológico do Brasil”, contextualiza a reitora Iraní Rupolo.

A Engenharia Biomédica pode ser dividida em quatro subáreas:

Bioengenharia:
voltada ao desenvolvimento da ciência biomédica; por exemplo, estudando
o funcionamento de neurônios e de células cardíacas com o auxílio de
modelos matemáticos e simulações.
Engenharia de Reabilitação: objetivando desenvolver sistemas eletrônicos e mecânicos que melhorem as condições de vida de deficientes.
Engenharia Médica:
direcionada ao estudo, projeto e execução de instrumentação
(principalmente eletrônica), sensores, próteses, etc, para a área
médica.
Engenharia Clínica ou Hospitalar:
voltada às atividades de certificação e ensaios de equipamentos
médicos, e atividades em hospitais incluindo projeto, adequação e
execução de instalações, assessoria em processos de tomada de decisão
na aquisição de equipamentos, treinamento e orientação de equipes de
manutenção.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O
Centro Universitário Franciscano (Unifra) lança para o próximo vestibular de verão o
Curso de Engenharia – habilitação em Biomédica.

“Esta
especialidade tem prestado substancial contribuição às ciências
biomédicas e à tecnologia aplicada a problemas médicos. Em sua
aplicação, a vasta gama de conhecimento se converge em uma forma
multidisciplinar entre as áreas de Física Médica, Biomatemática e
Informática Médica, por exemplo”, explica a Pró-reitora de Graduação,
Vanilde Bisognin.

Diante
de uma perspectiva de crescimento, onde economistas e o próprio Governo
Federal projetam o Brasil entre as cinco maiores economias do mundo
para os próximos 10 anos, o país vive hoje um momento de transformação
decisivo visando atingir tal posição. Avaliando
esse quadro em relação ao mercado, a Unifra  pretende garantir a qualidade de
ensino com o aproveitamento do quadro funcional e físico. “Nossos
professores e laboratórios são de primeira linha. Estamos aptos para
formação de engenheiros realmente competentes, responsáveis pelo
desenvolvimento tecnológico do Brasil”, contextualiza a reitora Iraní Rupolo.

A Engenharia Biomédica pode ser dividida em quatro subáreas:

Bioengenharia:
voltada ao desenvolvimento da ciência biomédica; por exemplo, estudando
o funcionamento de neurônios e de células cardíacas com o auxílio de
modelos matemáticos e simulações.
Engenharia de Reabilitação: objetivando desenvolver sistemas eletrônicos e mecânicos que melhorem as condições de vida de deficientes.
Engenharia Médica:
direcionada ao estudo, projeto e execução de instrumentação
(principalmente eletrônica), sensores, próteses, etc, para a área
médica.
Engenharia Clínica ou Hospitalar:
voltada às atividades de certificação e ensaios de equipamentos
médicos, e atividades em hospitais incluindo projeto, adequação e
execução de instalações, assessoria em processos de tomada de decisão
na aquisição de equipamentos, treinamento e orientação de equipes de
manutenção.