Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Unifra lança espaço virtual de aprendizagem

mais_unifra_ana_rauber.jpg

O
Centro Universitário Franciscano (UNIFRA) apresentou à comunidade
acadêmica, na tarde de hoje, o espaço virtual de aprendizagem Mais
Unifra
. A proposta é aproximar o trabalho pedagógico com o desejo de
aprendizado da nova geração.

O
Mais Unifra não só funciona como um repositório de conteúdo digital,
mas também como uma rede social, possibilitando a interação entre os
usuários. Durante a concepção, a equipe pensou nos diferentes tipos de
aprendizagem.

“Em
março o Mais Unifra estará disponível na internet. É uma ferramenta
para a implantação do processo de educação a distancia. É uma ideia que
vem evoluindo há algum tempo, mas é necessário ser discutida dentro da
instituição e precisa de uma estrutura para ser realizada”, afirma a  pró-reitora de Graduação, professora Vanilde Bisognin.

Os
objetivos específicos do site são: criar materiais didáticos digitais
diferenciados e de qualidade, utilizar as tecnologias digitais com fins
pedagógicos nos processos de ensino e de aprendizagem, fomentar
atividades que envolvam aprendizes e professores com o uso das
tecnologias digitais e organizar os conteúdos sem hierarquia, a fim de
respeitar o ritmo de aprendizado.
mais_unifra_valeria_ana_rauber.jpg

A
professora Valéria Bortoluzzi é responsável pela coordenação pedagógica
do projeto. A concepção pedagógica está relacionada com a concepção
interacionista, onde o conhecimento é resultante da interação do sujeito
com o objeto e com os demais sujeitos envolvidos no processo. “A
internet é um grande espaço de interação. O aprendizado que ele
possibilita acontece de várias formas. Temos que aliar a questão prática
e a questão pedagógica e trazer para o ambiente institucional”, comenta
Valéria Bortoluzzi.

mais_unifra_iuri_ana_rauber.jpgO
professor Iuri Lammel, coordenador da equipe técnica, explica que,
durante a produção do projeto foram realizadas leituras e debates de
textos teóricos, delimitação dos conteúdos, objetos e a produção em
vídeo de alguns conteúdos.  Na apresentação de hoje, ele demonstrou a
disposição do conteúdo e dos recursos que podem ser utilizados. O site
tem como referência o iPAD, e os seus conceitos estão aplicados na barra
de rolagem bem como o uso de recursos da web 2.0.

“O
iPAD vem revolucionando o mercado editorial, será referência para
produtos futuros. O conteúdo do site vai sempre evoluir e melhorar. O
público pode acessar de duas maneira o Mais Unifra”, comenta
Iuri Lammel.

O site vai estar disponível para o acesso dos estudantes em março de 2011.

 

Fotos: Ana Rauber (Laboratório de Fotografia e Memória)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

mais_unifra_ana_rauber.jpg

O
Centro Universitário Franciscano (UNIFRA) apresentou à comunidade
acadêmica, na tarde de hoje, o espaço virtual de aprendizagem Mais
Unifra
. A proposta é aproximar o trabalho pedagógico com o desejo de
aprendizado da nova geração.

O
Mais Unifra não só funciona como um repositório de conteúdo digital,
mas também como uma rede social, possibilitando a interação entre os
usuários. Durante a concepção, a equipe pensou nos diferentes tipos de
aprendizagem.

“Em
março o Mais Unifra estará disponível na internet. É uma ferramenta
para a implantação do processo de educação a distancia. É uma ideia que
vem evoluindo há algum tempo, mas é necessário ser discutida dentro da
instituição e precisa de uma estrutura para ser realizada”, afirma a  pró-reitora de Graduação, professora Vanilde Bisognin.

Os
objetivos específicos do site são: criar materiais didáticos digitais
diferenciados e de qualidade, utilizar as tecnologias digitais com fins
pedagógicos nos processos de ensino e de aprendizagem, fomentar
atividades que envolvam aprendizes e professores com o uso das
tecnologias digitais e organizar os conteúdos sem hierarquia, a fim de
respeitar o ritmo de aprendizado.
mais_unifra_valeria_ana_rauber.jpg

A
professora Valéria Bortoluzzi é responsável pela coordenação pedagógica
do projeto. A concepção pedagógica está relacionada com a concepção
interacionista, onde o conhecimento é resultante da interação do sujeito
com o objeto e com os demais sujeitos envolvidos no processo. “A
internet é um grande espaço de interação. O aprendizado que ele
possibilita acontece de várias formas. Temos que aliar a questão prática
e a questão pedagógica e trazer para o ambiente institucional”, comenta
Valéria Bortoluzzi.

mais_unifra_iuri_ana_rauber.jpgO
professor Iuri Lammel, coordenador da equipe técnica, explica que,
durante a produção do projeto foram realizadas leituras e debates de
textos teóricos, delimitação dos conteúdos, objetos e a produção em
vídeo de alguns conteúdos.  Na apresentação de hoje, ele demonstrou a
disposição do conteúdo e dos recursos que podem ser utilizados. O site
tem como referência o iPAD, e os seus conceitos estão aplicados na barra
de rolagem bem como o uso de recursos da web 2.0.

“O
iPAD vem revolucionando o mercado editorial, será referência para
produtos futuros. O conteúdo do site vai sempre evoluir e melhorar. O
público pode acessar de duas maneira o Mais Unifra”, comenta
Iuri Lammel.

O site vai estar disponível para o acesso dos estudantes em março de 2011.

 

Fotos: Ana Rauber (Laboratório de Fotografia e Memória)