Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Jornalismo do século 21: narrativas interativas

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

forum2011_andredeak1_cristian.jpgCom muita experiência para
compartilhar com os alunos, um dos palestrantes convidados para encerrar a semana
de Comunicação Digital foi o jornalista André Deak.

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

O jornalista André Deak veio de
São Paulo para conversar com os acadêmicos de Jornalismo sobre Narrativas multimídia e interativas do
Jornalismo no século 21: ferramentas livres
. Segundo Deak os jornalistas,
hoje, possuem novas funções, pois há muitas ferramentas a serem utilizadas por
eles.

Deak é o responsável e um dos criadores da
Casa de Cultura Digital, em São Paulo. Faz parte de uma equipe que reúne
informações com diversos conteúdos. É um espaço de troca, por onde circulam ideias
e projetos. Segundo o jornalista, lá existem pessoas e organizações tentando
encontrar um modo de convivência e de convergência que respeite as individualidades,
as diferenças e as diversidades.  Acredita
que o digital é algo mais do que uma mudança estética.

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

forum2011_andredeak2_cristian.jpg“Ontem a distribuição do conteúdo
era controlada. Hoje em dia, a distribuição é mais livre. Há produtos bons e
gratuitos. O momento é ótimo para fazer um jornalismo independente”, conta
Deak. Ele ainda explica que o Jornalismo passou de textos disponíveis na
Internet, como o impresso em sua versão digital (clicando páginas por páginas),
ao jornalismo multimídia que atrai muito mais o leitor. Uma fusão de linguagens
com textos, fotos, ou seja, hipermídia. Os jornalistas precisam estar atentos e
saber um pouco sobre programação de computadores, aconselha.

Para Deak, os profissionais devem
aproveitar os novos nichos de mercado para o jornalismo. Há novos modelos de
negócio e modelos de empreendedorismo através da cultura, por exemplo, e das
plataformas de jornalismo colaborativo.

O palestrante mostrou muitos
exemplos de sites que disponibilizam seus conteúdos utilizando-se da forma
máxima de interatividade. Uma sugestão para que os acadêmicos possam acessar e
conhecer outros tipos de narrativas multimídia, é o site WaterLife – um documentário
realizado por uma associação governamental, do Canadá, que reaproveitou o
material para que o espectador pudesse navegar por categorias.

 

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

forum2011_andredeak_oficina_alice.jpgDurante a tarde da última
quinta-feira, André Deak também ministrou uma oficina aos acadêmicos de
Comunicação interessados em novas plataformas interativas. Para quem quiser
conferir dicas de como desenvolver Jornalismo Digital basta acessar o site do
jornalista: http://www.jornalismodigital.org/

 

 

Fotos: Cristian Cunha e Alice |Bollick (Laboratório de Fotografia e Memória)

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

forum2011_andredeak1_cristian.jpgCom muita experiência para
compartilhar com os alunos, um dos palestrantes convidados para encerrar a semana
de Comunicação Digital foi o jornalista André Deak.

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

O jornalista André Deak veio de
São Paulo para conversar com os acadêmicos de Jornalismo sobre Narrativas multimídia e interativas do
Jornalismo no século 21: ferramentas livres
. Segundo Deak os jornalistas,
hoje, possuem novas funções, pois há muitas ferramentas a serem utilizadas por
eles.

Deak é o responsável e um dos criadores da
Casa de Cultura Digital, em São Paulo. Faz parte de uma equipe que reúne
informações com diversos conteúdos. É um espaço de troca, por onde circulam ideias
e projetos. Segundo o jornalista, lá existem pessoas e organizações tentando
encontrar um modo de convivência e de convergência que respeite as individualidades,
as diferenças e as diversidades.  Acredita
que o digital é algo mais do que uma mudança estética.

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

forum2011_andredeak2_cristian.jpg“Ontem a distribuição do conteúdo
era controlada. Hoje em dia, a distribuição é mais livre. Há produtos bons e
gratuitos. O momento é ótimo para fazer um jornalismo independente”, conta
Deak. Ele ainda explica que o Jornalismo passou de textos disponíveis na
Internet, como o impresso em sua versão digital (clicando páginas por páginas),
ao jornalismo multimídia que atrai muito mais o leitor. Uma fusão de linguagens
com textos, fotos, ou seja, hipermídia. Os jornalistas precisam estar atentos e
saber um pouco sobre programação de computadores, aconselha.

Para Deak, os profissionais devem
aproveitar os novos nichos de mercado para o jornalismo. Há novos modelos de
negócio e modelos de empreendedorismo através da cultura, por exemplo, e das
plataformas de jornalismo colaborativo.

O palestrante mostrou muitos
exemplos de sites que disponibilizam seus conteúdos utilizando-se da forma
máxima de interatividade. Uma sugestão para que os acadêmicos possam acessar e
conhecer outros tipos de narrativas multimídia, é o site WaterLife – um documentário
realizado por uma associação governamental, do Canadá, que reaproveitou o
material para que o espectador pudesse navegar por categorias.

 

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

forum2011_andredeak_oficina_alice.jpgDurante a tarde da última
quinta-feira, André Deak também ministrou uma oficina aos acadêmicos de
Comunicação interessados em novas plataformas interativas. Para quem quiser
conferir dicas de como desenvolver Jornalismo Digital basta acessar o site do
jornalista: http://www.jornalismodigital.org/

 

 

Fotos: Cristian Cunha e Alice |Bollick (Laboratório de Fotografia e Memória)