Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Pesquisa acadêmica: Editora UFSM lança nove títulos na Feira do Livro

dalvan_honorio_karine.jpgUma pequena solenidade e sessões de autógrafos marcaram o lançamento de nove obras da Editora UFSM, na tarde de quinta, na Feira do Livro de Santa Maria.

 

O evento contou com a presença do vice-reitor da Universidade Federal de Santa Maria, Dalvan Reinert e do diretor da Editora universitária, Honório Nascimento, que classificaram o momento como especial e reconhecedor de um trabalho. As obras podem ser adquiridas na banca de vendas, na Praça Saldanha Marinho.

feira2011_elianefoleto_karineludwig.jpgDiante da situação global que nos desafia diariamente com a necessidade de consolidar novos modelos de desenvolvimento sustentável, a obra “Diálogos em Geografia Física”  organizada por Adriano Severo Figueró e Eliane Foleto, traz uma discussão com base nos debates realizados no Iº Seminário Ibero-americano de Geografia Física, por pesquisadores do Brasil, México, Cuba e Espanha sobre o desafio contemporâneo: a geografia ambiental. A obra procura esclarecer a nova relação entre a sociedade e a natureza, como educação ambiental e turismo.

 

feira2011_jonas_karine.jpgUma dissertação de mestrado em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), resultou na publicação do livro de Jonas Moreira Vargas, “Entre a paróquia e a corte”, onde o autor aborda a relação das elites agro-exportadoras com a Corte, entre os anos 1868 e 1889, e como os grandes estancieiros conseguiam obter favores e vantagens. A obra contribui para um melhor entendimento de como funcionava o sistema político imperial, em uma abordagem pouco investigada.

 

O título “Educação da cultura visual” de Raimundo Martins e Irene Tourinho, expõe experiências e contextos de autores que se dedicam à formação de educadores e à produção de conhecimento articulado no campo da cultura visual. Segundo Irene, a obra traz textos contemporâneos sobre a educação e arte, sobre uma visão de que o mundo não é finito e que as experiências não são acabadas. Esse já é o terceiro livro dessa coletânea que reúne diversos autores. “Nosso grupo tem se aprofundado em estudar esse tema inclusive com autores estrangeiros”, afirma.

 

feira2011_rosane_umbach2_karine.jpgA coletânea “Musas na encruzilhada – ensaios de literatura comparada”, do professor francês Daniel-Henri Pageaux, organizada por Marcelo Marinho, Denise Almeida Silva e Rosane Umbach, oferece ao leitor um percurso teórico, mas também prático, de como as pesquisas na área da Literatura Comparada se desenvolveram. O projeto uniu um grupo de professores para divulgar no Brasil uma seleção de ensaios do renomado autor do manual La littérature générale et comparée.

Com uma linguagem comparativa, Rosane Ketzer Umbach e Lizandro Carlos Calegari organizaram o livro “Estética e Política na Produção Cultural – as memórias da repressão”, apresentando textos literários e produções culturais em períodos políticos de repressão. Segundo Rosane, a obra se relaciona com períodos autoritários no Brasil, países da América Latina e com o nazismo e fascismo no leste da Alemanha.

 

feira2011_editoraufsm_dominguita.jpgO livro “Biologia da Desmielinização e Remielinização: a base da esclerose múltipla”, obra dedicada aos portadores da doença em Santa Maria, que já atinge um número de mais de cem casos, procura contribuir para melhores resultados nas pesquisas da esclerose múltipla. Segundo uma das autoras, Dominiguita Lüthers Graça, que já trabalha na área há mais de vinte e cinco anos, o objetivo é poder ajudar no processo que leve à cura da doença, que ainda não existe.

 

feira2011_liliane_karine.jpgA obra da bióloga Liliane Bauermann e do químico Edson Andrade – “Introdução à radiobiologia” – procura explicar a influência da radiação ionizante no tecido biológico. Um dos objetivos é incentivar a pesquisa nesse campo atual das ciências modernas. Segundo Liliane, o enfoque é dado na saúde, explanando as substâncias que nos protegem da radiação. Os autores já tiveram diversos trabalhos sobre o assunto publicado em revistas nacionais.

 

feira2011_vitorbiasoli_karineludwig.jpgApresentando a presença do judaísmo na cidade de Santa Maria, a historiadora conhecida por seus estudos sobre imigração, Ieda Gutfreind, lança o livro “Comunidades judaicas no interior do RS: Santa Maria”, explicando a continuidade da tradição desse povo, com vínculos econômicos, sociais e laços de parentescos. A comunidade judaica formou-se na cidade nas primeiras décadas do século XX, criou instituições, como a sinagoga, que representava um espaço religioso e sociocultural e as associações de senhoras. Hoje em dia, poucos judeus continuam em Santa Maria, mas seguem frequentando a sinagoga e cuidando do seu cemitério.  A autora foi representada pelo prof. de História Vítor Biasoli.     

 

feira2011_helenice_karineludwig.jpgComo um convite para aqueles que acreditam no poder da educação, a atual diretora do Centro de Educação da UFSM, Helenise Sangoi Antunes, traz no livro “Ser aluna e ser professora – um olhar para os ciclos de vida pessoal e profissional” estudos que vivenciam a problemática de uma carreira docente e os desafios da profissão nessa virada do século. “Notamos que os professores que conseguem se colocar, ao longo de uma carreira, no lugar do aluno, têm mais possibilidade de compreender o que é ser professor hoje”, enfatiza Helenise. Ela também acredita não ser apenas o baixo piso salarial que contribui para uma relação desfavorável. “Vimos muitos professores ganhando uma situação miserável de salário e fazendo um excelente trabalho. Acho que é isso que nós professores temos que começar a mostrar. Apesar de ser um trabalho solitário, sem o apoio do poder instituído, a autora enfatiza que muitos profissionais estão fazendo o seu trabalho, sendo esse o motivo que a levou publicar esse projeto.

Fotos: Karine Ludwig (Laboratório de Fotografia e Memória)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dalvan_honorio_karine.jpgUma pequena solenidade e sessões de autógrafos marcaram o lançamento de nove obras da Editora UFSM, na tarde de quinta, na Feira do Livro de Santa Maria.

 

O evento contou com a presença do vice-reitor da Universidade Federal de Santa Maria, Dalvan Reinert e do diretor da Editora universitária, Honório Nascimento, que classificaram o momento como especial e reconhecedor de um trabalho. As obras podem ser adquiridas na banca de vendas, na Praça Saldanha Marinho.

feira2011_elianefoleto_karineludwig.jpgDiante da situação global que nos desafia diariamente com a necessidade de consolidar novos modelos de desenvolvimento sustentável, a obra “Diálogos em Geografia Física”  organizada por Adriano Severo Figueró e Eliane Foleto, traz uma discussão com base nos debates realizados no Iº Seminário Ibero-americano de Geografia Física, por pesquisadores do Brasil, México, Cuba e Espanha sobre o desafio contemporâneo: a geografia ambiental. A obra procura esclarecer a nova relação entre a sociedade e a natureza, como educação ambiental e turismo.

 

feira2011_jonas_karine.jpgUma dissertação de mestrado em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), resultou na publicação do livro de Jonas Moreira Vargas, “Entre a paróquia e a corte”, onde o autor aborda a relação das elites agro-exportadoras com a Corte, entre os anos 1868 e 1889, e como os grandes estancieiros conseguiam obter favores e vantagens. A obra contribui para um melhor entendimento de como funcionava o sistema político imperial, em uma abordagem pouco investigada.

 

O título “Educação da cultura visual” de Raimundo Martins e Irene Tourinho, expõe experiências e contextos de autores que se dedicam à formação de educadores e à produção de conhecimento articulado no campo da cultura visual. Segundo Irene, a obra traz textos contemporâneos sobre a educação e arte, sobre uma visão de que o mundo não é finito e que as experiências não são acabadas. Esse já é o terceiro livro dessa coletânea que reúne diversos autores. “Nosso grupo tem se aprofundado em estudar esse tema inclusive com autores estrangeiros”, afirma.

 

feira2011_rosane_umbach2_karine.jpgA coletânea “Musas na encruzilhada – ensaios de literatura comparada”, do professor francês Daniel-Henri Pageaux, organizada por Marcelo Marinho, Denise Almeida Silva e Rosane Umbach, oferece ao leitor um percurso teórico, mas também prático, de como as pesquisas na área da Literatura Comparada se desenvolveram. O projeto uniu um grupo de professores para divulgar no Brasil uma seleção de ensaios do renomado autor do manual La littérature générale et comparée.

Com uma linguagem comparativa, Rosane Ketzer Umbach e Lizandro Carlos Calegari organizaram o livro “Estética e Política na Produção Cultural – as memórias da repressão”, apresentando textos literários e produções culturais em períodos políticos de repressão. Segundo Rosane, a obra se relaciona com períodos autoritários no Brasil, países da América Latina e com o nazismo e fascismo no leste da Alemanha.

 

feira2011_editoraufsm_dominguita.jpgO livro “Biologia da Desmielinização e Remielinização: a base da esclerose múltipla”, obra dedicada aos portadores da doença em Santa Maria, que já atinge um número de mais de cem casos, procura contribuir para melhores resultados nas pesquisas da esclerose múltipla. Segundo uma das autoras, Dominiguita Lüthers Graça, que já trabalha na área há mais de vinte e cinco anos, o objetivo é poder ajudar no processo que leve à cura da doença, que ainda não existe.

 

feira2011_liliane_karine.jpgA obra da bióloga Liliane Bauermann e do químico Edson Andrade – “Introdução à radiobiologia” – procura explicar a influência da radiação ionizante no tecido biológico. Um dos objetivos é incentivar a pesquisa nesse campo atual das ciências modernas. Segundo Liliane, o enfoque é dado na saúde, explanando as substâncias que nos protegem da radiação. Os autores já tiveram diversos trabalhos sobre o assunto publicado em revistas nacionais.

 

feira2011_vitorbiasoli_karineludwig.jpgApresentando a presença do judaísmo na cidade de Santa Maria, a historiadora conhecida por seus estudos sobre imigração, Ieda Gutfreind, lança o livro “Comunidades judaicas no interior do RS: Santa Maria”, explicando a continuidade da tradição desse povo, com vínculos econômicos, sociais e laços de parentescos. A comunidade judaica formou-se na cidade nas primeiras décadas do século XX, criou instituições, como a sinagoga, que representava um espaço religioso e sociocultural e as associações de senhoras. Hoje em dia, poucos judeus continuam em Santa Maria, mas seguem frequentando a sinagoga e cuidando do seu cemitério.  A autora foi representada pelo prof. de História Vítor Biasoli.     

 

feira2011_helenice_karineludwig.jpgComo um convite para aqueles que acreditam no poder da educação, a atual diretora do Centro de Educação da UFSM, Helenise Sangoi Antunes, traz no livro “Ser aluna e ser professora – um olhar para os ciclos de vida pessoal e profissional” estudos que vivenciam a problemática de uma carreira docente e os desafios da profissão nessa virada do século. “Notamos que os professores que conseguem se colocar, ao longo de uma carreira, no lugar do aluno, têm mais possibilidade de compreender o que é ser professor hoje”, enfatiza Helenise. Ela também acredita não ser apenas o baixo piso salarial que contribui para uma relação desfavorável. “Vimos muitos professores ganhando uma situação miserável de salário e fazendo um excelente trabalho. Acho que é isso que nós professores temos que começar a mostrar. Apesar de ser um trabalho solitário, sem o apoio do poder instituído, a autora enfatiza que muitos profissionais estão fazendo o seu trabalho, sendo esse o motivo que a levou publicar esse projeto.

Fotos: Karine Ludwig (Laboratório de Fotografia e Memória)