Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Acordes musicais trazem alegria e esperança na Casa de Saúde de Santa Maria

Além da música, o que também ecoa pelos corredores do hospital é a descontração.  Os instrumentos músicas e as vozes empolgadas mudam a rotina de quem está acostumado com o silêncio do ambiente.  O cenário de paredes claras ganha um colorido especial com a visita do grupo Acordes para a Saúde. Um projeto voluntário que traz alegria em locais como a Casa de Saúde.  A estudante de enfermagem Maíra Sanths foi uma das que aprovou o trabalho do: “Fazia tempo que eu não via elas né e agora vejo elas e até é bom porque aí a gente se sente mais, no sentido assim, mais perto delas, tu vê que tem um carinho, mais perto de ti”

O grupo conta com mais de 20 pessoas que trazem alegria a Casa de Saúde por meio da música, principalmente em datas comemorativas: “A idéia emergiu assim durante as teorias de enfermagem onde nós éramos instigados a repensar nossas teorias e o que fazer para aliar novas alternativas no cuidado assistencial aqui no hospital. Então nós convidamos a Irmã Dirce que é a Coordenadora do Grupo para nos orientar para fazer isso e a partir de então nós começamos no mês de junho de 2012 a vir pro hospital”, afirma a coordenadora do projeto Simone Barbosa Pereira.

A iniciativa, além de animar os próprios integrantes do projeto também é uma oportunidade para eles conhecerem diferentes realidades: “Eu acho muito importante, é um trabalho que sempre achei bonito porque é o pessoal da enfermagem, não é só levar medicamentos, a gente tem de levar mais do que isso, estimular o paciente de outras maneiras, é muito bom e  a gente vê os resultados muito rápido”, explica Daiana Ramiro dos Santos – Acadêmica de Enfermagem da Unifra.

A mudança de rotina com a presença da turma é bem recebida também pela equipe que trabalha no hospital: “É bem importante passa bastante alegria para nós que estamos no ambiente de trabalho quanto paras as mães que estão em trabalho de parto, com dor é bem legal e passa bastante alegria”, relata a técnica de enfermagem Bruna Fontoura Dallasta.

A visita do grupo encerra, mas fica a certeza que os momentos deixaram espalhados pelos corredores e quartos um clima de alegria e esperança.

Texto: Fabiana Lemos/ Francine Boijink – TV Unifra

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Além da música, o que também ecoa pelos corredores do hospital é a descontração.  Os instrumentos músicas e as vozes empolgadas mudam a rotina de quem está acostumado com o silêncio do ambiente.  O cenário de paredes claras ganha um colorido especial com a visita do grupo Acordes para a Saúde. Um projeto voluntário que traz alegria em locais como a Casa de Saúde.  A estudante de enfermagem Maíra Sanths foi uma das que aprovou o trabalho do: “Fazia tempo que eu não via elas né e agora vejo elas e até é bom porque aí a gente se sente mais, no sentido assim, mais perto delas, tu vê que tem um carinho, mais perto de ti”

O grupo conta com mais de 20 pessoas que trazem alegria a Casa de Saúde por meio da música, principalmente em datas comemorativas: “A idéia emergiu assim durante as teorias de enfermagem onde nós éramos instigados a repensar nossas teorias e o que fazer para aliar novas alternativas no cuidado assistencial aqui no hospital. Então nós convidamos a Irmã Dirce que é a Coordenadora do Grupo para nos orientar para fazer isso e a partir de então nós começamos no mês de junho de 2012 a vir pro hospital”, afirma a coordenadora do projeto Simone Barbosa Pereira.

A iniciativa, além de animar os próprios integrantes do projeto também é uma oportunidade para eles conhecerem diferentes realidades: “Eu acho muito importante, é um trabalho que sempre achei bonito porque é o pessoal da enfermagem, não é só levar medicamentos, a gente tem de levar mais do que isso, estimular o paciente de outras maneiras, é muito bom e  a gente vê os resultados muito rápido”, explica Daiana Ramiro dos Santos – Acadêmica de Enfermagem da Unifra.

A mudança de rotina com a presença da turma é bem recebida também pela equipe que trabalha no hospital: “É bem importante passa bastante alegria para nós que estamos no ambiente de trabalho quanto paras as mães que estão em trabalho de parto, com dor é bem legal e passa bastante alegria”, relata a técnica de enfermagem Bruna Fontoura Dallasta.

A visita do grupo encerra, mas fica a certeza que os momentos deixaram espalhados pelos corredores e quartos um clima de alegria e esperança.

Texto: Fabiana Lemos/ Francine Boijink – TV Unifra