Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

As verdades sobre o “fim do mundo”

É provável que essa questão do fim dos tempos tenha surgido com relação às profecias de Nostradamus, o profeta e também médico francês que viveu de 1503 a 1566. Inicialmente escritas em março de 1555, tais conjeturas sobre o futuro foram publicadas em 1568, dois anos após sua morte.

Nostradamus previu que em 11 de agosto de 1999, dia em que ocorreria o último eclipse solar total do século 20 e do milênio, haveria a chegada de um grande rei do terror. “Em 1999 e sete meses, do céu virá um grande rei do terror. Ressuscitará o grande rei D’ANGOLMOIS. Antes que Marte reine pela felicidade (X.72)

Apesar de Nostradamus ter sido alvo de piadas e ridicularizado depois de sua profecia sobre o fim do mundo, que acabou não acontecendo, estudiosos e curiosos ainda acreditam que o profeta tem afirmações verdadeiras em seus escritas, como o caso da II Guerra Mundial, no qual ele teria previsto a data de início: 290 anos após a morte do rei  da Inglaterra Carlos I, em 1649.

Pelos cálculos detalhados no livro “Profecias de Nostradamus”, o sétimo milenário a que o profeta se refere começa no ano 2001. Ele enfatiza que a virada do milênio seria o ápice para os grandes acontecimentos, e não o fim do mundo no dia 11 de agosto de 1999, como a mídia acabou deduzindo e transmitindo.

Teorias sobre o fim do mundo em 2012 – O filme “Nostradamus: 2012”, lançado em 2009, apresenta um livro encontrado em 1994, que teria ficado perdido durante 400 anos, nos arquivos do Vaticano, já que foi oferecido como um presente pelo filho de Nostradamus ao Papa Urbano VII.

O livro “Nostradamus Vatinicia Code” traz 80 ilustrações que podem ser a chave para a interpretação de muitas previsões relativas ao final do mundo. Um conjunto de sete imagens chama atenção pelas posições dos signos e detalhes como a descrição da ocorrência de três eclipses no mesmo ano.

Alguns especialistas nas profecias de Nostradamus conseguiram calcular que a data dos acontecimentos talvez seja 21/12/2012; que estranhamente coincide com o último dia apontado pelo chamado “Calendário Maia”.

O fim do Calendário Maia – A partir daí, centenas (ou milhares) de livros, revistas e páginas na web pregam o dia 21 de dezembro como o dia da destruição do universo, justificando o fim do calendário Maia como o ponto central para o desfecho.

Segundo as teorias apocalípticas, os pólos da Terra se inverterão devido a distúrbios magnéticos do sol, gerando grandes tormentas solares que afetariam a Terra. Segundo algumas fontes alarmistas, os ciclos anteriores dos Maias terminaram em destruição, e esse último seguiria a mesma linha, decorrente da ira divina.

Um aspecto interessante nessas teorias divulgadasa é que a maioria dos sites criados para falar sobre o fim do mundo, bem como nas informações disponibilizadas no site Google Images, quando buscamos por fotos do “Calendário Maia” acabam exibindo fotos do “Calendário Asteca”. Isso resulta em incoerência de informações e até descrédito de muitas coberturas.

Calendário Asteca
Calendário Maia

O que esperar de 21 de dezembro 2012? Os Maias não previram o fim do mundo e não fazem nenhuma referência sobre isso em seu calendário. O mais próximo que se chegou disso é uma inscrição sobre a chegada de um “Senhor dos Céus” no ano 2000, que estaria relacionada ao final de um ciclo dos calendários. O jeito é esperar até o dia 21 de dezembro para comprovar destruições. Pode não ser um fim trágico, nem o começo de uma Nova Era, mas será um novo dia. Ou seja, uma nova oportunidade de recomeço para todos nós.

 

Por Carolina Vissotto

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

É provável que essa questão do fim dos tempos tenha surgido com relação às profecias de Nostradamus, o profeta e também médico francês que viveu de 1503 a 1566. Inicialmente escritas em março de 1555, tais conjeturas sobre o futuro foram publicadas em 1568, dois anos após sua morte.

Nostradamus previu que em 11 de agosto de 1999, dia em que ocorreria o último eclipse solar total do século 20 e do milênio, haveria a chegada de um grande rei do terror. “Em 1999 e sete meses, do céu virá um grande rei do terror. Ressuscitará o grande rei D’ANGOLMOIS. Antes que Marte reine pela felicidade (X.72)

Apesar de Nostradamus ter sido alvo de piadas e ridicularizado depois de sua profecia sobre o fim do mundo, que acabou não acontecendo, estudiosos e curiosos ainda acreditam que o profeta tem afirmações verdadeiras em seus escritas, como o caso da II Guerra Mundial, no qual ele teria previsto a data de início: 290 anos após a morte do rei  da Inglaterra Carlos I, em 1649.

Pelos cálculos detalhados no livro “Profecias de Nostradamus”, o sétimo milenário a que o profeta se refere começa no ano 2001. Ele enfatiza que a virada do milênio seria o ápice para os grandes acontecimentos, e não o fim do mundo no dia 11 de agosto de 1999, como a mídia acabou deduzindo e transmitindo.

Teorias sobre o fim do mundo em 2012 – O filme “Nostradamus: 2012”, lançado em 2009, apresenta um livro encontrado em 1994, que teria ficado perdido durante 400 anos, nos arquivos do Vaticano, já que foi oferecido como um presente pelo filho de Nostradamus ao Papa Urbano VII.

O livro “Nostradamus Vatinicia Code” traz 80 ilustrações que podem ser a chave para a interpretação de muitas previsões relativas ao final do mundo. Um conjunto de sete imagens chama atenção pelas posições dos signos e detalhes como a descrição da ocorrência de três eclipses no mesmo ano.

Alguns especialistas nas profecias de Nostradamus conseguiram calcular que a data dos acontecimentos talvez seja 21/12/2012; que estranhamente coincide com o último dia apontado pelo chamado “Calendário Maia”.

O fim do Calendário Maia – A partir daí, centenas (ou milhares) de livros, revistas e páginas na web pregam o dia 21 de dezembro como o dia da destruição do universo, justificando o fim do calendário Maia como o ponto central para o desfecho.

Segundo as teorias apocalípticas, os pólos da Terra se inverterão devido a distúrbios magnéticos do sol, gerando grandes tormentas solares que afetariam a Terra. Segundo algumas fontes alarmistas, os ciclos anteriores dos Maias terminaram em destruição, e esse último seguiria a mesma linha, decorrente da ira divina.

Um aspecto interessante nessas teorias divulgadasa é que a maioria dos sites criados para falar sobre o fim do mundo, bem como nas informações disponibilizadas no site Google Images, quando buscamos por fotos do “Calendário Maia” acabam exibindo fotos do “Calendário Asteca”. Isso resulta em incoerência de informações e até descrédito de muitas coberturas.

Calendário Asteca
Calendário Maia

O que esperar de 21 de dezembro 2012? Os Maias não previram o fim do mundo e não fazem nenhuma referência sobre isso em seu calendário. O mais próximo que se chegou disso é uma inscrição sobre a chegada de um “Senhor dos Céus” no ano 2000, que estaria relacionada ao final de um ciclo dos calendários. O jeito é esperar até o dia 21 de dezembro para comprovar destruições. Pode não ser um fim trágico, nem o começo de uma Nova Era, mas será um novo dia. Ou seja, uma nova oportunidade de recomeço para todos nós.

 

Por Carolina Vissotto