Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

“Jornalismo é uma necessidade social”, comenta Celso Schröder, presidente da Fenaj

Foto: Karine Kinzel

Na última noite do 10º Fórum de Comunicação da UNIFRA, a palestra “O ensino do Jornalismo e a legitimidade do diploma”, foi conduzida por Celso Schröder, professor da PUCRS e presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ). O encontro trouxe o debate a respeito da possível volta do diploma para exercer a profissão e o papel do jornalista e do jornalismo na sociedade.

De acordo com Schröder, um dos principais motivos para a queda do diploma foi o fato de que passou a ser caro pagar um profissional com curso superior. Para ele, a lógica das empresas de comunicação é obscurantista e busca pelos baixos custos na relação ao trabalho, o que causa um enfrentamento com a academia. ”Jornalismo não é a venda de jornal”, afirma o professor.

Outro ponto essencial levantado na palestra foi o da importância do bom jornalismo e do papel do profissional da área. Para Schröder, a academia “é a garantia estatística de um jornalismo mais bem qualificado”. O “jornalismo é uma necessidade social”, comenta o professor ao falar da relevância do trabalho de mediação feito pelo jornalista entre o acontecimento e o público.

A volta do diploma para o exercício da profissão de jornalista foi aprovada no Senado, de onde agora vai para a votação na Câmara dos Deputados. Segundo Schröder, esse processo pode levar em média mais um ano, e para que isso aconteça, “precisamos de um esforço redobrado”. “O diploma não é apenas um pedaço de papel”, argumenta o professor.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Foto: Karine Kinzel

Na última noite do 10º Fórum de Comunicação da UNIFRA, a palestra “O ensino do Jornalismo e a legitimidade do diploma”, foi conduzida por Celso Schröder, professor da PUCRS e presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ). O encontro trouxe o debate a respeito da possível volta do diploma para exercer a profissão e o papel do jornalista e do jornalismo na sociedade.

De acordo com Schröder, um dos principais motivos para a queda do diploma foi o fato de que passou a ser caro pagar um profissional com curso superior. Para ele, a lógica das empresas de comunicação é obscurantista e busca pelos baixos custos na relação ao trabalho, o que causa um enfrentamento com a academia. ”Jornalismo não é a venda de jornal”, afirma o professor.

Outro ponto essencial levantado na palestra foi o da importância do bom jornalismo e do papel do profissional da área. Para Schröder, a academia “é a garantia estatística de um jornalismo mais bem qualificado”. O “jornalismo é uma necessidade social”, comenta o professor ao falar da relevância do trabalho de mediação feito pelo jornalista entre o acontecimento e o público.

A volta do diploma para o exercício da profissão de jornalista foi aprovada no Senado, de onde agora vai para a votação na Câmara dos Deputados. Segundo Schröder, esse processo pode levar em média mais um ano, e para que isso aconteça, “precisamos de um esforço redobrado”. “O diploma não é apenas um pedaço de papel”, argumenta o professor.