Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Solidariedade: Restos de guarda-chuvas são transformados em cobertores em Santa Maria

O que poderia se tornar descartável, até mesmo considerado lixo, se transforma em um gesto de carinho e conforto para centenas de pessoas. Mãos solidárias transformam tecidos de guarda-chuva em cobertores em Santa Maria. O trabalho de reciclagem é feito por voluntárias que se encontram todas as semanas para colocar em prática este projeto. O grupo de doze pessoas ainda não possui um nome, mas realiza um trabalho sem fins lucrativos.

Segundo a aposentada Maria da Graça dos Santos Plein, o material é doado por familiares, amigos e pela comunidade.  Dos guarda-chuvas elas fazem sacolas, vendem e compram material.
As pinturas e bordados deixam um colorido especial. Independente da estampa, o trabalho tem como objetivo deixar o inverno de algumas pessoas mais quente: “Doações para famílias carentes, que estão precisando, aí entregamos para famílias, maternidade, hospitais, crianças”. Explica a aposentada.

O trabalho serviu de inspiração também para um outro grupo de voluntárias que faz cobertores com retalhos de tecidos doado: ”É maravilhoso, a gente se sente tão bem, sabendo que vai ser útil para alguém, para aquecer os corações também,  a gente se realiza fazendo esses trabalho”  afirma Maria Salete Stürmer – Aposentada.

Quem quiser colaborar com o grupo de voluntários com doações de tecidos, guarda-chuvas ou dinheiro o telefone é (55)32255702.

Reportagem: Bibiana Fantinel/ TV Unifra

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O que poderia se tornar descartável, até mesmo considerado lixo, se transforma em um gesto de carinho e conforto para centenas de pessoas. Mãos solidárias transformam tecidos de guarda-chuva em cobertores em Santa Maria. O trabalho de reciclagem é feito por voluntárias que se encontram todas as semanas para colocar em prática este projeto. O grupo de doze pessoas ainda não possui um nome, mas realiza um trabalho sem fins lucrativos.

Segundo a aposentada Maria da Graça dos Santos Plein, o material é doado por familiares, amigos e pela comunidade.  Dos guarda-chuvas elas fazem sacolas, vendem e compram material.
As pinturas e bordados deixam um colorido especial. Independente da estampa, o trabalho tem como objetivo deixar o inverno de algumas pessoas mais quente: “Doações para famílias carentes, que estão precisando, aí entregamos para famílias, maternidade, hospitais, crianças”. Explica a aposentada.

O trabalho serviu de inspiração também para um outro grupo de voluntárias que faz cobertores com retalhos de tecidos doado: ”É maravilhoso, a gente se sente tão bem, sabendo que vai ser útil para alguém, para aquecer os corações também,  a gente se realiza fazendo esses trabalho”  afirma Maria Salete Stürmer – Aposentada.

Quem quiser colaborar com o grupo de voluntários com doações de tecidos, guarda-chuvas ou dinheiro o telefone é (55)32255702.

Reportagem: Bibiana Fantinel/ TV Unifra