Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Cidade em tempos de poluição

Panfletos jogados, bandeiras balançando e jingles pedintes. Este é o retrato de Santa Maria nos últimos tempos. Uma desorganização misturada com indiferença e gerando muita poluição.  As calçadas estão cheia de panfletos políticos que foram jogados pelos eleitores desinteressados ou pelos políticos que fazem chover “santinhos” nas suas carreatas, além da poluição sonora que consegue acabar com a paz de qualquer cidadão em menos de um minuto.

No circo chamado campanha política ganham destaques os jovens ( na maioria são menores de idade) que ficam com cara de tacho no centro da cidade, balançando bandeiras de um candidato. Levantando bandeira por uma causa que ele mal sabe qual é. Levantando bandeira por alguns trocados.

As eleições se aproximam e a certeza de que tudo está errado aumenta. Como confiar em um candidato que suja as ruas? Como saber que ele não vai sujar seu mandato?

Tempos de eleição é tempos de poluição. População sem conscientização e políticos apeladores. Talvez poluindo a cidade, escondam suas propostas. Quem sabe eles realmente acreditam que seus jingles influenciarão seus eleitores.

Afinal é mais fácil a gente se esconder atrás de todo esse lixo do que nos informarmos. Só não vale reclamar depois.

 

* Acadêmica do curso de jornalismo da Unifra. Repórter-aprendiz na ACS.

 

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Panfletos jogados, bandeiras balançando e jingles pedintes. Este é o retrato de Santa Maria nos últimos tempos. Uma desorganização misturada com indiferença e gerando muita poluição.  As calçadas estão cheia de panfletos políticos que foram jogados pelos eleitores desinteressados ou pelos políticos que fazem chover “santinhos” nas suas carreatas, além da poluição sonora que consegue acabar com a paz de qualquer cidadão em menos de um minuto.

No circo chamado campanha política ganham destaques os jovens ( na maioria são menores de idade) que ficam com cara de tacho no centro da cidade, balançando bandeiras de um candidato. Levantando bandeira por uma causa que ele mal sabe qual é. Levantando bandeira por alguns trocados.

As eleições se aproximam e a certeza de que tudo está errado aumenta. Como confiar em um candidato que suja as ruas? Como saber que ele não vai sujar seu mandato?

Tempos de eleição é tempos de poluição. População sem conscientização e políticos apeladores. Talvez poluindo a cidade, escondam suas propostas. Quem sabe eles realmente acreditam que seus jingles influenciarão seus eleitores.

Afinal é mais fácil a gente se esconder atrás de todo esse lixo do que nos informarmos. Só não vale reclamar depois.

 

* Acadêmica do curso de jornalismo da Unifra. Repórter-aprendiz na ACS.