Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

A cultura japonesa em foco

Cultura japonesa em debate. Fotos: Joana Gunhter

A influência japonesa é marcante em todos os cantos do planeta, inclusive no Brasil. Na culinária, na filosofia e nas mais variadas manifestações artísticas, a cultura nipônica é visível, principalmente entre os mais jovens, que são fãs dos desenhos animados e das histórias em quadrinhos oriundas lá na terra do sol nascente.
Ontem, sábado, 29 de junho, ocorreu na UFSM o evento Olhares sobre a Cultura Japonesa – I Ciclo de Estudos sobre Diversidade Cultural e suas Manifestações na Sociedade Brasileira.

A atividade cultural faz parte das comemorações do aniversário da Imigração Japonesa e contou com exibição de animês (os desenhos animados japoneses), oficinas de culinária, origami, mangás (as histórias em quadrinhos orientais) e também com uma palestra ministrada pelo professor André Luís Soares e o acadêmico Maurício Hiroshi Fillipin, onde foi abordada as diferenças entre o Japão antigo e o moderno. “Na sociedade japonesa os elementos da cultura milenar convivem lado a lado com as novidades da sociedade moderna”, afirma Fillipin.

Os mangás e os animês, que são partes da cultura pop oriental e já conquistaram os jovens desse lado do globo terrestre, também foram temas do encontro. Nesse caso, os integrantes do Quadrinhos S.A, núcleo de quadrinhistas de Santa Maria, ministraram uma oficina de mangá. Nessa oficina, os artistas mostraram técnicas utilizadas para desenhar personagens e cenários, bem como explicaram as principais características desse estilo de arte.

Exibição de animês. Foto: Joana Gunhter

Marcel Ibaldo, que faz parte do Quadrinhos S.A, afirmou que os mangás atingem diferentes segmentos de público. “Há mangás para meninos, outros destinados para meninas e também existem aqueles voltados para leitores adultos”, declarou Ibaldo, que ainda citou como exemplos as publicações Vagabond, Akira e One Piece.
A cultura japonesa, como qualquer outra, é muito rica e está inserida em vários aspectos da vida moderna ocidental, mostrando que, assim como o símbolo ying-yang, ocidente e oriente se complementam.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cultura japonesa em debate. Fotos: Joana Gunhter

A influência japonesa é marcante em todos os cantos do planeta, inclusive no Brasil. Na culinária, na filosofia e nas mais variadas manifestações artísticas, a cultura nipônica é visível, principalmente entre os mais jovens, que são fãs dos desenhos animados e das histórias em quadrinhos oriundas lá na terra do sol nascente.
Ontem, sábado, 29 de junho, ocorreu na UFSM o evento Olhares sobre a Cultura Japonesa – I Ciclo de Estudos sobre Diversidade Cultural e suas Manifestações na Sociedade Brasileira.

A atividade cultural faz parte das comemorações do aniversário da Imigração Japonesa e contou com exibição de animês (os desenhos animados japoneses), oficinas de culinária, origami, mangás (as histórias em quadrinhos orientais) e também com uma palestra ministrada pelo professor André Luís Soares e o acadêmico Maurício Hiroshi Fillipin, onde foi abordada as diferenças entre o Japão antigo e o moderno. “Na sociedade japonesa os elementos da cultura milenar convivem lado a lado com as novidades da sociedade moderna”, afirma Fillipin.

Os mangás e os animês, que são partes da cultura pop oriental e já conquistaram os jovens desse lado do globo terrestre, também foram temas do encontro. Nesse caso, os integrantes do Quadrinhos S.A, núcleo de quadrinhistas de Santa Maria, ministraram uma oficina de mangá. Nessa oficina, os artistas mostraram técnicas utilizadas para desenhar personagens e cenários, bem como explicaram as principais características desse estilo de arte.

Exibição de animês. Foto: Joana Gunhter

Marcel Ibaldo, que faz parte do Quadrinhos S.A, afirmou que os mangás atingem diferentes segmentos de público. “Há mangás para meninos, outros destinados para meninas e também existem aqueles voltados para leitores adultos”, declarou Ibaldo, que ainda citou como exemplos as publicações Vagabond, Akira e One Piece.
A cultura japonesa, como qualquer outra, é muito rica e está inserida em vários aspectos da vida moderna ocidental, mostrando que, assim como o símbolo ying-yang, ocidente e oriente se complementam.