Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Abertas as inscrições para o prêmio Jovem Cientista

Desde a última segunda-feira (6), está aberto o período de inscrições para o Prêmio Jovem Cientista. Podem concorrer estudantes do ensino médio, ensino superior, mestres e doutores. Esta primeira fase segue até o dia 30 de agosto. O prêmio é oferecido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Fundação Roberto Marinho (FRM), e as empresas GE e Gerdau.
Nesta edição, o tema escolhido foi “Água: desafios da sociedade”, uma vez que muitos são os problemas ocasionados pela má gestão dos recursos hídricos, mas também são muitas as soluções possíveis.

Podem ser contemplados trabalhos que se situem nas seguintes linhas de pesquisa:

A) categoria ensino médio:

  •  Gestão de bacias hidrográficas;
  • Tratamento e reuso da água;
  • Água e saúde pública;
  • Uso da água para geração de energia;
  • Tecnologias para dessalinização da água.

B) Categorias ensino superior, mestres e doutores :

  • Gestão inovadora dos recursos hídricos aplicada ao uso do solo e à gestão ambiental;
  • Tecnologias inovadoras para despoluição de bacias hidrográficas e sua integração com as dos sistemas estuários e zonas costeiras;
  •  Ecotecnologias no tratamento de águas residuárias, industriais e urbanas, esgotos domésticos, águas pluviais e despoluição;
  •  Uso racional e eficiente da água: gerenciamento, aproveitamento e reuso;
  •  Utilização de tecnologias de sensoriamento remoto na avaliação dos recursos hídricos;
  • Uso da água e da energia e aplicação de tecnologias inovadoras que promovam sua sustentabilidade;
  • Contaminantes emergentes (disruptores endócrinos, fármacos, resíduos orgânicos): detecção e remoção em sistemas de abastecimento de água;
  •  Uso de membranas no tratamento da água;
  • Causas e conseqüências das florações de cianobactérias em mananciais de abastecimento de água;
  •  Gerenciamento da água no meio urbano: novas tecnologias para minimizar alagamentos;
  • Eventos hidrológicos extremos e sistemas de alerta;
  • Impactos das mudanças climáticas nos recursos hídricos.

O CNPq prevê lançamentos do prêmio nas cinco regiões do país, e notadamente no Nordeste, por ocasião da 65ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que acontecerá na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).
Nessa edição,  a equipe do XXVII Prêmio Jovem Cientista propõe a utilização de um kit pedagógico direcionado aos professores do Ensino Médio, que desejarem discutir o tema Água com seus alunos.

O kit contém: um Caderno do Professor, com ilustrações e exemplos relacionados às linhas de pesquisa sugeridas; um Caderno com seis Planos de Aula; e 12 Fichas de Atividades para proporcionar idéias de projetos de pesquisa aos estudantes. O material é distribuído gratuitamente às escolas e aos professores interessados e também estará disponível para download no site www.jovemcientista.cnpq.br , a partir deste mês de maio.
Oficinas de Projetos Científicos

A novidade deste ano será a realização da Oficina de Projetos Científicos para estudantes do Ensino Médio, em dez localidades diferentes do país: Belém (PA), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), São Paulo (SP) e Brasília (DF).

Com duração média de quatro horas, as oficinas terão como objetivo a orientação dos interessados em participar do prêmio. Cada escola participante poderá indicar entre cinco e dez estudantes e um professor.

As oficinas ocorrerão em maio e junho e as chamadas dos inscritos serão efetuadas pelo Facebook:www.facebook.com/premiojovemcientista

Premiações

 Nas categorias Mestres e Doutores, os vencedores receberão o prêmio em valores: R$ 30 mil (1º lugar); R$ 20 mil (2º lugar) e R$ 15 mil (3º lugar). Os estudantes do Ensino Superior receberão R$ 15 mil (1º lugar), R$ 12 mil (2º lugar) e R$ 10 mil (3º lugar) e os estudantes do Ensino Médio classificados em 1º, 2º e 3º lugares ganharão laptops.

Na categoria Mérito Institucional serão concedidos R$ 35 mil para cada uma das duas instituições contempladas com a premiação. Já o pesquisador indicado para a categoria Mérito Científico receberá R$ 20 mil.

O CNPq concede ainda bolsas de estudo desde a iniciação científica até o pós-doutorado para os premiados e a GE oferece aos vencedores e orientadores, visitas técnicas às suas fábricas e laboratórios de pesquisa.

Prêmio– Criado em 1981, o Prêmio Jovem Cientista  tem como objetivo incentivar a pesquisa no país e é considerado um dos mais importantes reconhecimentos destinados aos cientistas brasileiros. Os temas escolhidos em cada edição buscam soluções simples e acessíveis para os desafios da sociedade brasileira. Entre os assuntos abordados em edições anteriores estão “Saúde da população e controle de endemias”, “Oceanos: fonte de alimentos”, “Cidades Sustentáveis” e “Inovação Tecnológica nos Esportes”. Para obter mais informações sobre o Prêmio Jovem Cientista, acesse www.jovemcientista.cnpq.br

Fonte: Coordenação de Comunicação Social do CNPq

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Desde a última segunda-feira (6), está aberto o período de inscrições para o Prêmio Jovem Cientista. Podem concorrer estudantes do ensino médio, ensino superior, mestres e doutores. Esta primeira fase segue até o dia 30 de agosto. O prêmio é oferecido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Fundação Roberto Marinho (FRM), e as empresas GE e Gerdau.
Nesta edição, o tema escolhido foi “Água: desafios da sociedade”, uma vez que muitos são os problemas ocasionados pela má gestão dos recursos hídricos, mas também são muitas as soluções possíveis.

Podem ser contemplados trabalhos que se situem nas seguintes linhas de pesquisa:

A) categoria ensino médio:

  •  Gestão de bacias hidrográficas;
  • Tratamento e reuso da água;
  • Água e saúde pública;
  • Uso da água para geração de energia;
  • Tecnologias para dessalinização da água.

B) Categorias ensino superior, mestres e doutores :

  • Gestão inovadora dos recursos hídricos aplicada ao uso do solo e à gestão ambiental;
  • Tecnologias inovadoras para despoluição de bacias hidrográficas e sua integração com as dos sistemas estuários e zonas costeiras;
  •  Ecotecnologias no tratamento de águas residuárias, industriais e urbanas, esgotos domésticos, águas pluviais e despoluição;
  •  Uso racional e eficiente da água: gerenciamento, aproveitamento e reuso;
  •  Utilização de tecnologias de sensoriamento remoto na avaliação dos recursos hídricos;
  • Uso da água e da energia e aplicação de tecnologias inovadoras que promovam sua sustentabilidade;
  • Contaminantes emergentes (disruptores endócrinos, fármacos, resíduos orgânicos): detecção e remoção em sistemas de abastecimento de água;
  •  Uso de membranas no tratamento da água;
  • Causas e conseqüências das florações de cianobactérias em mananciais de abastecimento de água;
  •  Gerenciamento da água no meio urbano: novas tecnologias para minimizar alagamentos;
  • Eventos hidrológicos extremos e sistemas de alerta;
  • Impactos das mudanças climáticas nos recursos hídricos.

O CNPq prevê lançamentos do prêmio nas cinco regiões do país, e notadamente no Nordeste, por ocasião da 65ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que acontecerá na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).
Nessa edição,  a equipe do XXVII Prêmio Jovem Cientista propõe a utilização de um kit pedagógico direcionado aos professores do Ensino Médio, que desejarem discutir o tema Água com seus alunos.

O kit contém: um Caderno do Professor, com ilustrações e exemplos relacionados às linhas de pesquisa sugeridas; um Caderno com seis Planos de Aula; e 12 Fichas de Atividades para proporcionar idéias de projetos de pesquisa aos estudantes. O material é distribuído gratuitamente às escolas e aos professores interessados e também estará disponível para download no site www.jovemcientista.cnpq.br , a partir deste mês de maio.
Oficinas de Projetos Científicos

A novidade deste ano será a realização da Oficina de Projetos Científicos para estudantes do Ensino Médio, em dez localidades diferentes do país: Belém (PA), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), São Paulo (SP) e Brasília (DF).

Com duração média de quatro horas, as oficinas terão como objetivo a orientação dos interessados em participar do prêmio. Cada escola participante poderá indicar entre cinco e dez estudantes e um professor.

As oficinas ocorrerão em maio e junho e as chamadas dos inscritos serão efetuadas pelo Facebook:www.facebook.com/premiojovemcientista

Premiações

 Nas categorias Mestres e Doutores, os vencedores receberão o prêmio em valores: R$ 30 mil (1º lugar); R$ 20 mil (2º lugar) e R$ 15 mil (3º lugar). Os estudantes do Ensino Superior receberão R$ 15 mil (1º lugar), R$ 12 mil (2º lugar) e R$ 10 mil (3º lugar) e os estudantes do Ensino Médio classificados em 1º, 2º e 3º lugares ganharão laptops.

Na categoria Mérito Institucional serão concedidos R$ 35 mil para cada uma das duas instituições contempladas com a premiação. Já o pesquisador indicado para a categoria Mérito Científico receberá R$ 20 mil.

O CNPq concede ainda bolsas de estudo desde a iniciação científica até o pós-doutorado para os premiados e a GE oferece aos vencedores e orientadores, visitas técnicas às suas fábricas e laboratórios de pesquisa.

Prêmio– Criado em 1981, o Prêmio Jovem Cientista  tem como objetivo incentivar a pesquisa no país e é considerado um dos mais importantes reconhecimentos destinados aos cientistas brasileiros. Os temas escolhidos em cada edição buscam soluções simples e acessíveis para os desafios da sociedade brasileira. Entre os assuntos abordados em edições anteriores estão “Saúde da população e controle de endemias”, “Oceanos: fonte de alimentos”, “Cidades Sustentáveis” e “Inovação Tecnológica nos Esportes”. Para obter mais informações sobre o Prêmio Jovem Cientista, acesse www.jovemcientista.cnpq.br

Fonte: Coordenação de Comunicação Social do CNPq