Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Conjunto III concentra maior número de candidatos

Mais de 3 mil candidatos realizam a prova no Conjunto III. Foto: Karin Spezia. Laboratório de Fotografia e Memória.
Mais de 3 mil candidatos realizam a prova no Conjunto III. Foto: Karin Spezia. Laboratório de Fotografia e Memória.

Iniciou nesta terça-feira (2) o vestibular do Centro Universitário Franciscano (Unifra), que este ano conta com a inclusão do curso de Medicina. Foi no conjunto III, na Rua Silva Jardim, 1323, onde 3513 candidatos prestam o exame, maior movimentação da manhã.  A vestibulanda Maria Clara Carnielli, 18 anos, que já prestou vestibular no mínimo dez vezes para o curso de medicina em outras instituições, considera a prova da Unifra  mais acessível.

O violão foi a alternativa para o candidato Tiago Cadore para relaxar antes da prova.
O violão foi a alternativa para o candidato Tiago Cadore para relaxar antes da prova. Foto: Helena Moura.

Já Tiago Cadore, 20, que está tentando Medicina pela terceira vez tem outra opinião. ‘’Minha expectativa para a prova é boa, mas espero que seja difícil e concorrida’’. Para amenizar a tensão pré-prova o vestibulando trouxe consigo seu violão.

Quatro salas para candidatos com necessidades especiais

A Unifra disponibilizou quatro salas para alunos especiais no Conjunto III, onde mantém um professor responsável em cada sala para auxiliar na transcrição e realização da prova, segundo o professor de Libras Arlei Peripoli.

A vestibulanda Thafini Thome, 33, é uma das alunas especiais que realizará a prova, relata

A candidata com AVC teve cuidados especiais para a realização da prova. Foto: Helena Moura
A candidata com AVC teve cuidados especiais para a realização da prova. Foto: Helena Moura

que está é a 30° vez que tenta o curso. Antes de sofrer o AVC, a candidata já havia tentando Medicina por dois anos consecutivos. Para ela, que já prestou muitos vestibulares e na maioria das vezes não teve acompanhamento adequado durante a prova, a iniciativa da Unifra em disponibilizar salas para pessoas especiais é fundamental. Para a redação, Thafini aposta em temas como preconceito a nordestinos, selfies e racionamento de água.

A prova, que começou às 8h deve ser concluída até às 12h. Os exames serão realizados no Conjunto I, na Rua dos Andradas, 1614, Conjunto II, Silva Jardim e Conjunto III, Rua Silva Jardim, 1323.  O gabarito oficial será divulgado às 16h, no hall do Prédio 15, Conjunto III.

Mais informações no site da Unifra ou na Agência Central Sul de notícias.

 

Por Viviane Campos

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais de 3 mil candidatos realizam a prova no Conjunto III. Foto: Karin Spezia. Laboratório de Fotografia e Memória.
Mais de 3 mil candidatos realizam a prova no Conjunto III. Foto: Karin Spezia. Laboratório de Fotografia e Memória.

Iniciou nesta terça-feira (2) o vestibular do Centro Universitário Franciscano (Unifra), que este ano conta com a inclusão do curso de Medicina. Foi no conjunto III, na Rua Silva Jardim, 1323, onde 3513 candidatos prestam o exame, maior movimentação da manhã.  A vestibulanda Maria Clara Carnielli, 18 anos, que já prestou vestibular no mínimo dez vezes para o curso de medicina em outras instituições, considera a prova da Unifra  mais acessível.

O violão foi a alternativa para o candidato Tiago Cadore para relaxar antes da prova.
O violão foi a alternativa para o candidato Tiago Cadore para relaxar antes da prova. Foto: Helena Moura.

Já Tiago Cadore, 20, que está tentando Medicina pela terceira vez tem outra opinião. ‘’Minha expectativa para a prova é boa, mas espero que seja difícil e concorrida’’. Para amenizar a tensão pré-prova o vestibulando trouxe consigo seu violão.

Quatro salas para candidatos com necessidades especiais

A Unifra disponibilizou quatro salas para alunos especiais no Conjunto III, onde mantém um professor responsável em cada sala para auxiliar na transcrição e realização da prova, segundo o professor de Libras Arlei Peripoli.

A vestibulanda Thafini Thome, 33, é uma das alunas especiais que realizará a prova, relata

A candidata com AVC teve cuidados especiais para a realização da prova. Foto: Helena Moura
A candidata com AVC teve cuidados especiais para a realização da prova. Foto: Helena Moura

que está é a 30° vez que tenta o curso. Antes de sofrer o AVC, a candidata já havia tentando Medicina por dois anos consecutivos. Para ela, que já prestou muitos vestibulares e na maioria das vezes não teve acompanhamento adequado durante a prova, a iniciativa da Unifra em disponibilizar salas para pessoas especiais é fundamental. Para a redação, Thafini aposta em temas como preconceito a nordestinos, selfies e racionamento de água.

A prova, que começou às 8h deve ser concluída até às 12h. Os exames serão realizados no Conjunto I, na Rua dos Andradas, 1614, Conjunto II, Silva Jardim e Conjunto III, Rua Silva Jardim, 1323.  O gabarito oficial será divulgado às 16h, no hall do Prédio 15, Conjunto III.

Mais informações no site da Unifra ou na Agência Central Sul de notícias.

 

Por Viviane Campos