Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Tour Universitário mostra cenário dos cursos de Enfermagem, Técnico e Medicina

tiele1
Grupo de estudantes recebe informações sobre as práticas na área da saúde. Fotos: Tiéle Abreu.

Experiência Universitária do Centro Universitário Franciscano começou na segunda-feira, 22, quando os estudantes que se inscreveram estão tendo a oportunidade de fazer um tour pelos Cursos ofertados pela instituição guiados por professores e acadêmicos. Na tarde de hoje 24, o tour foi nos cursos de EnfermagemTécnico em Enfermagem e Medicina. Os visitantes puderam conhecer os laboratórios e ver demonstrações de atuação profissional, com situações críticas e de como proceder com pacientes desde um desde a pediatria, banho de leito, dosagens de medicação e verificação de pressão.

De acordo com a professora Maria Helena Gehlen foi apresentado o cenário de prática vivido pelo técnico em enfermagem, enfermeiro e médico para os estudantes, são cinco professores auxiliando os acadêmicos na demonstração durante a Experiência.

Para Maria Helena, o acadêmico que demonstra a competência, habilidade e o lado humano em saber cuidar da saúde do outro que perde sua autonomia para a realização de muitos cuidados, interagindo aprendendo técnica toda a demonstração é feita pelo acadêmico demonstrando o que aprendeu, e sabe realizar o atendimento e cuidado ele está apto para o serviço e lá ele consegue desenvolver uma comunicação terapêutica, um vínculo e cuidar com amor do ser humano.

Escolher Medicina não pelo status

tiele2
Isabel Foletto Curvello vai fazer vestibular para o curso de Medicina.

A estudante Isabel Foletto Curvello, 17 anos, de 3º ano do Ensino Médio do Colégio Tiradentes, destacou que não tinha noção de algumas coisas e diz ser notório que os acadêmicos ao explicar cada procedimento mostram confiança de gostar realmente do que realizam.

Para ela, a escolha pelo Curso de Medicina não será por status ou influência dos pais. “As pessoas vão te agradecer pela vida, e isso não tem preço”, declara a estudante.

“o médico além de ter a função do trabalho dele, científico,  tem que ter respeito pelo paciente e saber trabalhar com ele, exercer sua função social”, relata a futura acadêmica.

 

Por Tiéle Abreu, acadêmica de Jornalismo da Unifra-Santa Maria/RS

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

tiele1
Grupo de estudantes recebe informações sobre as práticas na área da saúde. Fotos: Tiéle Abreu.

Experiência Universitária do Centro Universitário Franciscano começou na segunda-feira, 22, quando os estudantes que se inscreveram estão tendo a oportunidade de fazer um tour pelos Cursos ofertados pela instituição guiados por professores e acadêmicos. Na tarde de hoje 24, o tour foi nos cursos de EnfermagemTécnico em Enfermagem e Medicina. Os visitantes puderam conhecer os laboratórios e ver demonstrações de atuação profissional, com situações críticas e de como proceder com pacientes desde um desde a pediatria, banho de leito, dosagens de medicação e verificação de pressão.

De acordo com a professora Maria Helena Gehlen foi apresentado o cenário de prática vivido pelo técnico em enfermagem, enfermeiro e médico para os estudantes, são cinco professores auxiliando os acadêmicos na demonstração durante a Experiência.

Para Maria Helena, o acadêmico que demonstra a competência, habilidade e o lado humano em saber cuidar da saúde do outro que perde sua autonomia para a realização de muitos cuidados, interagindo aprendendo técnica toda a demonstração é feita pelo acadêmico demonstrando o que aprendeu, e sabe realizar o atendimento e cuidado ele está apto para o serviço e lá ele consegue desenvolver uma comunicação terapêutica, um vínculo e cuidar com amor do ser humano.

Escolher Medicina não pelo status

tiele2
Isabel Foletto Curvello vai fazer vestibular para o curso de Medicina.

A estudante Isabel Foletto Curvello, 17 anos, de 3º ano do Ensino Médio do Colégio Tiradentes, destacou que não tinha noção de algumas coisas e diz ser notório que os acadêmicos ao explicar cada procedimento mostram confiança de gostar realmente do que realizam.

Para ela, a escolha pelo Curso de Medicina não será por status ou influência dos pais. “As pessoas vão te agradecer pela vida, e isso não tem preço”, declara a estudante.

“o médico além de ter a função do trabalho dele, científico,  tem que ter respeito pelo paciente e saber trabalhar com ele, exercer sua função social”, relata a futura acadêmica.

 

Por Tiéle Abreu, acadêmica de Jornalismo da Unifra-Santa Maria/RS