Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

A presença dos cursinhos no vestibular de verão da Unifra

Eles fizeram parte da rotina de muitos estudantes e, no dia de hoje, acompanham estes alunos para dar apoio e segurança: são os cursinhos preparatórios. Em um espaço reservado para a montagem das estruturas no prédio 15  do Centro Universitário Franciscano, os cursos pré-vestibulares organizam um ambiente para recepcionar os alunos e familiares.

Conforme a assessora de comunicação da instituição, Jamylle Lima, as entidades entram em contato para solicitar um espaço para a organização da área. “Nós adequamos o lugar para que todos os cursos disponibilizem do mesmo espaço”, comenta Jamylle. No local, ainda há o espaço institucional, que oferece guloseimas, café e água.

TOTEM Julia Trombini
Professor Rodolfo Araújo comenta sobre a interação entre professores (Foto Júlia Trombini/ Laboratório de Fotografia e Memória)
FOTON Julia Trombini
Ana Jamile avalia o apoio dado aos alunos nos momentos pré prova (Foto: Júlia Trombini/Laboratório de Fotografia e Memória)

Para o professor da disciplina de inglês  do Totem Vestibulares, Rodolfo Araújo, as estruturas montadas ajudam na interação com os alunos e outros professores. “A conversa e a relação com os professores dos demais cursos é legal, propõem a interação”, afirma.

Para Ana Jamile Oliveira, professora do Fóton Vestibulares, não há concorrência com os outros cursos pré-vestibulares. “Todos temos uma boa relação, nos respeitamos, pois estamos dando apoio aos vestibulandos”, diz Ana. Segundo ela, o apoio é fundamental, já que nestes momentos os estudantes precisam se sentir seguros. “Dizemos a eles que é possível sonhar e realizar esse sonho. Eles, nesta hora, tem carência de afeto e atenção, precisam estar seguros para fazer uma boa prova”, completa.

Cursinho Julia Trombini
Ana Paula fala sobre os estímulos dados pelos professores aos estudantes (Foto: Júlia Trombini/Laboratório de Fotografia e Memória)

A coordenadora do Riachuelo Pré-Vestibular, Ana Paula Betega, comenta que desde o ano passado preparam o local para receber  os vestibulando. “É muito positiva a montagem desta área, porque podemos interagir com todos os professores, inclusive de outros curso”, diz Ana Paula. Ela comenta sobre a importância de prestar apoio aos alunos. “Somos a referência deles aqui”, complementa.

Os espaços para o acolhimento são compostos por um estande, com almofadas, pufs, além da oferta de alimentos e bebidas para os alunos. As estruturas foram montadas na segunda-feira e ficarão até a finalização da prova, ao meio-dia.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eles fizeram parte da rotina de muitos estudantes e, no dia de hoje, acompanham estes alunos para dar apoio e segurança: são os cursinhos preparatórios. Em um espaço reservado para a montagem das estruturas no prédio 15  do Centro Universitário Franciscano, os cursos pré-vestibulares organizam um ambiente para recepcionar os alunos e familiares.

Conforme a assessora de comunicação da instituição, Jamylle Lima, as entidades entram em contato para solicitar um espaço para a organização da área. “Nós adequamos o lugar para que todos os cursos disponibilizem do mesmo espaço”, comenta Jamylle. No local, ainda há o espaço institucional, que oferece guloseimas, café e água.

TOTEM Julia Trombini
Professor Rodolfo Araújo comenta sobre a interação entre professores (Foto Júlia Trombini/ Laboratório de Fotografia e Memória)
FOTON Julia Trombini
Ana Jamile avalia o apoio dado aos alunos nos momentos pré prova (Foto: Júlia Trombini/Laboratório de Fotografia e Memória)

Para o professor da disciplina de inglês  do Totem Vestibulares, Rodolfo Araújo, as estruturas montadas ajudam na interação com os alunos e outros professores. “A conversa e a relação com os professores dos demais cursos é legal, propõem a interação”, afirma.

Para Ana Jamile Oliveira, professora do Fóton Vestibulares, não há concorrência com os outros cursos pré-vestibulares. “Todos temos uma boa relação, nos respeitamos, pois estamos dando apoio aos vestibulandos”, diz Ana. Segundo ela, o apoio é fundamental, já que nestes momentos os estudantes precisam se sentir seguros. “Dizemos a eles que é possível sonhar e realizar esse sonho. Eles, nesta hora, tem carência de afeto e atenção, precisam estar seguros para fazer uma boa prova”, completa.

Cursinho Julia Trombini
Ana Paula fala sobre os estímulos dados pelos professores aos estudantes (Foto: Júlia Trombini/Laboratório de Fotografia e Memória)

A coordenadora do Riachuelo Pré-Vestibular, Ana Paula Betega, comenta que desde o ano passado preparam o local para receber  os vestibulando. “É muito positiva a montagem desta área, porque podemos interagir com todos os professores, inclusive de outros curso”, diz Ana Paula. Ela comenta sobre a importância de prestar apoio aos alunos. “Somos a referência deles aqui”, complementa.

Os espaços para o acolhimento são compostos por um estande, com almofadas, pufs, além da oferta de alimentos e bebidas para os alunos. As estruturas foram montadas na segunda-feira e ficarão até a finalização da prova, ao meio-dia.