Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Arte com papelão na oficina cartonera

Como parte da programação do projeto Rodas de Conversa, do Curso de Letras, que tem como proposta produzir oficinas e palestras abertas aos alunos, ocorreu no dia 27 de maio a oficina Cartonera no Centro Universitário Franciscano. A iniciativa surgiu da parceria entre o Laboratório do Curso de Letras e a Editora Vento Norte Cartonero. Com a proposta de livro feito manualmente, a editora conta como a arte de produzir livros feito à mão nasceu e se espalhou pela América Latina.

A oficina teve a participação de 39 alunos, dos cursos de Letras e Jornalismo. A proposta principal foi montar seu próprio livro cartonero, feito de forma artesanal com papelão.

Antes da oficina, o professor Fernando Vilarraga, instrutor da oficina, explicou como nasceu a arte cartonera e como chegou até Santa Maria. O instrutor também lembrou como ocorreu o encontro com as suas companheiras cartoneras, Luiza Casanova, Camila Possebon e Simone Minuzzi. Os quatro formaram o Vento Norte Cartonero, editora de livros artesanais.

Os participantes da oficina receberam pequenos miolos dos livros com poemas de escritores da América Latina. Todos foram desafiados a escrever seu próprio poema, contendo a palavra papelão. Depois de uma troca de poemas, a oficina trouxe a oportunidade de uma volta à infância a partir do desenho e da pintura.

Quem participou pôde produzir sua própria capa de livro a partir de suas ideias e do resultado de seu trabalho artístico. Antes de tudo, conhecer o papelão era a parte fundamental, depois era soltar a criatividade e imaginação.

A Editora Vento Norte, com uma gama diversa de títulos publicados, começou as oficinas em escolas públicas da região Central do Rio Grande do Sul, ampliando sua atuação em escolas da Argentina e do Chile. A mesma proposta foi desenvolvida no Centro Universitário Franciscano, por iniciativa do professor Adriano Cezar, do Curso de Letras. Quem participou da oficina, relata que a experiência foi válida e muito produtiva.

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=jFbWIXeOWcY”]

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=WwZwKd77Smo”]

A segunda edição da oficina cartonera está prevista para o próximo semestre com uma proposta diferenciada: os livros, contendo capa e miolo, serão feitos pelos alunos do curso de Letras.

Por Eduarda H Garcia para a disciplina de Jornalismo Online

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Como parte da programação do projeto Rodas de Conversa, do Curso de Letras, que tem como proposta produzir oficinas e palestras abertas aos alunos, ocorreu no dia 27 de maio a oficina Cartonera no Centro Universitário Franciscano. A iniciativa surgiu da parceria entre o Laboratório do Curso de Letras e a Editora Vento Norte Cartonero. Com a proposta de livro feito manualmente, a editora conta como a arte de produzir livros feito à mão nasceu e se espalhou pela América Latina.

A oficina teve a participação de 39 alunos, dos cursos de Letras e Jornalismo. A proposta principal foi montar seu próprio livro cartonero, feito de forma artesanal com papelão.

Antes da oficina, o professor Fernando Vilarraga, instrutor da oficina, explicou como nasceu a arte cartonera e como chegou até Santa Maria. O instrutor também lembrou como ocorreu o encontro com as suas companheiras cartoneras, Luiza Casanova, Camila Possebon e Simone Minuzzi. Os quatro formaram o Vento Norte Cartonero, editora de livros artesanais.

Os participantes da oficina receberam pequenos miolos dos livros com poemas de escritores da América Latina. Todos foram desafiados a escrever seu próprio poema, contendo a palavra papelão. Depois de uma troca de poemas, a oficina trouxe a oportunidade de uma volta à infância a partir do desenho e da pintura.

Quem participou pôde produzir sua própria capa de livro a partir de suas ideias e do resultado de seu trabalho artístico. Antes de tudo, conhecer o papelão era a parte fundamental, depois era soltar a criatividade e imaginação.

A Editora Vento Norte, com uma gama diversa de títulos publicados, começou as oficinas em escolas públicas da região Central do Rio Grande do Sul, ampliando sua atuação em escolas da Argentina e do Chile. A mesma proposta foi desenvolvida no Centro Universitário Franciscano, por iniciativa do professor Adriano Cezar, do Curso de Letras. Quem participou da oficina, relata que a experiência foi válida e muito produtiva.

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=jFbWIXeOWcY”]

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=WwZwKd77Smo”]

A segunda edição da oficina cartonera está prevista para o próximo semestre com uma proposta diferenciada: os livros, contendo capa e miolo, serão feitos pelos alunos do curso de Letras.

Por Eduarda H Garcia para a disciplina de Jornalismo Online