Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

O risco nas faixas de pedestre em Santa Maria

(Foto por: Viviane Campos/Laboratório de Fotografia e Memória)
(Foto por: Viviane Campos/Laboratório de Fotografia e Memória)

“Idoso é atropelado na faixa de segurança em Santa Maria”, (Diário de SM). “Idosa morre ao ser atropelada na faixa de pedestres”, (G1). “Idoso é atropelado por um ônibus na faixa de pedestre”, (Diário da região).

Estas e outras manchetes sobre o atropelamento de pessoas são comuns nos meios de comunicação. A faixa de pedestre, que deveria ser segura para se atravessar, torna-se um local de conflito entre transeuntes e motoristas. Há descumprimento das leis por parte dos condutores de veículos e das pessoas que percorrem a rua.

Para Rosane Abaz, estudante do Centro Universitário Franciscano, não há respeito na faixa de segurança. “Na esquina da Conde de Porto Alegre com a Rua dos Andradas, é praticamente impossível atravessar, pois nenhum carro para nas faixas da esquina”, denuncia Rosane.

Há pedestres, porém, que acreditam que depende da cidade e do meio. Oly Fagundes, estudante e militar, conta que em Brasília, os motoristas param quando avistam que alguém vai atravessar na faixa de segurança, diferente daqui em Santa Maria.

Ao contrário destes entrevistados, a professora Caroline Brum, do Curso de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário, sente-se mais segura na faixa de segurança do que atravessar sem a faixa. “Mas alguns pedestres atravessam sem olhar se os carros param ou não. Isso veio a partir de campanhas que o pedestre tem direitos e que os condutores são obrigados a parar”, nota a professora. “Entretanto, a prefeitura deve alterar as marcações, há faixas em esquinas e isso não é permitido segundo as leis de trânsito”, ressalta Caroline.

Segundo o diretor do Centro de Formação de Condutores (CFC) Padre Réus, João Guasso, em todas as aulas práticas de direção, os alunos são informados da parada na faixa de pedestre quando notam que alguém vai atravessar. “No exame é cobrado parar na faixa, obrigatoriamente. Eles também têm aulas teóricas específicas sobre a faixa de pedestre”

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(Foto por: Viviane Campos/Laboratório de Fotografia e Memória)
(Foto por: Viviane Campos/Laboratório de Fotografia e Memória)

“Idoso é atropelado na faixa de segurança em Santa Maria”, (Diário de SM). “Idosa morre ao ser atropelada na faixa de pedestres”, (G1). “Idoso é atropelado por um ônibus na faixa de pedestre”, (Diário da região).

Estas e outras manchetes sobre o atropelamento de pessoas são comuns nos meios de comunicação. A faixa de pedestre, que deveria ser segura para se atravessar, torna-se um local de conflito entre transeuntes e motoristas. Há descumprimento das leis por parte dos condutores de veículos e das pessoas que percorrem a rua.

Para Rosane Abaz, estudante do Centro Universitário Franciscano, não há respeito na faixa de segurança. “Na esquina da Conde de Porto Alegre com a Rua dos Andradas, é praticamente impossível atravessar, pois nenhum carro para nas faixas da esquina”, denuncia Rosane.

Há pedestres, porém, que acreditam que depende da cidade e do meio. Oly Fagundes, estudante e militar, conta que em Brasília, os motoristas param quando avistam que alguém vai atravessar na faixa de segurança, diferente daqui em Santa Maria.

Ao contrário destes entrevistados, a professora Caroline Brum, do Curso de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário, sente-se mais segura na faixa de segurança do que atravessar sem a faixa. “Mas alguns pedestres atravessam sem olhar se os carros param ou não. Isso veio a partir de campanhas que o pedestre tem direitos e que os condutores são obrigados a parar”, nota a professora. “Entretanto, a prefeitura deve alterar as marcações, há faixas em esquinas e isso não é permitido segundo as leis de trânsito”, ressalta Caroline.

Segundo o diretor do Centro de Formação de Condutores (CFC) Padre Réus, João Guasso, em todas as aulas práticas de direção, os alunos são informados da parada na faixa de pedestre quando notam que alguém vai atravessar. “No exame é cobrado parar na faixa, obrigatoriamente. Eles também têm aulas teóricas específicas sobre a faixa de pedestre”