Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Duplicação da BR-287: de um lado o progresso, de outro o desamparo

Obras da BR-287 (Foto: Fernanda Gonçalves/Laboratório de Fotografia e Memória)

As obras de duplicação da BR-287, em Santa Maria, têm causado transtornos não apenas ao trânsito da cidade, mas a muitos moradores do entorno da rodovia. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) autorizou as obras no dia 15 de dezembro de 2014. No entanto, há mas de 50 moradores, entre eles jovens e idosos, que devem ficar desalojados e ainda não foram notificados pelo órgão. Algumas pessoas estão em completo desamparo. “Moro aqui há oito anos e não tenho para onde ir. O engenheiro veio fez a medida, e a minha casa vai ter que sair. Não tenho para onde ir e ele não falou se vão dar auxilio ou algo parecido”, relata  Maria Tereza de Souza, 73 anos. Além de prejudicar os moradores, que terão de deixar suas casas, o atraso no aviso por parte do Dnit, prejudica também o comércio. Marcio da Silva do Amaral é gerente de uma oficina de  chapeamento e relatou: “o engenheiro veio aqui mediu o terreno e não falou nada. Eu estou lotado de carros na oficina e preciso saber se vou ter que sair, pois tenho que arrumar um local para levar os veículos”. Mais uma vez, a demora no contato com os moradores está deixando pessoas aflitas, tendo em vista que alguns pontos das obras já estão em níveis avançados, pois foram autorizadas ainda em dezembro do ano passado.

Casas que serão retiradas, pois estão nas margens da BR287 foto de Fernanda Gonçalves
Casas às margens da rodovia terão de ser destruídas (Foto de Fernanda Gonçalves/Laboratório de Fotografia e Memória)

O Dnit ainda não deu uma posição clara de que vai ou não ajudar as pessoas afetadas pelas obras. Em todo o caso, muitos moradores deveriam ter consultado o Dnit antes da construção de suas casas, já que a área fica às margens de uma rodovia. Em casos como este, cabe à Policia Rodoviária Federal (PRF)  fiscalizar os locais e alertar sobre possíveis irregularidades. O Dnit não se pronunciou oficialmente sobre o despejo dos moradores. Mais informações podem ser obtidas junto Dnit de Santa Maria. Telefone: (55) 3211-1944

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obras da BR-287 (Foto: Fernanda Gonçalves/Laboratório de Fotografia e Memória)

As obras de duplicação da BR-287, em Santa Maria, têm causado transtornos não apenas ao trânsito da cidade, mas a muitos moradores do entorno da rodovia. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) autorizou as obras no dia 15 de dezembro de 2014. No entanto, há mas de 50 moradores, entre eles jovens e idosos, que devem ficar desalojados e ainda não foram notificados pelo órgão. Algumas pessoas estão em completo desamparo. “Moro aqui há oito anos e não tenho para onde ir. O engenheiro veio fez a medida, e a minha casa vai ter que sair. Não tenho para onde ir e ele não falou se vão dar auxilio ou algo parecido”, relata  Maria Tereza de Souza, 73 anos. Além de prejudicar os moradores, que terão de deixar suas casas, o atraso no aviso por parte do Dnit, prejudica também o comércio. Marcio da Silva do Amaral é gerente de uma oficina de  chapeamento e relatou: “o engenheiro veio aqui mediu o terreno e não falou nada. Eu estou lotado de carros na oficina e preciso saber se vou ter que sair, pois tenho que arrumar um local para levar os veículos”. Mais uma vez, a demora no contato com os moradores está deixando pessoas aflitas, tendo em vista que alguns pontos das obras já estão em níveis avançados, pois foram autorizadas ainda em dezembro do ano passado.

Casas que serão retiradas, pois estão nas margens da BR287 foto de Fernanda Gonçalves
Casas às margens da rodovia terão de ser destruídas (Foto de Fernanda Gonçalves/Laboratório de Fotografia e Memória)

O Dnit ainda não deu uma posição clara de que vai ou não ajudar as pessoas afetadas pelas obras. Em todo o caso, muitos moradores deveriam ter consultado o Dnit antes da construção de suas casas, já que a área fica às margens de uma rodovia. Em casos como este, cabe à Policia Rodoviária Federal (PRF)  fiscalizar os locais e alertar sobre possíveis irregularidades. O Dnit não se pronunciou oficialmente sobre o despejo dos moradores. Mais informações podem ser obtidas junto Dnit de Santa Maria. Telefone: (55) 3211-1944