Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Estudantes avaliam importância da participação na Jornada de Jornalismo

Nervosismo, alegria e sensação de dever cumprido. Assim foi marcada a XIV Jornada do Jornalismo, realizada dia 29 de outubro, no Salão Acústico do prédio 14 no conjunto III do Centro Universitário Franciscano.

A jornada consiste na discussão sobre as pesquisas do Trabalho Final de Graduação (TFG) I dos alunos do curso de Jornalismo da Instituição. Nesta edição, foram apresentados oito trabalhos, com duração entre 10 e 15 minutos para explanar o projeto.

Mateus Ferreira, 26 anos, está cursando o quinto semestre de Jornalismo, ele assistiu à Jornada e contou que os temas dos projetos foram muito interessantes, especialmente os que envolviam músicas. Outro projeto que chamou a atenção de Ferreira foi o de Rádio Web, por ser uma plataforma mais moderna.

O acadêmico de Jornalismo Pedro Corrêa, 20 anos, está no sexto semestre participou como ouvinte. Ele afirma que a troca de conhecimento que se tem no evento é muito importante, pois, além de serem debatidas ideias novas, é uma forma dos estudantes que estão se aproximando do TFG 1 aprenderem um pouco do que terão de fazer.

Cursando o quinto semestre de Jornalismo, Márcio Fontoura assistiu à Jornada pela segunda vez, e afirma que o nervosismo para quem está apresentando é inevitável, pois é um momento muito importante, que irá nortear todo o procedimento da pesquisa. Fontoura vê a jornada como um passo para o desenvolvimento do TFG.

Laíz Lacerda também está no sexto semestre de Jornalismo e considera muito interessante o aprendizado não só com as apresentações dos colegas, mas também com as dicas dos professores que avaliam os trabalhos. Ela também afirma que é uma boa oportunidade de aprender um pouco sobre o que terá de fazer quando tiver de apresentar seu projeto.

Luiza Rorato, 19 anos, está no primeiro semestre de Jornalismo. Ela disse que os temas foram muito interessantes, que não eram cansativos. Além disso, a estudante comenta sobre a importância de participar destes eventos, mesmo estando no início do curso, pois assim já se cria uma expectativa sobre o que poderá ser feito no seu projeto. Luiza salienta o grande aprendizado com os comentários dos professores.

Lorenzo Franchi, 19 anos, está no quinto semestre de Jornalismo e atesta que as temáticas abordadas foram bem atuais. O trabalho que lhe chamou a atenção falava sobre o Jornalismo Ambiental, pois, conforme ele, este modelo de jornalismo não possui a relevância necessária na mídia.

Armando Agostini, 32 anos, cursa o sexto semestre de Jornalismo e certifica que as temáticas apresentadas foram muito criativas. O estudante destaque que, no geral, os apresentadores mostraram temas que estão em evidência na mídia e que são relevantes. Ele considera de suma importância a participação dos estudantes na Jornada, pois é um momento complicado do curso e todos terão de passar por esta etapa.

Por Adriana Aires e Larissa Essi para a disciplina de Jornalismo Online

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nervosismo, alegria e sensação de dever cumprido. Assim foi marcada a XIV Jornada do Jornalismo, realizada dia 29 de outubro, no Salão Acústico do prédio 14 no conjunto III do Centro Universitário Franciscano.

A jornada consiste na discussão sobre as pesquisas do Trabalho Final de Graduação (TFG) I dos alunos do curso de Jornalismo da Instituição. Nesta edição, foram apresentados oito trabalhos, com duração entre 10 e 15 minutos para explanar o projeto.

Mateus Ferreira, 26 anos, está cursando o quinto semestre de Jornalismo, ele assistiu à Jornada e contou que os temas dos projetos foram muito interessantes, especialmente os que envolviam músicas. Outro projeto que chamou a atenção de Ferreira foi o de Rádio Web, por ser uma plataforma mais moderna.

O acadêmico de Jornalismo Pedro Corrêa, 20 anos, está no sexto semestre participou como ouvinte. Ele afirma que a troca de conhecimento que se tem no evento é muito importante, pois, além de serem debatidas ideias novas, é uma forma dos estudantes que estão se aproximando do TFG 1 aprenderem um pouco do que terão de fazer.

Cursando o quinto semestre de Jornalismo, Márcio Fontoura assistiu à Jornada pela segunda vez, e afirma que o nervosismo para quem está apresentando é inevitável, pois é um momento muito importante, que irá nortear todo o procedimento da pesquisa. Fontoura vê a jornada como um passo para o desenvolvimento do TFG.

Laíz Lacerda também está no sexto semestre de Jornalismo e considera muito interessante o aprendizado não só com as apresentações dos colegas, mas também com as dicas dos professores que avaliam os trabalhos. Ela também afirma que é uma boa oportunidade de aprender um pouco sobre o que terá de fazer quando tiver de apresentar seu projeto.

Luiza Rorato, 19 anos, está no primeiro semestre de Jornalismo. Ela disse que os temas foram muito interessantes, que não eram cansativos. Além disso, a estudante comenta sobre a importância de participar destes eventos, mesmo estando no início do curso, pois assim já se cria uma expectativa sobre o que poderá ser feito no seu projeto. Luiza salienta o grande aprendizado com os comentários dos professores.

Lorenzo Franchi, 19 anos, está no quinto semestre de Jornalismo e atesta que as temáticas abordadas foram bem atuais. O trabalho que lhe chamou a atenção falava sobre o Jornalismo Ambiental, pois, conforme ele, este modelo de jornalismo não possui a relevância necessária na mídia.

Armando Agostini, 32 anos, cursa o sexto semestre de Jornalismo e certifica que as temáticas apresentadas foram muito criativas. O estudante destaque que, no geral, os apresentadores mostraram temas que estão em evidência na mídia e que são relevantes. Ele considera de suma importância a participação dos estudantes na Jornada, pois é um momento complicado do curso e todos terão de passar por esta etapa.

Por Adriana Aires e Larissa Essi para a disciplina de Jornalismo Online