Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Um olhar para o pôr do sol

Post produzido pela primeira equipe da fanpage para o Dia dos Namorados
Post produzido pela primeira equipe da fanpage para o Dia dos Namorados

A contemplação das coisas belas da vida nem sempre é possível em meio à correria diária, mas uma turma de Jornalismo do Centro Universitário Franciscano, dentro da disciplina de Jornalismo Online, no primeiro semestre de 2015, fez as coisas mudarem. Uma janela e um olhar mais observador foram capazes de oportunizar histórias inesquecíveis.

Tudo teve início, de acordo com a estudante Natália Librelotto, quando se percebeu que um dos hábitos dos universitários era contemplar o pôr do sol, através das janelas do prédio 14, e eternizar o momento com fotografias. Ao observar a timeline do Facebook com as inúmeras fotos, o professor Mauricio Dias teve a ideia de convidar a turma para fazer a página Pôr do Sol do Rosário.

O objetivo inicial era chamar a atenção das pessoas que frequentavam o bairro para que também contemplassem o céu. A turma foi dividida em pequenos grupos e todos tinham funções, para que houvesse uma melhor administração da página.

Eu era a encarregada de ir para rua e conhecer os moradores mais antigos do Rosário, suas histórias de vida no bairro. Era preciso saber o que trouxe aquela pessoa para morar ali, como era a rotina, as histórias, curiosidades e se os moradores costumavam contemplar o poente do sol”, declara Natália.

Outra tarefa primordial aos estudantes era a manutenção da página e para isso o trabalho sempre foi em equipe, sendo que alguns alunos faziam as primeiras fotos e os cartazes. Outros ficaram encarregados de responder as mensagens e fazer os vídeos.

Todos ajudaram a chamar os ‘curtidores’, convidando os amigos do facebook. Foi uma experiência muito válida”, diz Natália.

A estudante Amanda Souza salienta que fazia pequenas reportagens com os moradores da redondeza. “Eu perguntava o que eles achavam do pôr do sol do Rosário e o que admiravam. Foi muito bom fazer este trabalho, tanto pelas histórias que conheci e pelas tarefas, pois é glorioso divulgar a vida de pessoas tão próximas à Unifra e que não conhecíamos”.

Já o estudante Gabriel Haesbaert tinha a função das criações e artes gráficas. “Sempre admirei o entardecer do Rosário e fiz muitas fotos, na hora que surgiu o projeto topamos na hora”.

A turma era composta dos estudantes: Natália Librelotto, Rodrigo Ledel, Bernardo Mayer Steckel, Gabriel Haesbaert, Joana Camargo Günther, Victória Luiza, Amanda Souza, Manuela Mezomo Fantinel, Mateus Ferreira, Dara Luiza Hamann, Arcéli Ramos, Willian Ignácio e Karen Rosso.

Agora no segundo semestre, outra turma assumiu os trabalhos e continua na função de descobrir o que o Rosário tem.

Achei legal que a turma de agora deu continuidade ao projeto, pois nos apegamos e queremos ver ir cada vez mais longe o sonho que nasceu com a gente”, declara Gabriel.

As novidades desta segunda turma você confere nos próximos dias.

Por Adriana Aires e Fabian Lisboa para a disciplina de Jornalismo Online

LEIA TAMBÉM

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Post produzido pela primeira equipe da fanpage para o Dia dos Namorados
Post produzido pela primeira equipe da fanpage para o Dia dos Namorados

A contemplação das coisas belas da vida nem sempre é possível em meio à correria diária, mas uma turma de Jornalismo do Centro Universitário Franciscano, dentro da disciplina de Jornalismo Online, no primeiro semestre de 2015, fez as coisas mudarem. Uma janela e um olhar mais observador foram capazes de oportunizar histórias inesquecíveis.

Tudo teve início, de acordo com a estudante Natália Librelotto, quando se percebeu que um dos hábitos dos universitários era contemplar o pôr do sol, através das janelas do prédio 14, e eternizar o momento com fotografias. Ao observar a timeline do Facebook com as inúmeras fotos, o professor Mauricio Dias teve a ideia de convidar a turma para fazer a página Pôr do Sol do Rosário.

O objetivo inicial era chamar a atenção das pessoas que frequentavam o bairro para que também contemplassem o céu. A turma foi dividida em pequenos grupos e todos tinham funções, para que houvesse uma melhor administração da página.

Eu era a encarregada de ir para rua e conhecer os moradores mais antigos do Rosário, suas histórias de vida no bairro. Era preciso saber o que trouxe aquela pessoa para morar ali, como era a rotina, as histórias, curiosidades e se os moradores costumavam contemplar o poente do sol”, declara Natália.

Outra tarefa primordial aos estudantes era a manutenção da página e para isso o trabalho sempre foi em equipe, sendo que alguns alunos faziam as primeiras fotos e os cartazes. Outros ficaram encarregados de responder as mensagens e fazer os vídeos.

Todos ajudaram a chamar os ‘curtidores’, convidando os amigos do facebook. Foi uma experiência muito válida”, diz Natália.

A estudante Amanda Souza salienta que fazia pequenas reportagens com os moradores da redondeza. “Eu perguntava o que eles achavam do pôr do sol do Rosário e o que admiravam. Foi muito bom fazer este trabalho, tanto pelas histórias que conheci e pelas tarefas, pois é glorioso divulgar a vida de pessoas tão próximas à Unifra e que não conhecíamos”.

Já o estudante Gabriel Haesbaert tinha a função das criações e artes gráficas. “Sempre admirei o entardecer do Rosário e fiz muitas fotos, na hora que surgiu o projeto topamos na hora”.

A turma era composta dos estudantes: Natália Librelotto, Rodrigo Ledel, Bernardo Mayer Steckel, Gabriel Haesbaert, Joana Camargo Günther, Victória Luiza, Amanda Souza, Manuela Mezomo Fantinel, Mateus Ferreira, Dara Luiza Hamann, Arcéli Ramos, Willian Ignácio e Karen Rosso.

Agora no segundo semestre, outra turma assumiu os trabalhos e continua na função de descobrir o que o Rosário tem.

Achei legal que a turma de agora deu continuidade ao projeto, pois nos apegamos e queremos ver ir cada vez mais longe o sonho que nasceu com a gente”, declara Gabriel.

As novidades desta segunda turma você confere nos próximos dias.

Por Adriana Aires e Fabian Lisboa para a disciplina de Jornalismo Online