Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

10º Prêmio de Publicidade tem como tema Pokémon GO

A 10ª edição do Prêmio Universitário de Publicidade, que foi realizado na sexta-feira (18) no Centro Universitário Franciscano, teve como tema o jogo Pokémon GO que chegou ao Brasil em agosto. Os alunos organizadores contam que a ideia surgiu antes mesmo do jogo ser lançado no país e que estavam acompanhando a repercussão no exterior. Eles acharam interessante trazer essa experiência para o prêmio na instituição, também por um dos pontos de encontro dos jogadores ser em frente ao Conjunto III.

Fizeram a ligação do jogo com o universo universitário juntando evolução do treinador Pokémon com a do acadêmico durante o curso. As batalhas publicitárias são a referência às batalhas Pokémon, assim como os ginásios são as categorias dos prêmios. Também destacaram a ligação de Pokémon GO ser um jogo de realidade aumentada e a Publicidade ser uma área que trabalha com a tecnologia o tempo todo.

No jogo há os Pokémons raros e os organizadores criaram o deles, um galo chamado Rooster, que representa o prêmio principal, para que os alunos fossem capturá-lo com suas pokébolas. Nessa mesma lógica, houve o professor Carvalho no jogo, representando o mestre que ensina e orienta a todos.

Os organizadores afirmaram que a campanha desta edição foi uma das de maior repercussão, chegando a 144 trabalhos inscritos, número superior ao do ano passado. Acredita-se que isso seja em virtude do jogo ter origem de um desenho da geração passada, que cativou tanto pessoas na faixa etária dos universitários, quanto dos donos de agências.

Por Ariadne Marin e Bibiana Rigão para a disciplina de Jornalismo I

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

A 10ª edição do Prêmio Universitário de Publicidade, que foi realizado na sexta-feira (18) no Centro Universitário Franciscano, teve como tema o jogo Pokémon GO que chegou ao Brasil em agosto. Os alunos organizadores contam que a ideia surgiu antes mesmo do jogo ser lançado no país e que estavam acompanhando a repercussão no exterior. Eles acharam interessante trazer essa experiência para o prêmio na instituição, também por um dos pontos de encontro dos jogadores ser em frente ao Conjunto III.

Fizeram a ligação do jogo com o universo universitário juntando evolução do treinador Pokémon com a do acadêmico durante o curso. As batalhas publicitárias são a referência às batalhas Pokémon, assim como os ginásios são as categorias dos prêmios. Também destacaram a ligação de Pokémon GO ser um jogo de realidade aumentada e a Publicidade ser uma área que trabalha com a tecnologia o tempo todo.

No jogo há os Pokémons raros e os organizadores criaram o deles, um galo chamado Rooster, que representa o prêmio principal, para que os alunos fossem capturá-lo com suas pokébolas. Nessa mesma lógica, houve o professor Carvalho no jogo, representando o mestre que ensina e orienta a todos.

Os organizadores afirmaram que a campanha desta edição foi uma das de maior repercussão, chegando a 144 trabalhos inscritos, número superior ao do ano passado. Acredita-se que isso seja em virtude do jogo ter origem de um desenho da geração passada, que cativou tanto pessoas na faixa etária dos universitários, quanto dos donos de agências.

Por Ariadne Marin e Bibiana Rigão para a disciplina de Jornalismo I