Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Atuações que comunicam e emocionam

A literatura infantil sempre esteve e está presente em nossas vidas muito antes da leitura e da escrita verbal, seja por meio de cantigas de ninar, brincadeiras ou das contações de histórias realizadas por familiares. Porém, de acordo com a psicopedagoga Inara Silva, é quando os pequenos chegam na escola que a literatura passa a ter o poder de construir uma ligação lúdica entre o mundo da imaginação, símbolos subjetivos, e o mundo da escrita, dos signos convencionais impostos pela cultura sistematizada.

A magia e o encantamento de histórias infantis seduzem a qualquer um, e é pensando desta forma que o Grupo Saca-Rolhas Teatro & Cia se faz presente, mais uma vez, na Feira do Livro de Santa Maria 2016. O Saca-Rolhas traz para a praça Saldanha Marinho um grupo com profissionais das artes cênicas que, há mais de dez anos, faz parte da história do entretenimento e da cultura de Santa Maria e região. O grupo foi criado em 1999, a partir da necessidade de profissionalizar a presença dos artistas cênicos no mercado de trabalho teatral da cidade. Fundando por Jader Guterres, na época ainda estudante de Artes Cênicas da Universidade Federal de Santa Maria, o Saca-Rolhas Teatro & Cia se fundamentou com a união de Denise Copetti, Luciano Gabbi e Camila Borges, preenchendo a demanda do mercado. Consequentemente, a partir daí, os artistas puderam trilhar suas próprias histórias no cenário cultural. Com o passar do tempo, a empresa se solidificou no mercado e começou a ser muito admirada por clientes e colegas das artes, tornando-se referência em teatro e prestação de serviços artísticos na região central do Estado.

01
Apresentação do grupo Saca Rolhas (Foto: Roger Haeffner/Laboratório de Fotografia e Memória)

Jader destaca a recente presença de mais dois integrantes no grupo, Renata Quartiero e Régis D’Ávila. Para ele, o trabalho da companhia consiste em criar, encenar e contar histórias, a fim de entreter e levar alegria aos espectadores, sejam eles crianças, adultos ou idosos. “Cada pessoa tem uma reação e nós, que estamos no palco, sentimos a energia de cada um. É desta forma que, através das reações, podemos incrementar a história para prender mais a atenção do espectador”, ele comenta. Para o fundador da Companhia Saca-Rolhas, “em cada contação de histórias na Feira do Livro de Santa Maria, não há coisa melhor do que ver as expressões de cada um que está assistindo atentamente cada movimento do artista”. Ele acredita que esse é o melhor retorno que um artista pode ter de seu público.

Depois de assistir a uma das contações do Grupo Saca-Rolhas, a pequena Mariana Erbert, de 10 anos, disse ter entendido muito bem a história, que até a fez se encantar. “De uma forma divertida e engraçada, eles contam diversas histórias, e o mais legal é que eles expressam o que estão contando”, declarou a estudante, a propósito da riqueza visual da apresentação. A professora da Escola Estadual de Educação Básica João XXIII, de São João do Polêsine, Elaine Binoto Fagan, afirma que para as crianças que não tem o hábito de pegar um livro para ler, “esse contato com histórias diversas, que são contadas em forma de teatro, é algo que chama a atenção dos pequenos, os envolve, e isso é ótimo”, conclui.

O Grupo Saca-Rolhas Teatro & Cia transmite alegria em suas histórias e encenações e desperta sentimentos em qualquer pessoa que esteja assistindo. O teatro funciona como uma ferramenta educadora que auxilia na formação cultural, fazendo com que o espectador seja transportado para uma atmosfera lúdica, estimulando tanto o desenvolvimento pessoal, quanto a habilidade social.

Carolina Busatto Teixeira para a disciplina de Jornalismo Especializado I

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

A literatura infantil sempre esteve e está presente em nossas vidas muito antes da leitura e da escrita verbal, seja por meio de cantigas de ninar, brincadeiras ou das contações de histórias realizadas por familiares. Porém, de acordo com a psicopedagoga Inara Silva, é quando os pequenos chegam na escola que a literatura passa a ter o poder de construir uma ligação lúdica entre o mundo da imaginação, símbolos subjetivos, e o mundo da escrita, dos signos convencionais impostos pela cultura sistematizada.

A magia e o encantamento de histórias infantis seduzem a qualquer um, e é pensando desta forma que o Grupo Saca-Rolhas Teatro & Cia se faz presente, mais uma vez, na Feira do Livro de Santa Maria 2016. O Saca-Rolhas traz para a praça Saldanha Marinho um grupo com profissionais das artes cênicas que, há mais de dez anos, faz parte da história do entretenimento e da cultura de Santa Maria e região. O grupo foi criado em 1999, a partir da necessidade de profissionalizar a presença dos artistas cênicos no mercado de trabalho teatral da cidade. Fundando por Jader Guterres, na época ainda estudante de Artes Cênicas da Universidade Federal de Santa Maria, o Saca-Rolhas Teatro & Cia se fundamentou com a união de Denise Copetti, Luciano Gabbi e Camila Borges, preenchendo a demanda do mercado. Consequentemente, a partir daí, os artistas puderam trilhar suas próprias histórias no cenário cultural. Com o passar do tempo, a empresa se solidificou no mercado e começou a ser muito admirada por clientes e colegas das artes, tornando-se referência em teatro e prestação de serviços artísticos na região central do Estado.

01
Apresentação do grupo Saca Rolhas (Foto: Roger Haeffner/Laboratório de Fotografia e Memória)

Jader destaca a recente presença de mais dois integrantes no grupo, Renata Quartiero e Régis D’Ávila. Para ele, o trabalho da companhia consiste em criar, encenar e contar histórias, a fim de entreter e levar alegria aos espectadores, sejam eles crianças, adultos ou idosos. “Cada pessoa tem uma reação e nós, que estamos no palco, sentimos a energia de cada um. É desta forma que, através das reações, podemos incrementar a história para prender mais a atenção do espectador”, ele comenta. Para o fundador da Companhia Saca-Rolhas, “em cada contação de histórias na Feira do Livro de Santa Maria, não há coisa melhor do que ver as expressões de cada um que está assistindo atentamente cada movimento do artista”. Ele acredita que esse é o melhor retorno que um artista pode ter de seu público.

Depois de assistir a uma das contações do Grupo Saca-Rolhas, a pequena Mariana Erbert, de 10 anos, disse ter entendido muito bem a história, que até a fez se encantar. “De uma forma divertida e engraçada, eles contam diversas histórias, e o mais legal é que eles expressam o que estão contando”, declarou a estudante, a propósito da riqueza visual da apresentação. A professora da Escola Estadual de Educação Básica João XXIII, de São João do Polêsine, Elaine Binoto Fagan, afirma que para as crianças que não tem o hábito de pegar um livro para ler, “esse contato com histórias diversas, que são contadas em forma de teatro, é algo que chama a atenção dos pequenos, os envolve, e isso é ótimo”, conclui.

O Grupo Saca-Rolhas Teatro & Cia transmite alegria em suas histórias e encenações e desperta sentimentos em qualquer pessoa que esteja assistindo. O teatro funciona como uma ferramenta educadora que auxilia na formação cultural, fazendo com que o espectador seja transportado para uma atmosfera lúdica, estimulando tanto o desenvolvimento pessoal, quanto a habilidade social.

Carolina Busatto Teixeira para a disciplina de Jornalismo Especializado I