Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Alunos de Jornalismo Digital cobrem Jornada Científica

Jornada Científica de Jornalismo é a atividade em que alunos graduandos apresentam suas propostas de TFG ao público e ao corpo docente do curso. Além disso, na segunda noite da jornada, também foi uma oportunidade dos alunos da cadeira de Jornalismo Digital I, ministrada pelo professor Mauricio Dias, trabalharem com cobertura jornalística, muitos pela primeira vez. Na primeira noite, o Laboratório de Jornalismo Multimídia (Multijor) também postou sobre a atividade no Facebook e no Instagram.

Instagram do Multijor mostrou bastidores da cobertura, como o trabalho de Raíssa Eduarda para o Facebook
Instagram do Multijor mostrou bastidores da cobertura, como o trabalho de Raíssa Eduarda para o Facebook

As explanações dos sete trabalhos da segunda noite começaram por volta das 18h50. Entre os presentes, 34 estudantes envolvidos com apuração de informações, entrevistas, fotografias e cobertura via mídias sociais. Na visão do acadêmico Leonardo Machado, 19 anos, responsável pela cobertura pelo Twitter, ao lado de João Martins, a experiência foi muito válida. “Foi muito legal, pois nunca tinha utilizado o Twitter. Foi uma experiência nova e desafiadora fazer a cobertura em tempo real”, contou o jovem.

A atividade, que seguiu até 20h30, contou com estudantes em busca de informações, a partir do acompanhamento do evento e de entrevistas com os graduandos e com os professores, registros fotográficos e postagens para mídias sociais. Além dos alunos de Jornalismo Digital I, a Agência CentralSul, coordenada pela professora Rosana Zucolo, e o Laboratório de Fotografia e Memória (LABFEM), coordenado pela professora Laura Fabrício, atuaram de forma integrada.

Entre os estudantes que acompanharam a cobertura, Felipe Monteiro, 23 anos, avaliou positivamente. “O trabalho deles foi impressionante. A cobertura ocorreu por todas as formas de mídia, Facebook, Twitter e Instagram. Foi realmente algo divertido ver amigos e colegas investidos em algo real”, comentou.

Germano Rorato Neto e Lucas Ciroline foram os responsáveis pelas postagens no Instagram do Multijor
Germano Rorato Neto e Lucas Ciroline foram os responsáveis pelas postagens no Instagram do Multijor na segunda noite de jornada

Também foi visto como uma experiência empolgante pelos acadêmicos Lucas Cirolini, 21, e Raíssa Eduarda, 20, que atuaram, respectivamente, nas coberturas pelo Instagram e pelo Facebook. Lucas avaliou que a cobertura foi “algo muito legal, diferente e muito interessante para nossa cadeira. Afinal precisávamos tirar fotos, usar hashtags e buscar ideias para algo novo”. Enquanto Raíssa salientou que “no começo fiquei assustada e achei que não ia dar certo. Mas depois peguei o jeito e ocorreu tudo bem”. Assim evidenciam os anseios e objetivos das futuras mentes do jornalismo brasileiro que no dia, fizeram a atividade, com sucesso.

Texto: Lorenzo Seixas e Luís Ricardo Kaufmann para a disciplina Jornalismo Digital I

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Jornada Científica de Jornalismo é a atividade em que alunos graduandos apresentam suas propostas de TFG ao público e ao corpo docente do curso. Além disso, na segunda noite da jornada, também foi uma oportunidade dos alunos da cadeira de Jornalismo Digital I, ministrada pelo professor Mauricio Dias, trabalharem com cobertura jornalística, muitos pela primeira vez. Na primeira noite, o Laboratório de Jornalismo Multimídia (Multijor) também postou sobre a atividade no Facebook e no Instagram.

Instagram do Multijor mostrou bastidores da cobertura, como o trabalho de Raíssa Eduarda para o Facebook
Instagram do Multijor mostrou bastidores da cobertura, como o trabalho de Raíssa Eduarda para o Facebook

As explanações dos sete trabalhos da segunda noite começaram por volta das 18h50. Entre os presentes, 34 estudantes envolvidos com apuração de informações, entrevistas, fotografias e cobertura via mídias sociais. Na visão do acadêmico Leonardo Machado, 19 anos, responsável pela cobertura pelo Twitter, ao lado de João Martins, a experiência foi muito válida. “Foi muito legal, pois nunca tinha utilizado o Twitter. Foi uma experiência nova e desafiadora fazer a cobertura em tempo real”, contou o jovem.

A atividade, que seguiu até 20h30, contou com estudantes em busca de informações, a partir do acompanhamento do evento e de entrevistas com os graduandos e com os professores, registros fotográficos e postagens para mídias sociais. Além dos alunos de Jornalismo Digital I, a Agência CentralSul, coordenada pela professora Rosana Zucolo, e o Laboratório de Fotografia e Memória (LABFEM), coordenado pela professora Laura Fabrício, atuaram de forma integrada.

Entre os estudantes que acompanharam a cobertura, Felipe Monteiro, 23 anos, avaliou positivamente. “O trabalho deles foi impressionante. A cobertura ocorreu por todas as formas de mídia, Facebook, Twitter e Instagram. Foi realmente algo divertido ver amigos e colegas investidos em algo real”, comentou.

Germano Rorato Neto e Lucas Ciroline foram os responsáveis pelas postagens no Instagram do Multijor
Germano Rorato Neto e Lucas Ciroline foram os responsáveis pelas postagens no Instagram do Multijor na segunda noite de jornada

Também foi visto como uma experiência empolgante pelos acadêmicos Lucas Cirolini, 21, e Raíssa Eduarda, 20, que atuaram, respectivamente, nas coberturas pelo Instagram e pelo Facebook. Lucas avaliou que a cobertura foi “algo muito legal, diferente e muito interessante para nossa cadeira. Afinal precisávamos tirar fotos, usar hashtags e buscar ideias para algo novo”. Enquanto Raíssa salientou que “no começo fiquei assustada e achei que não ia dar certo. Mas depois peguei o jeito e ocorreu tudo bem”. Assim evidenciam os anseios e objetivos das futuras mentes do jornalismo brasileiro que no dia, fizeram a atividade, com sucesso.

Texto: Lorenzo Seixas e Luís Ricardo Kaufmann para a disciplina Jornalismo Digital I