Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Vestibular Unifra 2017: como manter a calma antes e durante a prova

Preparação para o vestibular deve ser planejada para que candidato não fique sobrecarregado

O vestibular de Verão 2017 do Centro Universitário Franciscano está com data marcada para o dia 28, das 14h às 18h. Serão ofertadas 1.280 vagas em 30 cursos de graduação. No momento da inscrição, o candidato pode escolher duas opções de curso. A prova terá 50 questões objetivas, sendo 5 de cada disciplina, além da questão de redação. Todas as informações sobre o Vestibular, como ponto de corte, gabarito e listão, podem ser acessadas também pelo aplicativo Guia do Vestibulando, disponível de forma gratuita em dispositivos Windows, Android e IOS.

Com a data cada vez mais próxima, aumenta a tensão entre os vestibulandos. Pensando nisso, buscamos orientações e dicas com profissionais para ajudar a amenizar o nervosismo e a ansiedade provocados pelo processo seletivo.

De acordo com Mariane Lazzari Flores, coordenadora das turmas de Medicina e professora de redação de  um pré-vestibular, as dicas para antes da prova são: continuar tendo contato com os conteúdos vistos sem virar noites, não tentar aprender em pouco tempo o que não aprendeu ao longo do ano e revisar provas anteriores. A professora ainda reforça que a rotina de sono e estudos diários deve continuar a mesma.

Ela acredita ainda que o maior medo dos vestibulandos é o de não conseguir a vaga. Mas, nesse momento, o importante é confiar na sabedoria e nos conhecimentos adquiridos ao longo do ano. Outro fator importante é a comunicação com professores, profissionais que têm experiência no processo e que podem ajudar na estabilidade emocional dos alunos. “Eu converso com muitos deles, sobretudo porque muitos alunos não moram com as famílias aqui em Santa Maria, então eles encontram nos professores do cursinho aquele abraço que, às vezes, precisam”, completa Mariane.

Segundo Bárbara Medeiros, psicóloga especializada em crianças e adolescentes do Centro Clínico de Estudos em Psicologia e Neurociências, hoje em dia os alunos saem cada vez mais cedo das escolas, são adolescentes e já estão naquele desespero para ingressar numa faculdade, quando na verdade isso não é um divisor de águas. “Às vezes, eles não têm certeza do que querem cursar, porque com 17, 18 anos, o jovem ainda está em um mundo deslumbrado e acaba cedendo por pressão da família”.

    Para ela, o auxílio psicológico ajuda o vestibulando a conseguir controlar a ansiedade na hora da prova. O que justifica isso é um grande índice de reprovação nas provas de vestibular, não por causa da falta de estudos, mas sim pela dificuldade em não conseguir controlar a ansiedade. “É um problema que bloqueia o pensamento na hora, pois o aluno fica pensando que tem que ser aprovado ou o que vai acontecer se não for aprovado, na possibilidade de ter que fazer mais um ano de cursinho”. Com orientação de um profissional, o aluno consegue ter clareza sobre o que realmente quer fazer naquele momento e, assim, vai estar mais preparado e terá tranquilidade para realizar a prova.

Na hora da prova

  • Procurar fazer primeiramente as questões que sabe, não perder tempo naquelas que está com dificuldade para realizar, passe adiante e faça todas as que sabe e depois, com mais calma, volte àquelas que não conseguiu fazer.
  • Começar pela redação é uma dica para conseguir organizar melhor seu tempo para realizar as outras questões, pois essa etapa da prova exige mais tempo e concentração.
  • Depois de terminar a avaliação, revise tudo desde o início, leia o enunciado novamente e verifique sua resposta.
  • Certifique-se de que marcou a mesma letra tanto na prova quanto no cartão resposta, nesse momento é importante ter muita atenção.

 

Dicas de rotina

  • Focar nos conteúdos que sabe, não procurar ir atrás daquilo que não sabe, pois isso vai gerar uma ansiedade muito grande quando ficar pensando que de repente aquele conteúdo vai aparecer na prova.
  • Ter uma boa noite de sono, dormir em média 8 horas.
  • Ingerir água antes e durante a prova, pois é uma bebida muito importante para oxigenar o cérebro.
  • Se tiver o hábito, seguir com a rotina de exercícios físicos.
  • Fazer alguns minutos de meditação para se concentrar, ter atenção voltada a si mesmo, visualizar o que quer, escutar uma música relaxante.

Por Dara Silva, Luísa Peixoto, Milena Camillo e Milena Dias para o Jornal Abra

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preparação para o vestibular deve ser planejada para que candidato não fique sobrecarregado

O vestibular de Verão 2017 do Centro Universitário Franciscano está com data marcada para o dia 28, das 14h às 18h. Serão ofertadas 1.280 vagas em 30 cursos de graduação. No momento da inscrição, o candidato pode escolher duas opções de curso. A prova terá 50 questões objetivas, sendo 5 de cada disciplina, além da questão de redação. Todas as informações sobre o Vestibular, como ponto de corte, gabarito e listão, podem ser acessadas também pelo aplicativo Guia do Vestibulando, disponível de forma gratuita em dispositivos Windows, Android e IOS.

Com a data cada vez mais próxima, aumenta a tensão entre os vestibulandos. Pensando nisso, buscamos orientações e dicas com profissionais para ajudar a amenizar o nervosismo e a ansiedade provocados pelo processo seletivo.

De acordo com Mariane Lazzari Flores, coordenadora das turmas de Medicina e professora de redação de  um pré-vestibular, as dicas para antes da prova são: continuar tendo contato com os conteúdos vistos sem virar noites, não tentar aprender em pouco tempo o que não aprendeu ao longo do ano e revisar provas anteriores. A professora ainda reforça que a rotina de sono e estudos diários deve continuar a mesma.

Ela acredita ainda que o maior medo dos vestibulandos é o de não conseguir a vaga. Mas, nesse momento, o importante é confiar na sabedoria e nos conhecimentos adquiridos ao longo do ano. Outro fator importante é a comunicação com professores, profissionais que têm experiência no processo e que podem ajudar na estabilidade emocional dos alunos. “Eu converso com muitos deles, sobretudo porque muitos alunos não moram com as famílias aqui em Santa Maria, então eles encontram nos professores do cursinho aquele abraço que, às vezes, precisam”, completa Mariane.

Segundo Bárbara Medeiros, psicóloga especializada em crianças e adolescentes do Centro Clínico de Estudos em Psicologia e Neurociências, hoje em dia os alunos saem cada vez mais cedo das escolas, são adolescentes e já estão naquele desespero para ingressar numa faculdade, quando na verdade isso não é um divisor de águas. “Às vezes, eles não têm certeza do que querem cursar, porque com 17, 18 anos, o jovem ainda está em um mundo deslumbrado e acaba cedendo por pressão da família”.

    Para ela, o auxílio psicológico ajuda o vestibulando a conseguir controlar a ansiedade na hora da prova. O que justifica isso é um grande índice de reprovação nas provas de vestibular, não por causa da falta de estudos, mas sim pela dificuldade em não conseguir controlar a ansiedade. “É um problema que bloqueia o pensamento na hora, pois o aluno fica pensando que tem que ser aprovado ou o que vai acontecer se não for aprovado, na possibilidade de ter que fazer mais um ano de cursinho”. Com orientação de um profissional, o aluno consegue ter clareza sobre o que realmente quer fazer naquele momento e, assim, vai estar mais preparado e terá tranquilidade para realizar a prova.

Na hora da prova

  • Procurar fazer primeiramente as questões que sabe, não perder tempo naquelas que está com dificuldade para realizar, passe adiante e faça todas as que sabe e depois, com mais calma, volte àquelas que não conseguiu fazer.
  • Começar pela redação é uma dica para conseguir organizar melhor seu tempo para realizar as outras questões, pois essa etapa da prova exige mais tempo e concentração.
  • Depois de terminar a avaliação, revise tudo desde o início, leia o enunciado novamente e verifique sua resposta.
  • Certifique-se de que marcou a mesma letra tanto na prova quanto no cartão resposta, nesse momento é importante ter muita atenção.

 

Dicas de rotina

  • Focar nos conteúdos que sabe, não procurar ir atrás daquilo que não sabe, pois isso vai gerar uma ansiedade muito grande quando ficar pensando que de repente aquele conteúdo vai aparecer na prova.
  • Ter uma boa noite de sono, dormir em média 8 horas.
  • Ingerir água antes e durante a prova, pois é uma bebida muito importante para oxigenar o cérebro.
  • Se tiver o hábito, seguir com a rotina de exercícios físicos.
  • Fazer alguns minutos de meditação para se concentrar, ter atenção voltada a si mesmo, visualizar o que quer, escutar uma música relaxante.

Por Dara Silva, Luísa Peixoto, Milena Camillo e Milena Dias para o Jornal Abra