Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Curtas-metragens produzidos na UFN concorrem ao troféu Vento Norte

Ainda há tempo para assistir os curta metragens que concorrem competem nas mostras Fundação Eny de Curtas-Metragens Brasileiros e Sinprosm de Curtas-Metragens de Santa Maria e Região no 14º Santa Maria Vídeo e Cinema. Eles estão disponíveis no  site www.smvc.com.br até as 23h59min de hoje, sexta-feira, 17, e concorrem nas categorias técnicas e disputam o prêmio do júri popular.

Entre os curtas concorrentes estão seis produções de alunos e ex-alunos da Universidade Franciscana, realizadas nos cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda, e na pós-graduação em Cinema. São eles:

Olhares do Rosário, documentário produzido em 2019 na disciplina de Cinema II do curso de Jornalismo,  e traz os diferentes olhares que refletem a memória e a trajetória do bairro Rosário, dirigido por Gabriele Bordin, Guilherme Superti, Milena Bittencourt e Tiago Teixeira.

Também na disciplina de Cinema II estão os curtas ficcionais A Visita, dirigido por Pietro de Athayde Gonçalves (2019) que narra a visita recebida por uma costureira, de uma velha conhecida e a nora desta, que está para se casar. A dupla contrata a tecelã para confeccionar o vestido do casamento. Por suas diferenças de idade e crença, as mulheres entram em um debate ideológico que permanece em constante empate dada a falta de voz da noiva.

Em ¼ de Memória dirigido por Natália Venturini ( 2019) uma carcereira trava um jogo de estratégia com sua prisioneira. Memórias, traumas e tabus se entrecruzam entre as grades da cela e o tabuleiro de xadrez, enquanto uma busca encontrar a outra para se libertar.

O curta Magnum Opus (Ficção, 2019), dirigido por Argos Miron, foi produzido na disciplina de Produção Audiovisual I, e conta história do artista Thomas que nunca deixou de buscar inspiração, independentemente das suas fontes. Na sua busca por uma cor mais vibrante em suas obras, porque o pigmento vermelho que ele usava não era o ideal para o contraste que buscava, descobre durante um surto, que a cor do sangue vivo era o que faltava para suas obras ficarem completas.

Todos concorrem ao Troféu Vento Norte e foram produzidos com apoio do LabSeis da UFN.

Já a ficção Beira-Mar (2020) dirigido por Pedro Pellegrini, foi produzido no curso de pós-graduação em Cinema da UFN, e traz o dilema de uma garota que  tem o carro quebrado durante uma viagem, e vai se deparar com três estranhos que podem conhecê-la melhor do que ela imagina. Embora as três pessoas tenham personalidades distintas, todas elas têm um aviso em comum: a garota precisa consertar o carro e seguir viagem antes que o dia termine, ou sua vida estará em risco.

A pós-graduação em Cinema traz ainda o documentário Um oito sete, dirigido por Daiana Schneider Vieira (2020) que aborda as desigualdades sociais e econômicas a partir do questionamento “O que você faria com R$ 187,00?”

O SMVC encerra amanhã. Ainda é possível votar nos seus curtas prediletos aqui: https://smvc14.com.br/votos

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ainda há tempo para assistir os curta metragens que concorrem competem nas mostras Fundação Eny de Curtas-Metragens Brasileiros e Sinprosm de Curtas-Metragens de Santa Maria e Região no 14º Santa Maria Vídeo e Cinema. Eles estão disponíveis no  site www.smvc.com.br até as 23h59min de hoje, sexta-feira, 17, e concorrem nas categorias técnicas e disputam o prêmio do júri popular.

Entre os curtas concorrentes estão seis produções de alunos e ex-alunos da Universidade Franciscana, realizadas nos cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda, e na pós-graduação em Cinema. São eles:

Olhares do Rosário, documentário produzido em 2019 na disciplina de Cinema II do curso de Jornalismo,  e traz os diferentes olhares que refletem a memória e a trajetória do bairro Rosário, dirigido por Gabriele Bordin, Guilherme Superti, Milena Bittencourt e Tiago Teixeira.

Também na disciplina de Cinema II estão os curtas ficcionais A Visita, dirigido por Pietro de Athayde Gonçalves (2019) que narra a visita recebida por uma costureira, de uma velha conhecida e a nora desta, que está para se casar. A dupla contrata a tecelã para confeccionar o vestido do casamento. Por suas diferenças de idade e crença, as mulheres entram em um debate ideológico que permanece em constante empate dada a falta de voz da noiva.

Em ¼ de Memória dirigido por Natália Venturini ( 2019) uma carcereira trava um jogo de estratégia com sua prisioneira. Memórias, traumas e tabus se entrecruzam entre as grades da cela e o tabuleiro de xadrez, enquanto uma busca encontrar a outra para se libertar.

O curta Magnum Opus (Ficção, 2019), dirigido por Argos Miron, foi produzido na disciplina de Produção Audiovisual I, e conta história do artista Thomas que nunca deixou de buscar inspiração, independentemente das suas fontes. Na sua busca por uma cor mais vibrante em suas obras, porque o pigmento vermelho que ele usava não era o ideal para o contraste que buscava, descobre durante um surto, que a cor do sangue vivo era o que faltava para suas obras ficarem completas.

Todos concorrem ao Troféu Vento Norte e foram produzidos com apoio do LabSeis da UFN.

Já a ficção Beira-Mar (2020) dirigido por Pedro Pellegrini, foi produzido no curso de pós-graduação em Cinema da UFN, e traz o dilema de uma garota que  tem o carro quebrado durante uma viagem, e vai se deparar com três estranhos que podem conhecê-la melhor do que ela imagina. Embora as três pessoas tenham personalidades distintas, todas elas têm um aviso em comum: a garota precisa consertar o carro e seguir viagem antes que o dia termine, ou sua vida estará em risco.

A pós-graduação em Cinema traz ainda o documentário Um oito sete, dirigido por Daiana Schneider Vieira (2020) que aborda as desigualdades sociais e econômicas a partir do questionamento “O que você faria com R$ 187,00?”

O SMVC encerra amanhã. Ainda é possível votar nos seus curtas prediletos aqui: https://smvc14.com.br/votos