Bio-construção: novo modelo arquitetônico


Por Agência CentralSul de Notícias

 

 O segundo dia do V Fórum de Arquitetura e Urbanismo teve a continuação do minicurso Canteiro Experimental de Bio-construção: construção de um espaço utilizando princípios de sustentabilidade. A aula foi ministrada pelo permacultor João Rockett, que mostrou aos acadêmicos a técnica super adobe, que utiliza a terra crua como suporte na construção.

 O palestrante é diretor da Instituição de Permacultura e Ecovilas do Pampa (Ipep), responsável pelo desenvolvimento de vários projetos na área, com sede em Bagé. Segundo Rockett, há casas populares, alojamentos, muros e áreas de redenção de água construída por meio desse método. A técnica pode ser utilizada na maior parte do solo brasileiro e é também de aplicação rápida no processo de construção.

A técnica foi desenvolvida pelo arquiteto iraniano, Nader Caline, que mora na Califórnia. O material necessário para fazer a bioconstrução é terra, saco e cimento para o reboco. No primeiro instante, é feito a terraplanagem, marcando o local para, depois, iniciar a montagem dos sacos e a colocação da terra. No término, o material é achatado, dando-se forma às paredes, às janelas e portas que podem ser marcadas ou cortadas no final.

A arquitetura bioconstruída é muito usada nos Estados Unidos e Europa. No mundo inteiro, um terço da população vive em casas de terra e, aqui no Brasil, há apenas algumas casas e prédios.

 As técnicas de bioconstrução integram as práticas de permacultura, que visa o desenvolvimento de comunidades sustentáveis. Além disso, estimula a busca por soluções locais, a interdisciplinaridade e a diversidade produtiva, além do uso de energias limpas e renováveis e, ainda, aumentando o convívio harmônico com a natureza.

O objetivo da oficina foi mostrar os diferentes modelos de arquitetura para despertar o conhecimento e a cultura dos alunos para enfrentar esse novo paradigma.   

Fotos: Vinicius Freitas (Núcleo de Fotografia e Memória) 

Sobre o autor:

Agência CentralSul de Notícias

2 Comentários

  • lindomar
    13 mar 2013 | Permalink | Responder

    bom dia, pessoal, tudo bem? Sou Lindomar, vou construir minha casa de superadobe, estou reunindo material para planejar bem tudo. no momento estou informações sobre o reboco interno e externo. moro na cidade de curitiba paraná sul do brasil. um geralmente frio, úmido, com as chuvas, enfim….. como fazer um bom reboco externo? a pintura pode ser natural? as instalações eletricas e hidraulicas, como sao feitas exatamente, enfim, agradeço muito a atenção. email: lindomar101@hotmail.com telefone 41 9677-3865 felicidade a todos.

    • Rosana Cabral Zucolo
      21 mar 2013 | Permalink | Responder

      Lindomar, apenas noticiamos o sistema. Não temos como responder as suas questões. Tente contatar quem trabalha com o sistema de permeacultura.

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *