A primavera veio mais cedo


Por Gilvan Ribeiro

 

Foto: Pedro Henrique Pellegrini

Mas ‘’nem tudo são flores’’. A primavera traz consigo, além das belas paisagens, algumas doenças típicas dessa época do ano que causam muitos problemas à saúde. Devido ao pólen que se desprende das flores, muitas pessoas apresentam rinite alérgica. Coriza, espirro, coceira no nariz e sintomas de resfriado caracterizam a alergia. A poluição do ar agrava ainda mais os sintomas da doença. Casos de catapora e conjuntivite também costumam acontecer neste período do ano. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (0MS), de 10 a 20% da população mundial sofre de rinite alérgica na primavera.

Além dos transtornos à saúde, as doenças da primavera causam prejuízo no bolso. A procura por remédios para rinite e alergias teve um aumento de 40 % nas últimas semanas aqui em Santa Maria, segundo a farmacêutica Silvana Stefanelo. 

A primavera começa oficialmente dia 22 de setembro, confira algumas dicas do Ministério da Saúde que podem evitar o surgimento de alergias.

– Usar sabão neutro para lavar roupas e lençóis; 
– Manter o quarto arejado e limpo;
– Guardar brinquedos de pelúcia ou envolvê-los em plásticos transparentes;
– Limpe a casa com pano úmido;
– Elimine tapetes e carpetes da casa;
– Deixe o sol entrar em casa para eliminar os ácaros;
– Mantenha sempre as mãos limpas, evitando contato com os olhos.

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *