Recomendação cultural: “Hotel Ruanda”


Por Agência CentralSul de Notícias

 

“Acredito que a lição deixada por esse filme é a de que uma única pessoa, mesmo estando sozinha, com coragem e determinação, pode fazer grandes feitos, até mesmo lutar contra um grande genocídio”, comenta Helena Kruel, estudante do curso de Direito do Centro Universitário Franciscano.

Hotel_Rwanda_UK

Imagem: divulgação

O filme Hotel Ruanda se passa em 1994, mas ele abre os olhos da sociedade para um tema ainda muito atual e que poucas pessoas têm conhecimento. De acordo com Helena, o longa marcou, pois retrata com maestria uma história real de uma triste que realidade que vivemos.

A história é sobre um conflito político em Ruanda, que levou à morte de quase um milhão de pessoas em apenas cem dias. Sem apoio dos demais países, os ruandenses tiveram de buscar saídas em seu próprio cotidiano para sobreviver. Uma delas foi oferecida por Paul Rusesabagina (Don Cheadle), que era gerente do hotel Milles Collines, localizado na capital do país. Contando apenas com sua coragem, Paul abrigou no hotel mais de 1200 pessoas durante o conflito.

“Considero “Hotel Ruanda” um acréscimo cultural por mostrar ao mundo uma realidade impactante existente e comprovar que a humanidade precisa abrir seus olhos para o decadente futuro que caminha nesta busca frenética pelo sucesso individual, que acaba por destruir inúmeras vidas em todos os lugares em nome da ambição e egoísmo”, completou a estudante de Direito.

Confira o trailer do filme:

Sobre o autor:

Agência CentralSul de Notícias

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *