Um mundo sem jornalismo: o que você acharia?


Por Amanda Souza

 

Equipe da Agência Central Sul na redação. (Foto por: Viviane Campos)

Equipe da Agência Central Sul na redação.
(Foto por: Viviane Campos)

No Dia do Jornalista, 7 de abril, várias homenagens foram feitas aos transmissores de informação e formadores de opinião. Inúmeras imagens e frases de especialistas da área foram postadas nas redes sociais para parabenizar estudantes e jornalistas.
Então fomos perguntar aos estudantes de diversos cursos do Centro Universitário Franciscano como eles imaginam que seria o mundo sem o jornalismo.

“Seria uma coisa muito parada, muito sem graça. Por que a gente não saberia os acontecimentos ao redor do mundo”, disse Júlia Fagundes, estudante de Design.
Sua colega, Fernanda Kuhn, reforçou a ideia de alienação do mundo: não teria notícias, não teria jornal. As pessoas necessitam de informação, sentiríamos falta de conhecimento.

Eduarda Gindri, estudante de Direito e jornalista, relata que acredita que o mundo sem o jornalismo teria muito menos conhecimento sobre a nossa realidade e de lugares, contextos que estão aquém da nossa percepção. Muito da necessidade que hoje temos em comunicar não existiria, pois o jornalismo cria essa vontade de interagir e conhecer outros meios em que não estamos”, ela afirma.

Jéssica Oliveira, também estudante de Direito, acha que o mundo sem jornalismo seria completamente alienado e pacato, devido às dificuldades que nós teríamos de conhecer o diferente. Então é completamente necessário nós termos acesso às culturas, às questões históricas que o jornalismo nos traz.

Ana Carolina Bragança, acadêmica de Psicologia, imagina que seria um mundo sem informação. As pessoas não seriam informadas e não saberiam o que estão acontecendo. Seriam completamente alienadas.

Lucylle Ziegler, que cursa Nutrição: “os jornalistas nos deixam atualizados, nos situam no mundo. Seria mais difícil de a gente entender como está a situação atual do lugar onde vivemos”.

André Weber, psicologia, acredita que não existiria uma forma das pessoas pensarem. “O jornalismo é importante para as pessoas conhecerem os assuntos e terem uma opinião baseada nisso. O mundo seria caótico sem o jornalismo, pois as pessoas não conseguiriam o mínimo de ciência sobre os assuntos e pensar sobre as coisas”.
Seu colega Tiago Vargas, diz que sem o jornalismo as pessoas conviveriam baseadas nas suas próprias crenças, sem a informação certa: sem essa profissão nós seriamos menos sábios para conhecermos outras coisas ao redor do mundo.

João Paulo Hubner, também da psicologia relata: “acho que o mundo sem jornalismo seria desinformado nesse sistema de globalização e de informação em velocidade muito rápida. O jornalismo é importante para informar e conscientizar as pessoas sobre o que está acontecendo e tenham conhecimento da sua realidade atual”.

Evelyn Pipper, funcionária da livraria do Frade, acha que seria bem mais difícil da gente saber das coisas. “Por isso é importante o jornalismo, ele nos traz as informações de forma mais simples, mais fácil”.

Cyntia Visentini, estudante de Arquitetura, vê o Jornalismo como um portal que transmite e busca as informações. “Através dele que nos informamos. Seria um mundo bem diferente, não saberíamos o que está acontecendo do outro lado do país, do Estado, não teria conexão, ao mesmo que está acontecendo algo revolucionário em outro lugar poderia estar acontecendo uma seca enorme, nós não poderíamos ajudar uns aos outros. “É algo muito difícil de imaginar, é como um mundo sem luz”, sem o jornalismo, hoje, não haveria mudança, as ideias que mudam o mundo e que ajudam a solucionar os problemas são transmitidos pelos jornalistas.

Taciana Brackmann, estudante de Arquitetura, afirma que o jornalismo é um dos principais responsáveis pela manifestação de opinião de cada um, se não tivéssemos as mídias e o jornalismo, o povo não teria tanta força. “O jornalismo ajuda a divulgar e difundir tudo que acreditamos que seja necessário modificar”

Gabriel Cerve, acadêmico de Publicidade e Propaganda, fala que o mundo seria parado, hoje tudo é em volta da comunicação, sem ela não saberíamos nada, nada do que ocorre no mundo. Para Gabriel, o jornalista tem um papel fundamental porque se ele não existisse não teríamos nada de informação.

Lidiane Lima, que cursa arquitetura acredita que sem o jornalismo não nós saberíamos de tudo que acontece no mundo, não teríamos informação.

Por Amanda Souza e Arcéli Ramos

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *