Foi arrecadado no Presidente Vargas 1,5 mil para a Aisha


Por Luis Ricardo Kaufmann

 

Sábado, 19, por volta das 14h30, um jogo especial acontecia no estádio Presidente Vargas. As equipes sub-15 e sub- 17 do Inter/SM e Marítimo de Portugal proporcionaram aos torcedores dois jogos de futebol muito equilibrados. No entanto, mais importante que a competição dentro do gramado, foi o resultado fora dele. O jogo tinha um motivo especial,  – ajudar a Aisha Saldanha Marinho, de 1 ano e 8 meses que sofre de Atrofia Muscular ( MEI)  tipo 1, e precisa de um tratamento cujo valor chega a $3 milhões de reais.

Antes do jogo, um minuto de silêncio. Representantes da torcida da Fanáticos e as comissões técnicas do Inter/SM e do Marítimo se reuniram ao redor do circulo central do gramado, em respeito ao falecimento de Lucas Lima, ex -presidente da torcida do clube.

Foto: Assessoria de imprensa do Inter/SM

Dentro das quatro linhas, os jovens disputaram duas partidas com duração de 35 min cada tempo. A primeira terminou empatada em 1 x 1; já na segunda, o time Português levou a melhor e venceu por 2 x 0.

Lucas Fossati ao final da partida demonstrou-se surpreso com o desempenho do seu time. Na visão do comandante, a equipe conseguiu manter um estilo de jogo interessante ao tocar a bola e não sair no balão para o alto. Além disso, ele também elogiou a postura do Marítimo no decorrer das duas partidas.

Daniel Neves, coordenador técnico do Marítimo destacou as qualidades de sua equipe, e, principalmente, o entrosamento do seu time. Também salientou a importância do Inter/SM estar iniciando os trabalhos das categorias de base, e valorizou o desempenho da equipe diante do time colorado.

Com a a atenção redobrada para além do campo o pai de Aisha, Mateus Leonardo, se mostrou contente com a boa presença do público. “É muito importante a presença de todos”, afirmou.

No total as duas equipes arrecadaram R$1500 reais de lucro.

Primeiro jogo placar de 1 x 1

Gols:   Estevan (I) e Ângelo (M)

 Segundo jogo 2 x 0

Gols: Matheus e Lucas (M).

 

 

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *