Projeto do curso de Fisioterapia trabalha a autonomia de idosos


Por Luisa Peixoto

 

Atividades para idosos na Unifra. Foto: ASSECOM Unifra.

UNIFRA – Brilho nos olhos, gargalhadas e muita atividade física e cognitiva é o que se encontra na Dupla Tarefa com Idosos, do curso de Fisioterapia do Centro Universitário Franciscano. Na pesquisa “Qualidade de vida, mobilidade funcional, equilíbrio e autonomia no idoso: a influência das atividades de dupla-tarefa em grupos de convivência”, acadêmicos de diferentes semestres do curso desenvolvem atividades que são aplicadas em grupo de idosos. Entre os objetivos, estão desenvolvê-los física e mentalmente, além de trabalhar com a autonomia.

Sob supervisão das professoras Alethéia Peters Bajotto, Carla Giotto Mai, Jaqueline de Fátima Biazus, Lilian de Oliveira e Vivian da Pieve Antunes, os acadêmicos avaliam o perfil epidemiológico do grupo, os níveis de função, disfunção e qualidade de vida dos pacientes por meio de questionários e testes físicos. Além disso, é verificada a efetividade do treinamento da dupla tarefa no sistema motor e cognitivo dos idosos e o desenvolvimento psicológico moral dos participantes em relação ao nível de autonomia deles, medindo, assim, o risco de quedas. Depois de um tempo, as variáveis avaliadas são comparadas entre dois grupos: da fisioterapia convencional, realizada no solo, e da realizada em meio aquático, ou seja, na piscina do laboratório de Fisioterapia.

A ideia é que, depois de pelo menos três meses de atividades de Dupla Tarefa, as performances nos testes de cognição, equilíbrio, risco de quedas e qualidade de vida dos idosos apresentem melhores resultados. O envelhecimento da população é uma realidade mundial, decorrente da transição demográfica e epidemiológica que a humanidade atravessa. Nos idosos a execução de ações simultâneas está geralmente associada ao equilíbrio postural, favorecendo quedas nesta população quando há déficit. Por exemplo, atividades simples como caminhar e falar ao telefone, podem se tornar um desafio para os idosos.

As atividades melhoram autoestima e autonomia dos idosos. Foto: ASSECOM Unifra.

Quem desejar fazer parte do projeto pode comparecer em uma das aulas, que ocorrem nas terças e sextas-feiras, das 13h30min às 14h30min, no Laboratório de Ensino Prático (LEP), que fica no Conjunto III da Unifra. O grupo das atividades aquáticas não tem vagas para novos integrantes. O das atividades realizadas no solo estão recebendo novos voluntários. Os participantes devem ter 60 anos ou mais e não podem utilizar dispositivo auxiliar de marcha, como bengala, andador, cadeira de rodas, entre outros.

Fonte: ASSECOM Unifra.

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *