Uma Páscoa teatral na Unifra


Por Luis Ricardo Kaufmann

 

Sob o olhar dos acadêmicos e professores que circulavam no pátio do conjunto III do Centro Universitário Franciscano, o grupo de teatro Todos ao Palco, em parceria com o Ser Unifra se apresentou no dia 11 de abril, em comemoração à Páscoa. A apresentação começou as 18:30h, e, em apenas 12 minutos de encenação, os personagens conseguiram, de forma objetiva e interativa com o público abordar assuntos bem atuais, como relações interpessoais, solidariedade, respeito à natureza e diversidade.

Foto: Caroline Costa

Participaram da apresentação oito pessoas, dentre eles alunos da Unifra, Fadisma e UFSM. Ao total são 13 participantes do conjunto de teatro que existe há 5 anos, já foram realizadas peças, como Pedro o Viajante, que estará na Feira do Livro de 2017, como também Sonhos de William. Nessa apresentação, os atuantes mostraram a realidade em que se vivia em sociedade correlacionando com elementos  de Páscoa, como a partilha do pão e a limpeza dos pés.

Os nomes das personagens que entraram em ação na Unifra eram: Maria, Joana, Maurício e Patrícia. Lembrando que o teatro ocorreu também pela manhã das 9:20h às 9:35h. Felipe Monteiro, 24 anos, acadêmico do curso de Jornalismo que acompanhou o espetáculo, comenta “o teatro foi interessante, me tirou algumas curiosidades que eu tinha em relação a Páscoa, e deixou  uma mensagem de respeito ao próximo, que ao meu ver, é o verdadeiro sentido desta data”.

Carlos Alberto Badke, diretor da peça e professor do Centro Universitário Franciscano, explica que o grupo já existe desde 2012 com uma proposta de trabalhar com público jovem e para o mesmo. “A forma de trabalhar é a seguinte: sugiro temas e os alunos improvisam, trazem roteiro de ideias e faço a correção”, comenta. Para essa peça não foi diferente. Ele conta: “os  jovens se reuniram na sala e começaram sugerir ideias para o tetro, minha função foi lapidá-las, refiná-las”, destaca. O professor acrescenta ainda “o grande diferencial da apresentação foi colocar temas que estão na pauta do dia com os rituais e espirito de páscoa”. A ideia agora é realizar apresentações em datas comemorativas em conjunto com o Ser Unifra. O professor convida para participação dos jovens ao teatro todos ao palco. “É aberto para quem tiver vontade de atuar, os ensaios são aos sábados pela manhã, acredito que na segunda semana de maio serão retomados os ensaios”.

 

 

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *