Aquele sorriso


Por Agência CentralSul de Notícias

 

Há tempos atrás ganhei de presente um sorriso. Uma menina de um ano foi quem me deu. Essa risada derrubou todas as defesas do meu ser. Um sorriso com os olhos, de coração, puro e singelo. Que aqueceu minha alma, me fazendo acreditar que ainda existe esperança de um futuro bom.

Numa sociedade onde ninguém mais olha nos olhos um do outro, um sorriso faz falta, uma gentileza surpreende. As coisas acontecem na velocidade da luz. O que importa é o agora, dois minutos depois já não importa mais. Não existe mais tempo para o amor, esse sentimento esta quase em extinção. Talvez em poucos anos ele nem exista mais e seja só uma fábula que os antigos contam.

Dizer eu te amo faz bem, não dói. Ouvir um amigo, seus problemas, suas angustias não é perda de tempo. Portanto, não deixe de cuidar das pessoas que são importantes na sua vida. Pare e olhe ao redor, sinta as coisas. Esqueça o celular, o computador. Simplesmente viva. Não acuse, não julgue, muito menos se for um assunto que você não domina, o que é normal nos dias de hoje.

O mundo em que vivemos anda tão complicado. O futuro parece tão sombrio para nós seres humanos. E o que você pode fazer? Olhar para si mesmo e fazer o seu melhor sempre. Eu tento fazer o meu melhor, principalmente quando me lembro daquela menina, daquele sorriso que me foi dado sem pedir quase nada em troca, apenas um lugar bom para se viver.

Fabian Lisboa

Sobre o autor:

Agência CentralSul de Notícias

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *