Com 54% dos votos, Eduardo Leite é o novo governador do RS


Por Wellerson Leal

 

A tradição se mantém no Rio Grande do Sul. O estado que não reelegeu nenhum governador desde o período republicado, neste domingo optou mais uma vez pela alternância de gestor público.

Eduardo Leite (PSDB) foi eleito o novo governador. O tucano venceu com uma diferença superior a 416 mil votos o então governador do Estado, José Ivo Sartori (MDB). Foram 53,62% dos votos válidos contra 46,38%.

Durante sua campanha, Leite defendeu um ambiente mais estável aos empreendimentos para melhorar a situação financeira do Rio Grande do Sul. Ex-vereador e ex-prefeito de Pelotas, ao Sul do Estado, ele chegou a presidência do PSDB em 2017 até se eleger Governador neste domingo (28).

Confira as principais propostas de Eduardo Leite
• Reduzir a burocracia para investimentos na infraestrutura Estadual;
• Enxugar a máquina ao tamanho certo, reduzir despesas e fazer parcerias com a iniciativa privada;
• Investir em educação com apoio da iniciativa privada;
• Regularizar e cumprir o calendário de pagamento aos hospitais;
• Investir em pequenos presídios, com apoio da iniciativa privada;
• Integrar as forças policiais, comunicação, tecnologia, gestão, planejamento e valorização do profissional da segurança pública;
• Trabalhar para reduzir o ICMS em médio prazo, para reduzir depois de reequilibrar as contas do estado.

Fonte: programa de governo do candidato Eduardo Leite

 

Produzido para as disciplinas de Jornalismo I e Jornalismo Digital I sob a supervisão dos professores Sione Gomes e Maurício Dias

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *