O humor afeta nossa produtividade


 

Planejamento estratégico pessoal e inteligência emocional foi o tema da palestra na primeira noite do Fórum Integrado de Negócios, nesta segunda-feira, 10, na UFN, ministrada por Maurílio Braga Barboza, consultor estratégico.

Maurílio Braga Barboza. Foto: Lucas Link / LABFEM

Segundo Maurílio, é importante planejamento e cuidados com o estado emocional em que cada pessoa se encontra. Para ele, existem quatro passos a serem seguidos para equilibrar o estado emocional. O primeiro é a Crença, as ideias em que decidimos acreditar. O segundo é a Fisiologia, que é a forma como se usa o corpo para sentir-se bem, o que gera o estágio emocional de cada pessoa. O terceiro é o Foco, manifestado pelo pensamento. Tudo aquilo em que se foca expande. E, por ultimo, a Linguagem, já que as pessoas se comunicam por meio dela.
O coaching explicou que é preciso ter atenção na forma como as pessoas projetam suas vidas. O humor e a disposição para realizar as tarefas cotidianas afetam diretamente na produtividade de cada um. Os seres humanos possuem hábitos e padrões que conduzem a um mal-estar frequente, e, portanto, o caminho para se sentir bem é mais desafiador. Ele acredita que é preciso treinar o cérebro para acessar os estados emocionais bons. “O Mau humor compromete muito os resultados e os projetos. Começar o dia com energia e disposição em alta contribui com a qualidade dos resultados”, afirma Barboza.
Um dado surpreendente trazido pelo palestrante é de que apenas 5% de uma pessoa é racional e 95%  é emocional. Assim, é imprescindível que cada um esteja bem com suas emoções, pois o estado emocional impacta nos resultados de nossas ações. Barboza ressaltou a importância de líderes e chefes de equipes ou de grupos de trabalho que motivem seus funcionários e colegas: “tratar com importância o outro e motivá-lo é simples, gera felicidade e só depende de nós”.

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *