Pesquisa analisa materiais poliméricos em resíduos hospitalares


Por Giulimar Machado

 

Juliana Bratz Lourenço. Foto: Thayane Rodrigues/LABFEM

Na manhã desta quinta feira, 04, ocorreu no conjunto II da Universidade Franciscana a palestra “Materiais poliméricos em resíduos hospitalares: estudo da gestão e caracterização de materiais.” Juliana Bratz Lourenço, professora da UFN e palestrante, relatou para o público presente o seu estudo de doutorado. Baseada em dados e observações do dia a dia, a professora apresentou para os alunos o seu processo de pesquisa e o como vem construindo o trabalho. A seu objeto de estudo são os agentes biológicos e as formas de não serem perigosos. Ela explicou que foi muito difícil  iniciar o seu estudo, pois teve que passar por muitas etapas, já que o trabalho é realizado dentro do HUSM (Hospital Universitário de Santa Maria).

Muito dos assuntos que estão sendo pesquisados irão  influenciar positivamente o hospital, já que após aprovação, a professora pretende apresentar o trabalho para os funcionários do HUSM, explicando o que pode ser feito com os resíduos poliméricos, que além da reciclagem, podem ser utilizados para melhorias dentro do hospital.

“Mostrar o resultado do estudo, pode mudar o pensamento das pessoas, e principalmente do lugar.”, relatou Juliana.

A palestra chamou a atenção dos alunos presentes e, principalmente, dos alunos do curso de direito da UFN, uma vez que os resíduos hospitalares são regidos por uma lei judicial que determina  como e onde devem ser descartados. Se forem utilizados de forma incorreta, podem gerar processos, para pessoa, empresas e, principalmente, hospitais.

“Quando entramos no curso, já estamos com uma ideia do que queremos e deixamos de lado as outras áreas.    Mas palestras como a de hoje, faz com que possamos enxergar de como nós podemos ajudar as pessoas,e tentar fazer com que as regras sejam seguidas.” comentou o aluno de direito, Daniel Messias, que se interessou pelo assunto e vê outras formas de exercer a profissão.

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *