Veículos de Santa Maria atuam na cobertura do Vestibular da UFN


Por Laura Antunes Gomes

 

A realização da cobertura do Vestibular de Verão da UFN conta com diversos veículos de Santa Maria. A imprensa busca informar o público sobre todo o processo, desde a chegada dos estudantes até o final da prova.

Gabriel Haesbaert, do Diário. Foto: Eduardo Camponogara/LABFEM.

No Diário de Santa Maria são preparadas escalas de trabalho, o que faz com que alguns jornalistas trabalhem no vestibular de verão e outros no de inverno. “A cobertura do vestibular não é uma novidade, pois fui acadêmico na UFN e fiz muitas coberturas durante o curso. A diferença principal entre o vestibular da UFN e do Enem, é que aqui na UFN temos mais contato com os outros colegas da imprensa, com os pais e com os acadêmicos. Como fotógrafo, penso que é melhor quando é mais aberto, porque consigo trazer elementos diferentes, ao contrário do Enem que são mais fotos ambientais”, relata Gabriel Haesbaert, fotógrafo do Diário.

Carolina Teixeira, da Assessoria da UFN. Foto: Eduardo Camponogara/LABFEM

A Assessoria de Comunicação da UFN realiza todo o processo de divulgação do vestibular e trabalha durante todo o ano para a realização da prova. “Em janeiro começamos a pensar na campanha do vestibular de inverno e de verão. Trabalhamos também com a divulgação para a imprensa de Santa Maria e colocamos outdoor nas ruas, fazemos toda a campanha midiática para chamar as pessoas para participarem do vestibular”, explica Carolina Teixeira, da Assessoria da UFN.

Todos os anos, no vestibular de inverno e de verão a UFN TV procura mostrar a expectativa dos alunos. “Alguns alunos vem sozinhos, outros com a família, tem o apoio dos pais para passar tranquilidade. Então fazemos a cobertura para mostrar a expectativa, o porquê da escolha da UFN e mostramos esses bastidores do principal evento da instituição, que é a porta de entrada para a universidade”, conta Bruna Taschetto, jornalista da UFN TV.

Bruna Toschetto, da UFN TV. Foto: Eduardo Camponogara

A rádio Imembuí faz a cobertura do vestibular todo o ano, tanto no dia quanto na divulgação do listão. “É muito bacana pois é bem diferente, encontramos várias pessoas e maneiras diversas de reportar aos ouvintes. Conversamos com os alunos, com os professores, com os responsáveis pela instituição e conseguimos ver a importância desse momento para eles. Ficamos felizes em passar esse sentimento para nossos ouvintes”, comenta Angelica Varaschini, repórter da rádio Imembuí.

Angelica Varaschini, da rádio Imembuí. Foto: Denzel Valiente/LABFEM.

A rádio Atlântida conta com a parceria da UFN e do curso pré-vestibular Riachuelo. A cobertura é realizada todos os anos com o acompanhamento da rotina dos vestibulandos. “Buscamos não perder a característica da Atlântida de oferecer entretenimento, música, informação, então procuramos fazer a cobertura de forma mais leve possível, para levar aos ouvintes o que já é característica da rádio. É um momento diferente, pois vemos os estudantes ora apreensivos, depois saindo mais tranquilos, assim como acompanhamos esse movimento dos cursinhos. Fui aluna na UFN, então, é muito bacana poder voltar e acompanhar esse pessoal que está na expectativa”, esclarece a executiva de eventos Aline Mendonça, da rádio Atlântida.

Aline Mendonça, da Rádio Atlântida. Foto: Denzel Valiente/LABFEM

 

Sobre o autor:

Laura Antunes Gomes

Acadêmica de Jornalismo na Universidade Franciscana (UFN).

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *