Júri da Kiss ouvirá três testemunhas hoje


Por Barbara Brum

 

O julgamento dos quatro réus acusados pelo incêndio na boate Kiss chega ao 6ºdia. Foto: Neli Mombeli

Hoje, segunda-feira, 6, estão previstos mais três depoimentos de testemunhas do Júri da Boate Kiss. A previsão é que sejam ouvidas Stenio Rodrigues Fernandes, ex-funcionário, Willian Machado, vítima sobrevivente e sobrinho do sócio da boate Elissandro Spohr e Nathália Daronch, esposa de Elissandro, também vítima sobrevivente.

O Tribunal do Júri está acontecendo no plenário do Foro Central de Porto Alegre, e começou na quarta-feira ,1º, presidido pelo juiz Orlando Faccini Neto. Hoje chega ao 6º dia com a estimativa de durar duas semanas. Já foram ouvidos até agora 16 depoimentos.

O incêndio da Boate Kiss ocorreu em Santa Maria, no dia 27 de janeiro de 2013. Os quatro acusados, Elissandro Callegaro Spohr e Mauro Londero Hoffmann, sócios da Kiss e Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Bonilha Leão, integrantes da banda Gurizada Fandangueira, estão sendo julgados pela morte de 242 pessoas e pela tentativa de homicídio das outras 636 pessoas que ficaram feridas, causados por um show pirotécnico.

No 4º dia do Júri foram ouvidos Alexandre Marques (testemunha de defesa de Elissandro) e Maike Ariel dos Santos (vítima arrolada pela Assistência de Acusação).

No domingo (5), três pessoas prestaram depoimento. A testemunha Tiago Mutti, sócio da empresa que deu origem a Kiss, passou a ser informante porque responde a um processo por falsidade ideológica relacionado à boate. O depoimento de Tiago durou cerca de 5 horas, sendo um dos mais longos até agora durante as oitivas realizadas.

Foram ouvidos também o sobrevivente Delvani Brondani Rosso e a ex-segurança da boate, Doralina Peres.

O Juiz Orlando Faccini Neto determinou que somente três pessoas serão ouvidas por dia. Ainda restam 13 pessoas a serem ouvidas: dois sobreviventes e 11 testemunhas.

 

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *