Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

CAIC inaugura laboratório de informática

A Escola Municipal junto ao CAIC Luizinho de Grandi promoveu uma mateada na tarde do último sábado, dia 16, em homenagem ao dia do gaúcho. A festa teve a apresentação do grupo folclórico da escola, escolha do peão e da prenda, além da inauguração do laboratório de informática.

O estudante Jéferson Dias foi eleito peão, Aline Dias recebeu a faixa de prenda adulta e Camila Azambuja foi escolhida a prenda na categoria juvenil.

A comemoração teve a apresentação do grupo folclórico “Resgatando Tradições”. A professora de Educação Física, Lucimar Souza, é a coreógrafa do grupo e desenvolve o projeto com iniciativa da direção da escola. “Muitos alunos nem participam da Educação Física e vem só para dançar”, revela.

Para a formação do grupo tradicionalista foi preciso uma mobilização da comunidade para conseguir a edumentária gaúcha necessária para as apresentações. O grupo conta com ajuda de algumas empresas da comunidade, da escola e dos alunos que se ajudam entre si. O grupo Resgatando as Tradições tem por objetivo a participação dos alunos para a inclusão social.

Durante a festa foi inaugurada a nova sala de informática, equipada com 13 computadores. “O computador vai servir como um reforço do conteúdo. É mais uma ferramenta pedagógica”, ressalta a diretora da escola, Nadir Ferraz. No momento, a professora Janete Soprano está fazendo um curso de capacitação pela Secretaria de Educação com duração de três meses. Após, ela treinará os colegas para trabalhar, já que o sistema operacional é o Linux, diferente do habitual Windows.

Com o laboratório, os professores vão poder desenvolver os conteúdos de uma forma mais dinâmica e prazerosa. Até o final do ano, o atendimento vai ser aos poucos pelo fato de haver apenas um professor. O objetivo é que a partir do próximo ano, o laboratório conte com um professor a cada turno, para poder atender a demanda de alunos. Segundo a diretora, o plano pedagógico da escola deve ser mudado. “Nosso objetivo é que a informática faça parte do currículo dos estudantes no ano que vem”, declara Nadir.

O estudante do 7º ano, Rafael Santos, 13, diz ter ficado satisfeito com a informatização da escola. “Eu não sabia mexer no computador. Agora espero aprender muita coisa”, diz entusiasmado.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Escola Municipal junto ao CAIC Luizinho de Grandi promoveu uma mateada na tarde do último sábado, dia 16, em homenagem ao dia do gaúcho. A festa teve a apresentação do grupo folclórico da escola, escolha do peão e da prenda, além da inauguração do laboratório de informática.

O estudante Jéferson Dias foi eleito peão, Aline Dias recebeu a faixa de prenda adulta e Camila Azambuja foi escolhida a prenda na categoria juvenil.

A comemoração teve a apresentação do grupo folclórico “Resgatando Tradições”. A professora de Educação Física, Lucimar Souza, é a coreógrafa do grupo e desenvolve o projeto com iniciativa da direção da escola. “Muitos alunos nem participam da Educação Física e vem só para dançar”, revela.

Para a formação do grupo tradicionalista foi preciso uma mobilização da comunidade para conseguir a edumentária gaúcha necessária para as apresentações. O grupo conta com ajuda de algumas empresas da comunidade, da escola e dos alunos que se ajudam entre si. O grupo Resgatando as Tradições tem por objetivo a participação dos alunos para a inclusão social.

Durante a festa foi inaugurada a nova sala de informática, equipada com 13 computadores. “O computador vai servir como um reforço do conteúdo. É mais uma ferramenta pedagógica”, ressalta a diretora da escola, Nadir Ferraz. No momento, a professora Janete Soprano está fazendo um curso de capacitação pela Secretaria de Educação com duração de três meses. Após, ela treinará os colegas para trabalhar, já que o sistema operacional é o Linux, diferente do habitual Windows.

Com o laboratório, os professores vão poder desenvolver os conteúdos de uma forma mais dinâmica e prazerosa. Até o final do ano, o atendimento vai ser aos poucos pelo fato de haver apenas um professor. O objetivo é que a partir do próximo ano, o laboratório conte com um professor a cada turno, para poder atender a demanda de alunos. Segundo a diretora, o plano pedagógico da escola deve ser mudado. “Nosso objetivo é que a informática faça parte do currículo dos estudantes no ano que vem”, declara Nadir.

O estudante do 7º ano, Rafael Santos, 13, diz ter ficado satisfeito com a informatização da escola. “Eu não sabia mexer no computador. Agora espero aprender muita coisa”, diz entusiasmado.