Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Chegou a hora de comprar barato

A queima de estoque, promovida por lojas da cidade, cresce ano a ano, em uma tentativa de quebrar a monotonia do comércio pós Natal.

Dezembro é o mês forte do comércio. As compras de final de ano, promovidas pelo Natal, aumentam as vendas e a lucratividade das lojas. Mas quando a expectativa dos empresários não é atingida e o estoque é grande, é hora de liquidação.

“A palavra me chama” comenta, entre risos, Ana Smitch, na fila da Loja Colombo, “Eu adoro uma liquidação”, completa. Esta é a nova forma de venda encontrada pelo comércio para chamar a atenção do cliente e com isso esvaziar as prateleiras.

“É uma promoção muito boa, tem dado resultados ótimos” afirma o gerente da Loja Colombo do Calçadão de Santa Maria, Cleomar Antonio Piovesan. As liquidações são possíveis graças a  parcerias que as empresas fazem  com os fornecedores. Quando ambos baixam suas margens de lucro, é possível chegar aos 70% de desconto oferecido nas promoções “bombásticas.

Para rebater esta proposta de grandes redes nacionais, o pequeno comércio local oferece preços reduzidos a 20 e 30% nas compras à vista. Márcia Gehm, proprietária da loja Empório, diz que é necessário “reativar as vendas”, os descontos trazem “novas pessoas para a loja”, gente que vem de outras localidades da região aproveitar os melhores preços. Outro ponto positivo é que com valores menores, 70% das vendas são à vista.
 Com as férias de verão, a saída dos estudantes e do funcionalismo público, que sustentam o segmento, as liquidações antecipadas vêm para se consolidar no mercado. As lojas acabam abrindo mão da qualidade nas vendas, para a quantidade de vendas. Um valor de lucratividade menor por produto, mas um volume muito maior. “Estamos trabalhando com margem zero em alguns produtos, para que a promoção se torne atrativa” salienta Piovesan. Em fevereiro a cidade tem o tradicional Liquida Santa Maria, uma promoção local, onde todo o comércio participa, reduzindo o valor de alguns produtos, escolhidos estrategicamente.
 O Liquida Santa Maria, é um projeto da Câmara de Dirigentes Logistas de Santa Maria(CDL) . A CDL é uma entidade sem fins lucrativos, conta com mais de 800 associados do comércio local e presta serviços, como o de Proteção ao Crédito, além de vários convênio, entre eles, o cadastro de documentos perdidos.

Lei da Oferta e da Procura

 Esta política de venda é uma característica do sistema econômico vigente. O capitalismo imprime a necessidade da lucratividade crescente através da lei oferta-procura. As empresas norte-americanas são pioneiras no lançamento de modos de venda que atraiam consumidores.

Foi através de empresas multinacionais que as “promoções relâmpago”, aquelas que acontecem fora do período normal, oferecendo produtos com baixíssimo faturamento, chegaram ao restante do mundo. No Brasil, a cada ano, o calendário de promoções aumenta. As redes de lojas, como as Casas Bahia e o Magazine Luiza, já têm a sua Queima de Estoque e Liquidação Fantástica, onde todas as filiais do país abrem suas portas, por poucas horas, para um consumismo que forma filas.

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

A queima de estoque, promovida por lojas da cidade, cresce ano a ano, em uma tentativa de quebrar a monotonia do comércio pós Natal.

Dezembro é o mês forte do comércio. As compras de final de ano, promovidas pelo Natal, aumentam as vendas e a lucratividade das lojas. Mas quando a expectativa dos empresários não é atingida e o estoque é grande, é hora de liquidação.

“A palavra me chama” comenta, entre risos, Ana Smitch, na fila da Loja Colombo, “Eu adoro uma liquidação”, completa. Esta é a nova forma de venda encontrada pelo comércio para chamar a atenção do cliente e com isso esvaziar as prateleiras.

“É uma promoção muito boa, tem dado resultados ótimos” afirma o gerente da Loja Colombo do Calçadão de Santa Maria, Cleomar Antonio Piovesan. As liquidações são possíveis graças a  parcerias que as empresas fazem  com os fornecedores. Quando ambos baixam suas margens de lucro, é possível chegar aos 70% de desconto oferecido nas promoções “bombásticas.

Para rebater esta proposta de grandes redes nacionais, o pequeno comércio local oferece preços reduzidos a 20 e 30% nas compras à vista. Márcia Gehm, proprietária da loja Empório, diz que é necessário “reativar as vendas”, os descontos trazem “novas pessoas para a loja”, gente que vem de outras localidades da região aproveitar os melhores preços. Outro ponto positivo é que com valores menores, 70% das vendas são à vista.
 Com as férias de verão, a saída dos estudantes e do funcionalismo público, que sustentam o segmento, as liquidações antecipadas vêm para se consolidar no mercado. As lojas acabam abrindo mão da qualidade nas vendas, para a quantidade de vendas. Um valor de lucratividade menor por produto, mas um volume muito maior. “Estamos trabalhando com margem zero em alguns produtos, para que a promoção se torne atrativa” salienta Piovesan. Em fevereiro a cidade tem o tradicional Liquida Santa Maria, uma promoção local, onde todo o comércio participa, reduzindo o valor de alguns produtos, escolhidos estrategicamente.
 O Liquida Santa Maria, é um projeto da Câmara de Dirigentes Logistas de Santa Maria(CDL) . A CDL é uma entidade sem fins lucrativos, conta com mais de 800 associados do comércio local e presta serviços, como o de Proteção ao Crédito, além de vários convênio, entre eles, o cadastro de documentos perdidos.

Lei da Oferta e da Procura

 Esta política de venda é uma característica do sistema econômico vigente. O capitalismo imprime a necessidade da lucratividade crescente através da lei oferta-procura. As empresas norte-americanas são pioneiras no lançamento de modos de venda que atraiam consumidores.

Foi através de empresas multinacionais que as “promoções relâmpago”, aquelas que acontecem fora do período normal, oferecendo produtos com baixíssimo faturamento, chegaram ao restante do mundo. No Brasil, a cada ano, o calendário de promoções aumenta. As redes de lojas, como as Casas Bahia e o Magazine Luiza, já têm a sua Queima de Estoque e Liquidação Fantástica, onde todas as filiais do país abrem suas portas, por poucas horas, para um consumismo que forma filas.