Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Feira Internacional da Imagem mostra novos lançamentos no setor

Mercado brasileiro de equipamentos de imagens atinge ápice de crescimento. Feira Internacional da Imagem reúne em São Paulo, expositores de todo o mundo.

A PhotoImageBrazil2006 – 14ª Feira Internacional da Imagem – foi aberta hoje, 08, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo,  e deve receber cerca de 30 mil compradores até o seu encerramento no próximo dia 11. A direção do evento informou que há mais de 100 lançamentos de diferentes produtos aos visitantes, na sua maioria, especialistas em serviços fotográficos e imagem.

A previsão no setor é de que o mercado mundial fechará o ano com a marca de 98 milhões de câmeras digitais vendidas, superando os índices de 2005 quando o setor comercializou 92 milhões de unidades. No Brasil,  segundo dados da GfK, uma das cinco maiores empresas internacionais  de pesquisas, os consumidores deixaram de comprar câmeras básicas. Os mais altos índices de comercialização concentram-se em modelos de 4 a 5 MP (megapixels – 39,6% do mercado), seguidas pelas de 5 a 6 MP (28%), e  pelas de 3 a 4MP(26,7%). As câmeras de 1 a 3 MP representam hoje apenas 3,8% das vendas. De janeiro a maio desse ano foram vendidas 367.779 câmeras digitais no país.

Além de 115 estandes com as maiores empresas da área de desenvolvimento de tecnologia de imagem e fotografia, a  PhotoImageBrazil 2006, que segue até sexta-feira, tem ampla programação de palestras em diversas áreas.

Aperture 1.1 facilita a pós-produção de fotografias


Agilidade é uma das características que se destaca no software múltiplo para pós-produção fotográfica apresentado pela Apple nesta terça-feira, dia de abertura da PhotoImageBrazil 2006, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo. O Aperture 1.1 – um aplicativo versátil que reúne diversos processos em uma única ferramenta – esteve entre os primeiros dos 100 lançamentos anunciados pelos organizadores da feira, considerada uma das mais importantes do gênero.
A nova versão do Aperture promete um ganho de velocidade significativo em qualquer Macintosh. Ganho que também se anuncia na facilidade de operação, já que todos os recursos necessários para o gerenciamento de imagens ficam à disposição de forma integrada. Armazenamento e seleção diferenciados, processamento não-destrutivo, impressão com gerenciamento de cores, visualização em mesa de luz e com grande ampliação sem perda de qualidade, publicação personalizada para web e para edição de livros. É extensa a lista de possibilidades da ferramenta tudo-em-um que, automaticamente, organiza seqüências de fotos por palavras-chaves, características ou atributos personalizados. “E não se perde um segundo para fazer isso”, afirmou o fotógrafo Clemente Gauer na demonstração do produto.

Quem já utiliza o software, poderá atualizá-lo gratuitamente. Para novos usuários, o preço é de R$ 735, em revendas autorizadas.

Eventos paralelos

A 14ª Feira sedia também o 32º Congresso Brasileiro de Foto e Imagem, o Seminário de Soluções Adobe e o III Encontro de Nacional de Autores da Informação e Comunicação, promovido pela Apijor (Associação Brasileira de Proteção da Propriedade Intelectual dos Jornalistas).

A Apijor propõe a discussão de temas controvertidos em direito autoral, principalmente,  no tocante ao direito da imagem e princípios contratuais.  Paulo Canabrava Filho, presidente do Conselho da Apijor, ressalta que o tema, hoje regido mais pela jurisprudência do que pela legislação, tem como fundamento a questão da ética e da necessidade de retomá-la como fundamento da ação social.

 O evento tem o apoio do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo e da  Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Estado de São Paulo.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mercado brasileiro de equipamentos de imagens atinge ápice de crescimento. Feira Internacional da Imagem reúne em São Paulo, expositores de todo o mundo.

A PhotoImageBrazil2006 – 14ª Feira Internacional da Imagem – foi aberta hoje, 08, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo,  e deve receber cerca de 30 mil compradores até o seu encerramento no próximo dia 11. A direção do evento informou que há mais de 100 lançamentos de diferentes produtos aos visitantes, na sua maioria, especialistas em serviços fotográficos e imagem.

A previsão no setor é de que o mercado mundial fechará o ano com a marca de 98 milhões de câmeras digitais vendidas, superando os índices de 2005 quando o setor comercializou 92 milhões de unidades. No Brasil,  segundo dados da GfK, uma das cinco maiores empresas internacionais  de pesquisas, os consumidores deixaram de comprar câmeras básicas. Os mais altos índices de comercialização concentram-se em modelos de 4 a 5 MP (megapixels – 39,6% do mercado), seguidas pelas de 5 a 6 MP (28%), e  pelas de 3 a 4MP(26,7%). As câmeras de 1 a 3 MP representam hoje apenas 3,8% das vendas. De janeiro a maio desse ano foram vendidas 367.779 câmeras digitais no país.

Além de 115 estandes com as maiores empresas da área de desenvolvimento de tecnologia de imagem e fotografia, a  PhotoImageBrazil 2006, que segue até sexta-feira, tem ampla programação de palestras em diversas áreas.

Aperture 1.1 facilita a pós-produção de fotografias


Agilidade é uma das características que se destaca no software múltiplo para pós-produção fotográfica apresentado pela Apple nesta terça-feira, dia de abertura da PhotoImageBrazil 2006, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo. O Aperture 1.1 – um aplicativo versátil que reúne diversos processos em uma única ferramenta – esteve entre os primeiros dos 100 lançamentos anunciados pelos organizadores da feira, considerada uma das mais importantes do gênero.
A nova versão do Aperture promete um ganho de velocidade significativo em qualquer Macintosh. Ganho que também se anuncia na facilidade de operação, já que todos os recursos necessários para o gerenciamento de imagens ficam à disposição de forma integrada. Armazenamento e seleção diferenciados, processamento não-destrutivo, impressão com gerenciamento de cores, visualização em mesa de luz e com grande ampliação sem perda de qualidade, publicação personalizada para web e para edição de livros. É extensa a lista de possibilidades da ferramenta tudo-em-um que, automaticamente, organiza seqüências de fotos por palavras-chaves, características ou atributos personalizados. “E não se perde um segundo para fazer isso”, afirmou o fotógrafo Clemente Gauer na demonstração do produto.

Quem já utiliza o software, poderá atualizá-lo gratuitamente. Para novos usuários, o preço é de R$ 735, em revendas autorizadas.

Eventos paralelos

A 14ª Feira sedia também o 32º Congresso Brasileiro de Foto e Imagem, o Seminário de Soluções Adobe e o III Encontro de Nacional de Autores da Informação e Comunicação, promovido pela Apijor (Associação Brasileira de Proteção da Propriedade Intelectual dos Jornalistas).

A Apijor propõe a discussão de temas controvertidos em direito autoral, principalmente,  no tocante ao direito da imagem e princípios contratuais.  Paulo Canabrava Filho, presidente do Conselho da Apijor, ressalta que o tema, hoje regido mais pela jurisprudência do que pela legislação, tem como fundamento a questão da ética e da necessidade de retomá-la como fundamento da ação social.

 O evento tem o apoio do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo e da  Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Estado de São Paulo.