Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

O sarampo também entra em campo

Secretaria da Saúde de Santa Maria fornece vacinas para quem pretende torcer pelo hexacampeonato na Alemanha.

Devido a um surto de sarampo, o Ministério da Saúde recomenda aos brasileiros que estão com viagem marcada para a Europa que tomem a vacina contra a doença no mínimo 15 dias antes do embarque. Os casos foram registrados principalmente na Espanha, Grécia, Inglaterra, Ucrânia e Alemanha. No leste e sudeste alemão, foram registrados mais de 300 casos de sarampo somente no primeiro trimestre deste ano.

Desde o último sábado, a rede municipal de saúde oferece vacinas contra sarampo especialmente para os santa-marienses que vão assistir aos jogos da Copa do Mundo, na Alemanha. Segundo a coordenadora do Setor de Vacinas da Secretaria de Município da Saúde, Ana Lúcia Mota, a cidade recebeu recomendação do Ministério da Saúde para aplicar a vacina. Foram enviadas à cidade cerca de 100 doses.
Para aplicar a vacina, basta levar o cartão de vacinação e o comprovante da viagem. “A vacinação está sendo feita em adultos, e também em crianças a partir dos 6 meses devido ao surto, e quem já tomou uma dose, não precisa de mais uma”, afirma a coordenadora. 

A vacina tríplice viral de prevenção ao sarampo está sendo realizada de segunda à sexta-feira, das 7h e 30 min às 13h na Secretária de Saúde, na Rua Floriano Peixoto.  Pela tarde, pode-se tomar a dose das 13h às 20h, no Centro Materno Infantil, na Avenida Medianeira. No final de semana, a vacinação também ocorre no Centro Materno Infantil.

Sarampo já umas das maiores causas de mortalidade infantil

 A doença transmitida através das vias respiratórias, já foi a 5° maior causa de mortalidade infantil até a década de 1990. Causada por um vírus chamado morbili vírus, e altamente contagiosa, seus principais sintomas são: febre alta, manchas vermelhas pelo corpo, mal estar geral, coriza, conjuntivite e tosse com catarro. A doença pode evoluir com complicações, como a broncopneumonia e outras que muitas vezes podem ser fatais, principalmente em crianças desnutridas. A partir do desenvolvimento da vacina, sua circulação diminuiu até ser eliminada em 2000, em todo o Brasil. Entretanto, nem todos os países do mundo aderiram a esta estratégia havendo circulação do vírus nos demais continentes. 
 Em virtude de a Alemanha apresentar hoje um quadro crítico do sarampo, o retorno de milhares de torcedores brasileiros poderá reintroduzir o vírus no país e colocar em risco crianças e adultos não-vacinados.

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secretaria da Saúde de Santa Maria fornece vacinas para quem pretende torcer pelo hexacampeonato na Alemanha.

Devido a um surto de sarampo, o Ministério da Saúde recomenda aos brasileiros que estão com viagem marcada para a Europa que tomem a vacina contra a doença no mínimo 15 dias antes do embarque. Os casos foram registrados principalmente na Espanha, Grécia, Inglaterra, Ucrânia e Alemanha. No leste e sudeste alemão, foram registrados mais de 300 casos de sarampo somente no primeiro trimestre deste ano.

Desde o último sábado, a rede municipal de saúde oferece vacinas contra sarampo especialmente para os santa-marienses que vão assistir aos jogos da Copa do Mundo, na Alemanha. Segundo a coordenadora do Setor de Vacinas da Secretaria de Município da Saúde, Ana Lúcia Mota, a cidade recebeu recomendação do Ministério da Saúde para aplicar a vacina. Foram enviadas à cidade cerca de 100 doses.
Para aplicar a vacina, basta levar o cartão de vacinação e o comprovante da viagem. “A vacinação está sendo feita em adultos, e também em crianças a partir dos 6 meses devido ao surto, e quem já tomou uma dose, não precisa de mais uma”, afirma a coordenadora. 

A vacina tríplice viral de prevenção ao sarampo está sendo realizada de segunda à sexta-feira, das 7h e 30 min às 13h na Secretária de Saúde, na Rua Floriano Peixoto.  Pela tarde, pode-se tomar a dose das 13h às 20h, no Centro Materno Infantil, na Avenida Medianeira. No final de semana, a vacinação também ocorre no Centro Materno Infantil.

Sarampo já umas das maiores causas de mortalidade infantil

 A doença transmitida através das vias respiratórias, já foi a 5° maior causa de mortalidade infantil até a década de 1990. Causada por um vírus chamado morbili vírus, e altamente contagiosa, seus principais sintomas são: febre alta, manchas vermelhas pelo corpo, mal estar geral, coriza, conjuntivite e tosse com catarro. A doença pode evoluir com complicações, como a broncopneumonia e outras que muitas vezes podem ser fatais, principalmente em crianças desnutridas. A partir do desenvolvimento da vacina, sua circulação diminuiu até ser eliminada em 2000, em todo o Brasil. Entretanto, nem todos os países do mundo aderiram a esta estratégia havendo circulação do vírus nos demais continentes. 
 Em virtude de a Alemanha apresentar hoje um quadro crítico do sarampo, o retorno de milhares de torcedores brasileiros poderá reintroduzir o vírus no país e colocar em risco crianças e adultos não-vacinados.