Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Luiz Turra compõe música para receber Bento XVI

 

"Bendito o que vem em nome do Senhor". Esse é o refrão do hino oficial que vai receber o Papa Bento XVI no Brasil. "Canção de Acolhida ao Papa Bento XVI" foi composta especialmente para homenagear o pontífice. Letra e melodia são do frei Luiz Sebastião Turra, 61 anos, pároco da igreja de Nossa Senhora de Fátima em Santa Maria.

A visita do Papa

A maior população mundial católica vai receber o Papa esse ano. É a primeira vez que Bento XVI vem ao Brasil, após assumir o pontificado em abril de 2005. A chegada está prevista para nove de maio em Sâo Paulo. Da capital, ele parte para a cidade de Aparecida, onde faz a abertura da quinta conferência geral do episcopado da America Latina e Caribe.

Na visita, Bento XVI deve anunciar a canonização do beato brasileiro Frei Galvão, que poderá se tornar santo. Recentemente, o segundo milagre do frade franciscano foi reconhecido pelo Vaticano. O pontífice deve ficar quatro dias no país e sua visita deve levar mais de um milhão de pessoas às ruas da capital paulista e Aparecida.

A Conferência marca um dos momentos mais importantes da Igreja na América Latina. Durante 18 dias, centenas de bispos e assessores vão refletir sobre o presente e o futuro da evangelização do continente e propor linhas de ação que inspirem o trabalho pastoral.

Entrevista: Luiz Turra

Luiz Turra foi o vencedor de uma espécie de concurso promovido pelo Santuário da Aparecida em São Paulo que escolheu entre 20 compositores o hino oficial da visita do papa ao Brasil. O frei explica que letra e música foram criadas dentro da temática proposta, "bendito que vem em nome do senhor", texto bíblico do evangelho de Lucas.

Agência Central Sul – Como surgiu a idéia de seleção do hino?

Luiz Turra – A rádio e televisão de Aparecida, com seu diretor de programação, Padre Josafá de Jesus Moraes, solicitaram a compositores do Brasil para fazer o hino ainda em outubro do ano passado. Josafá, juntamente com uma equipe, avaliou e testou as músicas nas missas dominicais no santuário de Aparecida, com aproximadamente oito mil pessoas. Eles observaram a melodia que fosse popular, marcial e de fácil aprendizado. Sem ter que contar com papéis. Observaram também o significado da letra e apresentaram à coordenação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

ACS – Como foi o processo de composição da música?

Luiz Turra – Precisei levar em conta as sugestões da comissão organizadora e a assinatura do projeto. Na hora de fazer a letra, para facilitar, lembrei-me da primeira Encíclica de Bento XVI: Deus é Amor. Fiz tudo em apenas um dia.

ACS – Como o senhor recebeu a notícia da escolha?

Luiz Turra – Fiquei muito contente e surpreso. Fiz com o desejo de participar, e não é que foi classificada como o hino oficial?.

ACS – Como será divulgada a música?

Luiz Turra – A letra será enviada para todas as paróquias do país, para que elas já se familiarizem. O CD com a canção vai ser lançado esse mês para a divulgação na mídia nacional.

Confira a letra da música composta por Luiz Turra:

CANÇÃO DE ACOLHIDA AO PAPA BENTO XVI

Refrão: BENTO, "BENDITO O QUE VEM EM NOME DO SENHOR"! (Lc 19, 38)
/ :BEM-VINDO! BEM-VINDO! ESTE POVO TE ACOLHE COM AMOR!:/

1 – Tu que proclamaste ao povo: DEUS É AMOR!
Vens anunciar de novo : DEUS É AMOR!
Com a Mãe Aparecida nos confirmas: DEUS É AMOR!
Tu Proclamas para a América Latina : DEUS É AMOR!

2 – Na diversidade, unidos – DEUS É AMOR!
Proclamamos decididos – DEUS É AMOR!
Nós queremos ser discípulos de Cristo – DEUS É AMOR!
Missionários para todos terem vida – DEUS É AMOR!

3 – Entre sombras e esperanças – DEUS É AMOR!
Caminhamos na confiança – DEUS É AMOR!
Novos rumos, novos tempos esperamos – DEUS É AMOR!
Nesta quinta conferência celebramos – DEUS É AMOR!

Luiz Turra tem 12 CDs gravados e é autor de mais de mil músicas religiosas. A escolha do hino oficial da visita ao Papa abre uma janela para o trabalho que ele vai prestar a partir de 2007 como assessor de música litúrgica e pastoral na CNBB.

Por Carlos Sanchotene

Foto: divulgação

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

"Bendito o que vem em nome do Senhor". Esse é o refrão do hino oficial que vai receber o Papa Bento XVI no Brasil. "Canção de Acolhida ao Papa Bento XVI" foi composta especialmente para homenagear o pontífice. Letra e melodia são do frei Luiz Sebastião Turra, 61 anos, pároco da igreja de Nossa Senhora de Fátima em Santa Maria.

A visita do Papa

A maior população mundial católica vai receber o Papa esse ano. É a primeira vez que Bento XVI vem ao Brasil, após assumir o pontificado em abril de 2005. A chegada está prevista para nove de maio em Sâo Paulo. Da capital, ele parte para a cidade de Aparecida, onde faz a abertura da quinta conferência geral do episcopado da America Latina e Caribe.

Na visita, Bento XVI deve anunciar a canonização do beato brasileiro Frei Galvão, que poderá se tornar santo. Recentemente, o segundo milagre do frade franciscano foi reconhecido pelo Vaticano. O pontífice deve ficar quatro dias no país e sua visita deve levar mais de um milhão de pessoas às ruas da capital paulista e Aparecida.

A Conferência marca um dos momentos mais importantes da Igreja na América Latina. Durante 18 dias, centenas de bispos e assessores vão refletir sobre o presente e o futuro da evangelização do continente e propor linhas de ação que inspirem o trabalho pastoral.

Entrevista: Luiz Turra

Luiz Turra foi o vencedor de uma espécie de concurso promovido pelo Santuário da Aparecida em São Paulo que escolheu entre 20 compositores o hino oficial da visita do papa ao Brasil. O frei explica que letra e música foram criadas dentro da temática proposta, "bendito que vem em nome do senhor", texto bíblico do evangelho de Lucas.

Agência Central Sul – Como surgiu a idéia de seleção do hino?

Luiz Turra – A rádio e televisão de Aparecida, com seu diretor de programação, Padre Josafá de Jesus Moraes, solicitaram a compositores do Brasil para fazer o hino ainda em outubro do ano passado. Josafá, juntamente com uma equipe, avaliou e testou as músicas nas missas dominicais no santuário de Aparecida, com aproximadamente oito mil pessoas. Eles observaram a melodia que fosse popular, marcial e de fácil aprendizado. Sem ter que contar com papéis. Observaram também o significado da letra e apresentaram à coordenação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

ACS – Como foi o processo de composição da música?

Luiz Turra – Precisei levar em conta as sugestões da comissão organizadora e a assinatura do projeto. Na hora de fazer a letra, para facilitar, lembrei-me da primeira Encíclica de Bento XVI: Deus é Amor. Fiz tudo em apenas um dia.

ACS – Como o senhor recebeu a notícia da escolha?

Luiz Turra – Fiquei muito contente e surpreso. Fiz com o desejo de participar, e não é que foi classificada como o hino oficial?.

ACS – Como será divulgada a música?

Luiz Turra – A letra será enviada para todas as paróquias do país, para que elas já se familiarizem. O CD com a canção vai ser lançado esse mês para a divulgação na mídia nacional.

Confira a letra da música composta por Luiz Turra:

CANÇÃO DE ACOLHIDA AO PAPA BENTO XVI

Refrão: BENTO, "BENDITO O QUE VEM EM NOME DO SENHOR"! (Lc 19, 38)
/ :BEM-VINDO! BEM-VINDO! ESTE POVO TE ACOLHE COM AMOR!:/

1 – Tu que proclamaste ao povo: DEUS É AMOR!
Vens anunciar de novo : DEUS É AMOR!
Com a Mãe Aparecida nos confirmas: DEUS É AMOR!
Tu Proclamas para a América Latina : DEUS É AMOR!

2 – Na diversidade, unidos – DEUS É AMOR!
Proclamamos decididos – DEUS É AMOR!
Nós queremos ser discípulos de Cristo – DEUS É AMOR!
Missionários para todos terem vida – DEUS É AMOR!

3 – Entre sombras e esperanças – DEUS É AMOR!
Caminhamos na confiança – DEUS É AMOR!
Novos rumos, novos tempos esperamos – DEUS É AMOR!
Nesta quinta conferência celebramos – DEUS É AMOR!

Luiz Turra tem 12 CDs gravados e é autor de mais de mil músicas religiosas. A escolha do hino oficial da visita ao Papa abre uma janela para o trabalho que ele vai prestar a partir de 2007 como assessor de música litúrgica e pastoral na CNBB.

Por Carlos Sanchotene

Foto: divulgação