Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Não é só peixe que morre pela boca

No próximo dia 31 de agosto é comemorado o Dia do Nutricionista. É o profissional responsável por auxiliar na educação alimentar, promover a saúde e prevenir doenças. Sabe-se que é indispensável cuidar da alimentação, comer bem, com qualidade e praticar atividade física, pois essas ações vão resultar em uma boa saúde, longevidade e bem-estar.

 Segundo a nutricionista Vanessa Ramos Kirsten, 26 anos, uma alimentação saudável tem vários benefícios: o bom crescimento e desenvolvimento do ser humano, precaução de doenças crônicas e do coração.

A alimentação é um instrumento de prevenção de várias doenças, que deve ser utilizada desde o nascimento até a velhice. “Deve-se ter cuidado com o excesso ou falta de nutrientes, em especial nas crianças, pois eles podem influenciar o crescimento adequado, o desenvolvimento motor e cognitivo, a aprendizagem e, ainda, provocar anemia", explica Vanessa.

A nutricionista acrescenta que no caso dos adolescentes, "o baixo consumo de cálcio pode ocasionar na vida adulta osteoporose. Já para os adultos, o contínuo hábito alimentar inadequado pode provocar infarto agudo do miocárdio ou câncer intestinal", alerta.

 Alguns lanches rápidos, quando ingeridos em excesso, como ‘xis’, bolacha recheada, salgadinhos podem desenvolver doenças. São hipercalóricos, têm muitas gorduras, poucas fibras e nutrientes.

O estudante do curso de Design,  Igor Schmidt Essy, 19, consome alimentos rápidos de fazer como: miojo e pastel. “Consumir muitos lanches faz mal, mas por falta de tempo não dá para fazer algo saudável”, justifica.

 

 

 O estudante de técnicas de informática, Ulisses Scheineider Castro, 20, diz que come bastante doce. “Minha namorada é nutricionista e tenho conhecimento dos alimentos que prejudicam a saúde”.

O corpo mostra sinais de necessidade por certos alimentos. No inverno, precisa-se alimentos mais calóricos para aquecer o corpo. Já no verão, ingere-se alimentos mais leves.

A atendente de bar Neide Daiane Almeida da Silva, 25, relatou que os pastéis fritos são os mais consumidos. “Frituras todo dia é prejudicial. Já uma alimentação balanceada deve conter salada, carne magra, alimentos não gordurosos”.

A nutricionista explica que cada indivíduo tem uma necessidade específica de água e o ideal é ingeri-la pura. Além da água natural, deve-se consumir alimentos como sopas, legumes e sucos.

Peso X nutrição
O peso influencia muito na saúde das pessoas, o parâmetro utilizado é o IMC (Índice de massa corpórea – peso/altura2). Sendo assim, é possível verificar o estado nutricional. Existe um padrão, IMC abaixo de 18.5-abaixo do peso, entre 18.5 e 25-peso normal, maior de 25- sobrepeso e maior de 30-obeso. No último, os riscos de doenças são maiores, como varizes, problemas articulares, lombares, constipação intestinal, desenvolvimento de diabetes, câncer de mama, doenças cardiovasculares e insônia.

Para calcurar seu Índice de massa corpórea clique aqui!

 “Uma alimentação equilibrada é um dos fatores para ter qualidade de vida. Estão relacionados com um bom emprego, bons relacionamentos, estar bem alimentado, praticar exercícios físicos, ter um bom sono”, completa a nutricionista Vanessa.

Fotos: Núcleo de Fotografia e Memória (Vinícius Freitas)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No próximo dia 31 de agosto é comemorado o Dia do Nutricionista. É o profissional responsável por auxiliar na educação alimentar, promover a saúde e prevenir doenças. Sabe-se que é indispensável cuidar da alimentação, comer bem, com qualidade e praticar atividade física, pois essas ações vão resultar em uma boa saúde, longevidade e bem-estar.

 Segundo a nutricionista Vanessa Ramos Kirsten, 26 anos, uma alimentação saudável tem vários benefícios: o bom crescimento e desenvolvimento do ser humano, precaução de doenças crônicas e do coração.

A alimentação é um instrumento de prevenção de várias doenças, que deve ser utilizada desde o nascimento até a velhice. “Deve-se ter cuidado com o excesso ou falta de nutrientes, em especial nas crianças, pois eles podem influenciar o crescimento adequado, o desenvolvimento motor e cognitivo, a aprendizagem e, ainda, provocar anemia", explica Vanessa.

A nutricionista acrescenta que no caso dos adolescentes, "o baixo consumo de cálcio pode ocasionar na vida adulta osteoporose. Já para os adultos, o contínuo hábito alimentar inadequado pode provocar infarto agudo do miocárdio ou câncer intestinal", alerta.

 Alguns lanches rápidos, quando ingeridos em excesso, como ‘xis’, bolacha recheada, salgadinhos podem desenvolver doenças. São hipercalóricos, têm muitas gorduras, poucas fibras e nutrientes.

O estudante do curso de Design,  Igor Schmidt Essy, 19, consome alimentos rápidos de fazer como: miojo e pastel. “Consumir muitos lanches faz mal, mas por falta de tempo não dá para fazer algo saudável”, justifica.

 

 

 O estudante de técnicas de informática, Ulisses Scheineider Castro, 20, diz que come bastante doce. “Minha namorada é nutricionista e tenho conhecimento dos alimentos que prejudicam a saúde”.

O corpo mostra sinais de necessidade por certos alimentos. No inverno, precisa-se alimentos mais calóricos para aquecer o corpo. Já no verão, ingere-se alimentos mais leves.

A atendente de bar Neide Daiane Almeida da Silva, 25, relatou que os pastéis fritos são os mais consumidos. “Frituras todo dia é prejudicial. Já uma alimentação balanceada deve conter salada, carne magra, alimentos não gordurosos”.

A nutricionista explica que cada indivíduo tem uma necessidade específica de água e o ideal é ingeri-la pura. Além da água natural, deve-se consumir alimentos como sopas, legumes e sucos.

Peso X nutrição
O peso influencia muito na saúde das pessoas, o parâmetro utilizado é o IMC (Índice de massa corpórea – peso/altura2). Sendo assim, é possível verificar o estado nutricional. Existe um padrão, IMC abaixo de 18.5-abaixo do peso, entre 18.5 e 25-peso normal, maior de 25- sobrepeso e maior de 30-obeso. No último, os riscos de doenças são maiores, como varizes, problemas articulares, lombares, constipação intestinal, desenvolvimento de diabetes, câncer de mama, doenças cardiovasculares e insônia.

Para calcurar seu Índice de massa corpórea clique aqui!

 “Uma alimentação equilibrada é um dos fatores para ter qualidade de vida. Estão relacionados com um bom emprego, bons relacionamentos, estar bem alimentado, praticar exercícios físicos, ter um bom sono”, completa a nutricionista Vanessa.

Fotos: Núcleo de Fotografia e Memória (Vinícius Freitas)