Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

O desafio da escolha profissional

A escolha de uma profissão é uma decisão muito importante para o jovem.  Junto a mudanças que ocorrem nesta fase, uma das maiores preocupações é optar por um curso que o traga o retorno desejado. Conciliar a realização pessoal e a questão financeira são buscas constantes.

Há aqueles que já sabem qual a profissão que querem seguir desde muito cedo, até mesmo na infância. Mesmo assim, quando chega o momento de tomar a decisão, surgem dúvidas. Outros se decidem na véspera do vestibular. Isso deve-se aos vários questionamentos que surgem na cabeça dos jovens, como a remuneração pelo trabalho e o gosto pelo que se faz.

 Segundo a acadêmica de Psicologia do Centro Universitário Franciscano (Unifra), Luciana Cardozo Rodrigues, 24, o bom salário será conseqüência do profissionalismo. “No momento que tu fizer aquilo (profissão) com prazer, acho que alguma  coisa tu tem de retorno bom. Eu espero o máximo, me dedicar bastante e espero ser uma psicóloga com todos os critérios éticos”, comenta.

 A busca por uma boa qualificação e pela remuneração também foi o critério de escolha do estudante Adriano Farias Puerari, 20. A sugestão do pai para que ele cursasse Direito fez com que ele abrisse mão da vaga no curso de Farmácia que havia conquistado.  Cursando Direito na Unifra, tenta uma vaga na Federal para esse curso e garante que a sugestão que recebeu foi válida pelo entusiasmo que sente pela carreira.

 Muitas vezes o curso pretendido não é cursado pelas dificuldades impostas, como uma grande concorrência e exigência de muita preparação.  Para ingressar o mais rápido possível na faculdade, Cassiano Mendes, 19, resolveu cursar Odontologia, mesmo a primeira opção sendo Medicina. A fim de ingressar na carreira militar, através de sua opção Mendes acredita serem maiores as possibilidades.

Transformar características próprias e aptidões em profissão possui uma série de fatores relacionados. Encontrar o caminho certo a seguir ao identificar-se com a área é gratificante. A dedicação e o profissionalismo são fundamentais para a realização total, tanto no aspecto profissional, quanto econômico, portanto, destaque-se!

Se você ainda não sabe ao certo que carreira seguir, faça um teste vocacional aqui, no site do Portal dos Estudantes.

Fotos: Bibiane Moreira (Núcleo de Fotografia e Memória)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

A escolha de uma profissão é uma decisão muito importante para o jovem.  Junto a mudanças que ocorrem nesta fase, uma das maiores preocupações é optar por um curso que o traga o retorno desejado. Conciliar a realização pessoal e a questão financeira são buscas constantes.

Há aqueles que já sabem qual a profissão que querem seguir desde muito cedo, até mesmo na infância. Mesmo assim, quando chega o momento de tomar a decisão, surgem dúvidas. Outros se decidem na véspera do vestibular. Isso deve-se aos vários questionamentos que surgem na cabeça dos jovens, como a remuneração pelo trabalho e o gosto pelo que se faz.

 Segundo a acadêmica de Psicologia do Centro Universitário Franciscano (Unifra), Luciana Cardozo Rodrigues, 24, o bom salário será conseqüência do profissionalismo. “No momento que tu fizer aquilo (profissão) com prazer, acho que alguma  coisa tu tem de retorno bom. Eu espero o máximo, me dedicar bastante e espero ser uma psicóloga com todos os critérios éticos”, comenta.

 A busca por uma boa qualificação e pela remuneração também foi o critério de escolha do estudante Adriano Farias Puerari, 20. A sugestão do pai para que ele cursasse Direito fez com que ele abrisse mão da vaga no curso de Farmácia que havia conquistado.  Cursando Direito na Unifra, tenta uma vaga na Federal para esse curso e garante que a sugestão que recebeu foi válida pelo entusiasmo que sente pela carreira.

 Muitas vezes o curso pretendido não é cursado pelas dificuldades impostas, como uma grande concorrência e exigência de muita preparação.  Para ingressar o mais rápido possível na faculdade, Cassiano Mendes, 19, resolveu cursar Odontologia, mesmo a primeira opção sendo Medicina. A fim de ingressar na carreira militar, através de sua opção Mendes acredita serem maiores as possibilidades.

Transformar características próprias e aptidões em profissão possui uma série de fatores relacionados. Encontrar o caminho certo a seguir ao identificar-se com a área é gratificante. A dedicação e o profissionalismo são fundamentais para a realização total, tanto no aspecto profissional, quanto econômico, portanto, destaque-se!

Se você ainda não sabe ao certo que carreira seguir, faça um teste vocacional aqui, no site do Portal dos Estudantes.

Fotos: Bibiane Moreira (Núcleo de Fotografia e Memória)