Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Público Infantil tem atenção especial na Feira do Livro

 A edição de 2007 da Feira do Livro de Santa Maria conta mais uma vez com um espaço reservado às crianças. Através da biblioteca itinerante do Sesi, instalada em um caminhão, os pequenos têm acesso a computadores e livros de histórias. O estudante Lucas da Silva, 8 anos, estava contente com a visita à biblioteca. “Tem bastante livrinho aqui. Eu gosto de ler”.

 

 No lonão é realizada a Hora do Conto, onde atores trabalham com histórias diferentes a cada dia. Os personagens das narrativas saem de trás das cortinas e se apresentam para a criançada. “Assim, além delas ouvirem as historinhas, ainda tem a parte visual”, explica a coordenadora junto às escolas, Leila Behr. Os freqüentadores da feira ainda podem ver teatro de fantoches, acrobacias e trabalhos literários produzidos por alunos de escolas públicas e particulares, além de acompanhar as sessões de autógrafos dos escritores mirins.

 

“Este espaço é uma oportunidade para os alunos mostrarem que também são participantes da literatura. Nós vemos isso como uma oportunidade, uma vez que Santa Maria é a cidade cultura. As crianças também sabem fazer cultura do jeitinho delas”, completou Leila.

 

 Até a noite de ontem (10 de maio) tinham sido vendidos um total de 16.310 livros em sete dias de Feira. Os livros mais vendidos para a criançada são:

 

 A Caneca da Marreca – Humberto Gabbi Zanatta
             Clássicos da Literatura Universal – autores diversos 
             A Lenda do Menino Invisível – Elias Monteiro (MultiPress)
             O Segredo do Livro Mágico – Auri Sudati
             Versos Meninos Rimas Meninas- Auri Sudati

 

Fotos: Núcleo de Fotografia e Memória (Douglas Menezes)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 A edição de 2007 da Feira do Livro de Santa Maria conta mais uma vez com um espaço reservado às crianças. Através da biblioteca itinerante do Sesi, instalada em um caminhão, os pequenos têm acesso a computadores e livros de histórias. O estudante Lucas da Silva, 8 anos, estava contente com a visita à biblioteca. “Tem bastante livrinho aqui. Eu gosto de ler”.

 

 No lonão é realizada a Hora do Conto, onde atores trabalham com histórias diferentes a cada dia. Os personagens das narrativas saem de trás das cortinas e se apresentam para a criançada. “Assim, além delas ouvirem as historinhas, ainda tem a parte visual”, explica a coordenadora junto às escolas, Leila Behr. Os freqüentadores da feira ainda podem ver teatro de fantoches, acrobacias e trabalhos literários produzidos por alunos de escolas públicas e particulares, além de acompanhar as sessões de autógrafos dos escritores mirins.

 

“Este espaço é uma oportunidade para os alunos mostrarem que também são participantes da literatura. Nós vemos isso como uma oportunidade, uma vez que Santa Maria é a cidade cultura. As crianças também sabem fazer cultura do jeitinho delas”, completou Leila.

 

 Até a noite de ontem (10 de maio) tinham sido vendidos um total de 16.310 livros em sete dias de Feira. Os livros mais vendidos para a criançada são:

 

 A Caneca da Marreca – Humberto Gabbi Zanatta
             Clássicos da Literatura Universal – autores diversos 
             A Lenda do Menino Invisível – Elias Monteiro (MultiPress)
             O Segredo do Livro Mágico – Auri Sudati
             Versos Meninos Rimas Meninas- Auri Sudati

 

Fotos: Núcleo de Fotografia e Memória (Douglas Menezes)