Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Rodovia controlada por radar

     Entra em vigor hoje a resolução 214 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que define que os radares devem ser sinalizados. A medida vale para ruas e estradas de todo o país. Segundo o Contran, o objetivo é que os equipamentos de fiscalização sejam vistos como uma forma de alertar os condutores de que naquela via é preciso ter mais atenção. Além das placas de sinalização alertando sobre a existência de fiscalização eletrônica na via, a norma prevê também que os equipamentos estejam instalados de forma visível. Veja a opinião de alguns motoristas sobre o assunto.

     Os estudantes Fabrício Carbonel e Pedro Moreira são a favor da resolução. Condutor há sete anos, Carbonel acredita que as placas ajudam na segurança do trânsito. “Nos lugares onde não existe a sinalização dos pardais o que ocorre, muitas vezes, é que, quando o motorista visualiza o radar, freia bruscamente podendo ocorrer acidentes”, relata. Já Moreira, pensa que se todos os motoristas andassem na velocidade permitida não precisaria da existência do radar, mas como isso não acontece considera as placas importantes: “Se a lei prevê que deve existir sinalização,  as placas que indicam a existência dos radares são essenciais”, relata.

    

     A pedagoga Maristela Machado diz que foi multada várias vezes pela falta de sinalização nas rodovias. “ As multas são muito pesadas e a velocidade de 80 km por hora é muito baixa, às vezes é preciso aumentar a velocidade”, afirma.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

     Entra em vigor hoje a resolução 214 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que define que os radares devem ser sinalizados. A medida vale para ruas e estradas de todo o país. Segundo o Contran, o objetivo é que os equipamentos de fiscalização sejam vistos como uma forma de alertar os condutores de que naquela via é preciso ter mais atenção. Além das placas de sinalização alertando sobre a existência de fiscalização eletrônica na via, a norma prevê também que os equipamentos estejam instalados de forma visível. Veja a opinião de alguns motoristas sobre o assunto.

     Os estudantes Fabrício Carbonel e Pedro Moreira são a favor da resolução. Condutor há sete anos, Carbonel acredita que as placas ajudam na segurança do trânsito. “Nos lugares onde não existe a sinalização dos pardais o que ocorre, muitas vezes, é que, quando o motorista visualiza o radar, freia bruscamente podendo ocorrer acidentes”, relata. Já Moreira, pensa que se todos os motoristas andassem na velocidade permitida não precisaria da existência do radar, mas como isso não acontece considera as placas importantes: “Se a lei prevê que deve existir sinalização,  as placas que indicam a existência dos radares são essenciais”, relata.

    

     A pedagoga Maristela Machado diz que foi multada várias vezes pela falta de sinalização nas rodovias. “ As multas são muito pesadas e a velocidade de 80 km por hora é muito baixa, às vezes é preciso aumentar a velocidade”, afirma.