Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

A moda do inverno é lã

 Nem São Paulo Fashion Week, nem Fashion Rio. As tendências para o inverno gaúcho são sempre muita lã. Pelas vitrines das lojas e feiras da cidade a estação mais fria do ano chegou há tempos. O inverno inicia no dia 21, mas os casacos, toucas, luvas e cachecóis já compõem o modelito de quem sai cedo prá rua.

 

 Os estilos vestem da cabeça aos pés.  Para manter a temperatura corporal, as toucas estão com tudo. Elas podem ser de tricô ou crochê, linha ou lã e as cores podem combinar com as mantas ou casacos. O bitango, conhecido como pala, protege do frio e também da chuva. Ele é feito com lã crua em tapeçaria e pode sem usado por cima de todas as outras roupas. A artesã Selma Feltren conta que busca a lã para suas peças em Uruguaiana e Santana do Livramento. “A lã vem crua, mas lavada, o que facilita o manuseio” explica ela que trabalha com a mãe e mais três irmãs na produção de roupas e acessórios para o inverno.  

A combinação do vento minuano com uma chuva fina exige o uso de luvas e cachecóis. Nesse caso, a luva de couro protege mais por ser impermeável e o cachecol pode ser de lã, feito à mão ou industrial. O kit gola e punhos tecidos com pontos largos em lã com brilho são acessórios indispensáveis para quem gosta de sair à noite. “Eles protegem do frio e cabem facilmente na bolsa. As mulheres não passam calor, nem estragam o visual com roupas grandes” comenta a artesã de Porto Alegre, Michele Martins.   

Os casacos quentinhos são a melhor opção para quem não gosta de encher-se de roupa. Com uma blusa de lã fina e alguns acessórios contra as baixas temperaturas é possível manter-se aquecido. Os tecidos sintéticos possuem um preço mais acessível. Para quem pode gastar um pouco mais, as lojas possuem casacos de lã industrial ou tecidos à mão de todas as cores, tamanhos e modelos.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 Nem São Paulo Fashion Week, nem Fashion Rio. As tendências para o inverno gaúcho são sempre muita lã. Pelas vitrines das lojas e feiras da cidade a estação mais fria do ano chegou há tempos. O inverno inicia no dia 21, mas os casacos, toucas, luvas e cachecóis já compõem o modelito de quem sai cedo prá rua.

 

 Os estilos vestem da cabeça aos pés.  Para manter a temperatura corporal, as toucas estão com tudo. Elas podem ser de tricô ou crochê, linha ou lã e as cores podem combinar com as mantas ou casacos. O bitango, conhecido como pala, protege do frio e também da chuva. Ele é feito com lã crua em tapeçaria e pode sem usado por cima de todas as outras roupas. A artesã Selma Feltren conta que busca a lã para suas peças em Uruguaiana e Santana do Livramento. “A lã vem crua, mas lavada, o que facilita o manuseio” explica ela que trabalha com a mãe e mais três irmãs na produção de roupas e acessórios para o inverno.  

A combinação do vento minuano com uma chuva fina exige o uso de luvas e cachecóis. Nesse caso, a luva de couro protege mais por ser impermeável e o cachecol pode ser de lã, feito à mão ou industrial. O kit gola e punhos tecidos com pontos largos em lã com brilho são acessórios indispensáveis para quem gosta de sair à noite. “Eles protegem do frio e cabem facilmente na bolsa. As mulheres não passam calor, nem estragam o visual com roupas grandes” comenta a artesã de Porto Alegre, Michele Martins.   

Os casacos quentinhos são a melhor opção para quem não gosta de encher-se de roupa. Com uma blusa de lã fina e alguns acessórios contra as baixas temperaturas é possível manter-se aquecido. Os tecidos sintéticos possuem um preço mais acessível. Para quem pode gastar um pouco mais, as lojas possuem casacos de lã industrial ou tecidos à mão de todas as cores, tamanhos e modelos.