Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Abertas inscrições para concurso Prado Veppo

 

 As inscrições para a terceira edição do Concurso Literário Prado Veppo estão abertas a partir de hoje. A organização é do curso de Letras do Centro Universitário Franciscano (Unifra), que visa divulgar novos talentos e incentivar a produção literária nacional nas modalidades Conto e Poesia. O prêmio para o 1º colocado, em cada modalidade, será de R$ 300,00 e para o 2º colocado, R$ 150,00. Os interessados em participar terão até o dia 4 de agosto para se inscrever. O concurso é gratuito e aberto ao público.

A professora de Letras, Marta Lia Genro Appel, afirma que o concurso Prado Veppo se concretizou a partir da vontade do curso em homenagear o poeta que tão bem retratou o cotidiano de Santa Maria em prosa e verso: “Veppo sempre participava e prestigiava o nosso trabalho, contribuía com palestras e, acima de tudo, incentivava os alunos a escrever. Inclusive a família dele doou toda sua biblioteca à Unifra”. Ela aponta que Prado Veppo foi o primeiro nome pensado para dar título ao concurso, em reconhecimento à sua militância.
A última edição do evento, em 2006, recebeu cerca de 360 trabalhos. Os primeiros colocados eram dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.
Mais informações no link do evento, no site da Unifra ou com a profª Marta Lia Genro Appel – mliaga@terra.com.br.

 

Quem foi Prado Veppo: Luiz Guilherme do Prado Veppo tinha duas grandes paixões: a Medicina e a Poesia. Nasceu em Porto Alegre, em 21 de junho de 1932. Veio para Santa Maria a fim de integrar a primeira turma de Medicina da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Formado, trabalhou também como jornalista no Diário do Estado e no jornal A Razão, publicando vários poemas. Em 1962, publicou seu primeiro livro – Alba tempo e rosae tornou-se professor de Medicina na UFSM. Veppo casou-se em 1964 com Zélia Maria Braga e teve dois filhos, Alba Tereza e Luiz Guilherme. A cronologia da vida do poeta confirma todo o reconhecimento pela obras artísticas, intelectuais e profissionais a que se dedicou:

1964: publicou seu segundo livro, O andarilho.
1975: publicou seu terceiro livro, Espada de Flor.
1981: recebeu o título de canção mais popular na II Tertúlia de Santa Maria com a composição O bugio, em parceria com Luis Carlos Borges e Grupo Horizonte.
1985: recebeu o título de Cidadão de Santa Maria pela Câmara de Vereadores.
1994: publicou Passos do Vislumbre e recebeu o prêmio Mérito Literário da Associação Santa-Mariense de Letras.
1995: publicou o livro de poemas Os breves.
1996: lançou as obras O girassol azul e Quarteto in prosa e verso.
1997: foi patrono da 26ª Feira do Livro de Santa Maria.
1998: lançou o livro Cavaleiros da vida e da morte.
1999: Veppo faleceu no dia 13 de agosto, vítima de complicações cardíacas.
 (Fonte de pesquisa: Ellen Neves Tapada)

 Fotos: Aurea Evelise Fonseca

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 

 As inscrições para a terceira edição do Concurso Literário Prado Veppo estão abertas a partir de hoje. A organização é do curso de Letras do Centro Universitário Franciscano (Unifra), que visa divulgar novos talentos e incentivar a produção literária nacional nas modalidades Conto e Poesia. O prêmio para o 1º colocado, em cada modalidade, será de R$ 300,00 e para o 2º colocado, R$ 150,00. Os interessados em participar terão até o dia 4 de agosto para se inscrever. O concurso é gratuito e aberto ao público.

A professora de Letras, Marta Lia Genro Appel, afirma que o concurso Prado Veppo se concretizou a partir da vontade do curso em homenagear o poeta que tão bem retratou o cotidiano de Santa Maria em prosa e verso: “Veppo sempre participava e prestigiava o nosso trabalho, contribuía com palestras e, acima de tudo, incentivava os alunos a escrever. Inclusive a família dele doou toda sua biblioteca à Unifra”. Ela aponta que Prado Veppo foi o primeiro nome pensado para dar título ao concurso, em reconhecimento à sua militância.
A última edição do evento, em 2006, recebeu cerca de 360 trabalhos. Os primeiros colocados eram dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.
Mais informações no link do evento, no site da Unifra ou com a profª Marta Lia Genro Appel – mliaga@terra.com.br.

 

Quem foi Prado Veppo: Luiz Guilherme do Prado Veppo tinha duas grandes paixões: a Medicina e a Poesia. Nasceu em Porto Alegre, em 21 de junho de 1932. Veio para Santa Maria a fim de integrar a primeira turma de Medicina da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Formado, trabalhou também como jornalista no Diário do Estado e no jornal A Razão, publicando vários poemas. Em 1962, publicou seu primeiro livro – Alba tempo e rosae tornou-se professor de Medicina na UFSM. Veppo casou-se em 1964 com Zélia Maria Braga e teve dois filhos, Alba Tereza e Luiz Guilherme. A cronologia da vida do poeta confirma todo o reconhecimento pela obras artísticas, intelectuais e profissionais a que se dedicou:

1964: publicou seu segundo livro, O andarilho.
1975: publicou seu terceiro livro, Espada de Flor.
1981: recebeu o título de canção mais popular na II Tertúlia de Santa Maria com a composição O bugio, em parceria com Luis Carlos Borges e Grupo Horizonte.
1985: recebeu o título de Cidadão de Santa Maria pela Câmara de Vereadores.
1994: publicou Passos do Vislumbre e recebeu o prêmio Mérito Literário da Associação Santa-Mariense de Letras.
1995: publicou o livro de poemas Os breves.
1996: lançou as obras O girassol azul e Quarteto in prosa e verso.
1997: foi patrono da 26ª Feira do Livro de Santa Maria.
1998: lançou o livro Cavaleiros da vida e da morte.
1999: Veppo faleceu no dia 13 de agosto, vítima de complicações cardíacas.
 (Fonte de pesquisa: Ellen Neves Tapada)

 Fotos: Aurea Evelise Fonseca