Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Aldeias S.O.S. comemoram Dia da Criança

 Com as suas melhores roupas, as crianças e adolescentes das Aldeias S.O.S receberam padrinhos e voluntários na festa desta tarde que comemorou o Dia da Criança.
A Associação dos Amigos da Biblioteca Pública preparou muitas atrações para as cerca de 40 crianças e adolescentes abrigadas na instituição. Teatro, brincadeiras, música e um presente especial: um baú de livros para a mini-biblioteca que está começando a ser implementada no local.
 
 
O voluntário Adauto Ferraz levou várias pandorgas de diversas cores e tamanhos para presentear a garotada e ainda ensinou os primeiros passos para fazer uma – trabalho que exige paciência na confecção e atenção aos detalhes. Do contrário, não há vento que a faça subir.

 

 

 

 

 

 O chargista Elias prendeu a atenção de todos com suas explicações sobre charges, cartoons, tiras, quadrinhos e fez a gurizada desenhar também, mostrando o talento de muitos meninos e meninas que estavam lá.

 

 

A festa terminou com um lanche coletivo ao ar livre com muito cachorro-quente, bolo e sorvete.
 

 

Dedicar um pouquinho do nosso tempo para dar carinho para às crianças que estão fora de suas famílias pelos mais diferentes problemas, pode fazer muita diferença para os dois lados: de quem dá e de quem recebe.

 

Fotos: Rejane Miranda 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 Com as suas melhores roupas, as crianças e adolescentes das Aldeias S.O.S receberam padrinhos e voluntários na festa desta tarde que comemorou o Dia da Criança.
A Associação dos Amigos da Biblioteca Pública preparou muitas atrações para as cerca de 40 crianças e adolescentes abrigadas na instituição. Teatro, brincadeiras, música e um presente especial: um baú de livros para a mini-biblioteca que está começando a ser implementada no local.
 
 
O voluntário Adauto Ferraz levou várias pandorgas de diversas cores e tamanhos para presentear a garotada e ainda ensinou os primeiros passos para fazer uma – trabalho que exige paciência na confecção e atenção aos detalhes. Do contrário, não há vento que a faça subir.

 

 

 

 

 

 O chargista Elias prendeu a atenção de todos com suas explicações sobre charges, cartoons, tiras, quadrinhos e fez a gurizada desenhar também, mostrando o talento de muitos meninos e meninas que estavam lá.

 

 

A festa terminou com um lanche coletivo ao ar livre com muito cachorro-quente, bolo e sorvete.
 

 

Dedicar um pouquinho do nosso tempo para dar carinho para às crianças que estão fora de suas famílias pelos mais diferentes problemas, pode fazer muita diferença para os dois lados: de quem dá e de quem recebe.

 

Fotos: Rejane Miranda