Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Aliado da natureza

  
A cada ano novas catástrofes ambientais ocorrem. A natureza pede socorro, porém pouco se faz para ajudar. Pessoas que agem diferente se destacam. Esse é o caso do senhor Braida, que dá mais de um exemplo de respeito e admiração pelos bens naturais. Planta e preserva por gostar da natureza, das árvores e flores, mas também acredita que pode influenciar as pessoas com seu gesto.

 

O aposentado Vivaldino Braida tem 77 anos, trabalhou sua vida toda com eletricidade industrial e aparelhos médicos-ortodônticos. Mas fez de sua casa um lugar de preservação e, como ele diz, “um ecossistema”. Árvores frutíferas e flores estão espalhados pelo quintal.

 

 

 

 

 

 

Plantou diversas árvores. Entre elas, tem quatro tipos de aroeira em sua casa, inclusive a vermelha, que é usada contra a alergia provocada pela preta. Muitas das plantas cultivadas têm efeito medicinal, como um cacto, que é bom para o coração. Tem um canteiro de hortaliças e já iniciou um só para as ervas medicinais.

A curiosidade sobre as plantas o fez leitor. Hoje, coleciona enciclopédias e sabe o nome científico de todas as plantas que cultiva. Com freqüência recebe sementes e mudas para cultivar.

Com criatividade construiu uma forma de captação de água da chuva. O sistema filtra a água da calha da casa e a deposita em uma caixa d’água. Ele divide a água em baldes e faz a irrigação das plantas. Há mais de 30 anos desenvolveu uma “composteira”, onde armazena folhas que caem, cascas de frutas e as transforma em adubo.

O lixo, produzido pelos moradores de sua casa, é separado em várias lixeiras. Os papéis e caixas são doados aos catadores de materiais recicláveis. Procura reaproveitar o possível. Por exemplo: com rolhas de vinho, que são impermeáveis, criou um vaso de plantas.

               

 Uma de suas marcas registradas é presentear as pessoas com mudas. Tem mais de cem novas mudas prontas. Assim, espalha as plantas e consciência ambiental.

 

Fotos: Gabriela Perufo 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  
A cada ano novas catástrofes ambientais ocorrem. A natureza pede socorro, porém pouco se faz para ajudar. Pessoas que agem diferente se destacam. Esse é o caso do senhor Braida, que dá mais de um exemplo de respeito e admiração pelos bens naturais. Planta e preserva por gostar da natureza, das árvores e flores, mas também acredita que pode influenciar as pessoas com seu gesto.

 

O aposentado Vivaldino Braida tem 77 anos, trabalhou sua vida toda com eletricidade industrial e aparelhos médicos-ortodônticos. Mas fez de sua casa um lugar de preservação e, como ele diz, “um ecossistema”. Árvores frutíferas e flores estão espalhados pelo quintal.

 

 

 

 

 

 

Plantou diversas árvores. Entre elas, tem quatro tipos de aroeira em sua casa, inclusive a vermelha, que é usada contra a alergia provocada pela preta. Muitas das plantas cultivadas têm efeito medicinal, como um cacto, que é bom para o coração. Tem um canteiro de hortaliças e já iniciou um só para as ervas medicinais.

A curiosidade sobre as plantas o fez leitor. Hoje, coleciona enciclopédias e sabe o nome científico de todas as plantas que cultiva. Com freqüência recebe sementes e mudas para cultivar.

Com criatividade construiu uma forma de captação de água da chuva. O sistema filtra a água da calha da casa e a deposita em uma caixa d’água. Ele divide a água em baldes e faz a irrigação das plantas. Há mais de 30 anos desenvolveu uma “composteira”, onde armazena folhas que caem, cascas de frutas e as transforma em adubo.

O lixo, produzido pelos moradores de sua casa, é separado em várias lixeiras. Os papéis e caixas são doados aos catadores de materiais recicláveis. Procura reaproveitar o possível. Por exemplo: com rolhas de vinho, que são impermeáveis, criou um vaso de plantas.

               

 Uma de suas marcas registradas é presentear as pessoas com mudas. Tem mais de cem novas mudas prontas. Assim, espalha as plantas e consciência ambiental.

 

Fotos: Gabriela Perufo